Entenda o que é capital de giro e qual sua importância

Você tem dúvidas sobre o que é capital de giro e qual é a sua importância para os negócios? Entenda como calcular o capital de giro e como ele impacta a gestão financeira do seu negócio.

Saiba o que é capital de giro o porque ele é importante para sua empresa

Ao abrir uma empresa, é fundamental que o empreendedor observe diversos pontos, como formalização, aquisição de equipamentos e obtenção das autorizações dos órgãos fiscalizadores. Por outro lado, o capital de giro pode ser negligenciado pela falta de conhecimento sobre a sua importância para a saúde financeira do negócio.

Consequentemente, a empresa corre o risco de enfrentar problemas financeiros que geram endividamento, atrapalham o seu crescimento e, em situações mais graves levam o negócio à falência.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para mostrar o que é capital de giro, quais seus tipos e como calculá-lo. Acompanhe!

O que é capital de giro?

Entender o que é capital de giro é fundamental para uma boa gestão financeira do negócio. Neste post, você esclarecerá os principais pontos sobre o assunto!
Entender o que é capital de giro é fundamental para uma boa gestão financeira do negócio.

De forma simplificada, o capital de giro é o dinheiro necessário para manter o empreendimento e garantir a continuidade da empresa. Ele engloba todos os valores em caixa, depositados em contas bancárias e contas a receber, além de outras obrigações pendentes que podem ser convertidas em dinheiro para quitar as despesas empresariais.

Ele determina os valores disponíveis para que a empresa cumpra seus deveres e faça novos investimentos, mesmo diante de problemas como a inadimplência de clientes ou queda das vendas. Desse modo, ele garante a saúde financeira e facilita a gestão, pois permite que a empresa adquira equipamentos, mantenha os estoques e consiga trabalhar com pagamentos a prazo com os clientes, sem riscos de prejudicar o próprio orçamento.

Quais são os tipos de capital de giro?

Depois de compreender o que é capital de giro, é necessário entender os diferentes tipos existentes e suas diferenças. São eles:

  1. líquido: inclui os recursos financeiros da empresa, exceto os não circulantes (que não contam com liquidez), como bens e imóveis;
  2. negativo: é um sinal de alerta e acontece quando os recursos disponíveis são insuficientes para quitar os débitos existentes;
  3. próprio: se refere ao capital disponível para a empresa, sem precisar de empréstimos;
  4. associado a investimentos: destinado a cobrir as despesas que a empresa terá ao fazer determinado investimento, como um financiamento para adquirir equipamentos.

Como calcular o capital de giro?

Não existem regras sobre o montante do capital de giro, mas é importante que a empresa faça um planejamento adequado para determinar seu valor. Para isso, o primeiro passo é estimar quanto é necessário para quitar todas as despesas mensais.

Para calcular quanto você precisa por mês, faça o seguinte cálculo — some as contas a receber e o valor disponível em estoque. Depois, subtraia do resultado, as contas a pagar e o valor de impostos e despesas. Esse é o valor mínimo necessário, mas para calcular o ideal, deve-se multiplicar esse total por 6, garantindo pelo menos um semestre de segurança.

No entanto, isso pode variar de acordo com a disponibilidade financeira do negócio e o planejamento feito, podendo incluir mais ou menos meses. A dica é sempre manter o capital alto para evitar problemas no orçamento.

Além disso, sempre que for necessário determinar o capital de giro líquido disponível (CGL) em determinado período, basta calcular o ativo circulante (AC), que é o valor de pagamentos dos clientes, e subtrair o passivo circulante (PC), que representa os gastos da empresa.

Buscar investimentos do exterior pode ser uma boa alternativa para melhorar o capital de giro de sua empresa e ter dinheiro necessário para expandir o negócio.
Buscar investimentos no exterior pode ser uma boa alternativa para melhorar o capital de giro de sua empresa e ter dinheiro necessário para expandir seu negócio.

Como manter o capital de giro saudável?

Mesmo depois de calcular o valor necessário e conseguir levantar todos os recursos, a empresa deve tomar algumas medidas para manter o capital disponível. Nesse caso, existem algumas dicas importantes, como:

  1. manter um controle financeiro detalhado;
  2. negociar melhores condições com os fornecedores e clientes;
  3. encontrar opções para receber pagamentos antecipados, se necessário;
  4. saber quando optar por linhas de crédito, como empréstimos e financiamentos;
  5. procurar investidores para a empresa.

A busca por investidores internacionais também é uma alternativa relevante. Caso consiga encontrar interessados, é preciso saber como receber os aportes financeiros. Para isso, você pode contar com a Remessa Online, uma plataforma digital de transferências internacionais credenciada pelo Banco Central.

Por meio da Remessa Online sua empresa pode enviar ou receber dinheiro do exterior com o menor custo do mercado. Tudo isso com segurança e agilidade.

Agora que você já sabe o que é capital de giro e a sua importância, adote as melhores práticas para fazer o controle desse valor na sua empresa. Desse modo, você terá segurança financeira para o crescimento do seu negócio.

Se você quer aprofundar o seu conhecimento, aprenda todos os passos para receber aportes financeiros de investidor estrangeiro!

Resumindo:

O que é  capital de giro?

Basicamente, ele é o dinheiro necessário para a manutenção do negócio que fica disponível em caixa, contas bancárias e outros meios que permitam seu uso no cumprimento das obrigações empresariais.

Quais são os tipos de capital de giro?

Ele pode ser classificado nas seguintes formas:
líquido;
negativo;
próprio;
associado a investimentos.

Como calcular o capital de giro?

Some as contas a receber e o valor disponível em estoque. Depois, subtraia do resultado as contas a pagar e o valor de impostos e despesas.