Funil de vendas: o que é e como aplicar ao seu negócio

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura
Funil de vendas

Gerar uma experiência única para os clientes é um dos grandes diferenciais das marcas líderes do mercado. Nesse sentido, o funil de vendas é uma ferramenta de marketing essencial para entender a jornada do cliente e desenvolver processos que gerem resultados e valor para seu público. 

Para alcançar esse objetivo, é importante conhecer o funcionamento desse funil. Saiba mais sobre o que é essa ferramenta e dicas de como aplicá-la na sua empresa. Confira e garanta bons resultados. 

Funil de vendas: o que é?

O funil de vendas é uma ferramenta de marketing estratégica. Com ela, é possível visualizar a jornada do cliente desde o primeiro contato com o produto ou serviço até a realização da compra. Aliás, em alguns casos, indica-se até o momento do pós-venda. 

Com base nessas informações, é possível aperfeiçoar as ações de marketing da empresa e torná-la mais eficaz. Além disso, essa ferramenta facilita a mensuração dos resultados e até o desenvolvimento do produto. 

Etapas do funil de vendas 

O funil de vendas é composto por três etapas e cada uma indica uma fase da jornada do cliente. Confira mais detalhes e aprenda como essa ferramenta funciona. 

Marketing pessoal: seja você a sua marca de sucesso!

Topo do funil

O topo do funil refere-se a fase de aprendizado ou descoberta. Nela, o cliente é indiferente ao seu próprio problema e não buscava um produto ou serviço específico. Contudo, ao conhecer o produto ou serviço pela primeira vez, compreende que existe essa necessidade e começa a estudar sobre ela.

É nesse momento que a empresa precisa se colocar como especialista. É importante compartilhar materiais que ajudem o visitante a identificar o problema e solucionar dúvidas sobre o assunto. O objetivo aqui é educar o cliente em potencial para convertê-lo em lead.

Confira também: 10 dicas de marketing para startups de sucesso.

Meio do funil

O meio do funil representa a fase de identificação do problema. Após ler sobre o assunto, o potencial cliente reconhece que tem um problema e busca solucioná-lo. Dessa forma, cabe a marca apresentar dicas e técnicas através de conteúdos relevantes para ajudá-lo a sanar suas necessidades.

Por não saber como resolver o problema, é comum que o lead considere várias soluções, incluindo a aquisição do produto. Nesse momento, é importante manter uma relação de confiança, demonstrar o interesse em ajudar a encontrar a melhor alternativa e não tentar efetuar a venda a todo custo.

Gestão empresarial: como preparar os gestores para 2021.

Fundo do funil

Por fim, no fundo do funil os leads passaram por todo o processo de educação sobre o produto ou serviço e estão prontos para receberem o contato de um vendedor. Nessa fase, o consumidor aceita que tem um problema, não poderá resolver sozinho e que precisa adquirir o produto ou serviço.

Portanto, é nesse momento que você precisa guiar o consumidor para que ele dê o último passo e feche o funil. Assim, ele poderá comprar a solução que a empresa está oferecendo e se transformará em cliente.

É importante lembrar que algumas empresas acrescentam uma quarta etapa ao funil de vendas: a pós-venda. O objetivo dela é fidelizar o novo cliente e fazer com que ele se transforme em um promotor da marca, ou seja, que indique os produtos e serviços para sua rede de contatos.

Dicas de marketing digital para divulgar seu serviço no exterior.
aplicar o funil de vendas - Funil de vendas: o que é e como aplicar ao seu negócio
O funil de vendas permite entender a jornada do cliente da empresa.

Como aplicar o funil de vendas

As etapas do funil de vendas são simples e, para aplicá-las, é preciso criar uma estratégia de marketing. Confira a seguir qual é o processo mais utilizado.

  1. Alinhe a jornada do cliente com o processo de vendas da sua empresa;
  2. Desenvolva um plano com as principais etapas e ações que devem ser realizadas;
  3. Treine os colaboradores sobre as fases do funil e o novo processo de vendas;
  4. Execute o plano de ação de marketing em um período de até 3 dias;
  5. Acompanhe os resultados e verifique se está próximo de alcançar as metas estipuladas;
  6. Aplique ações de melhorias para melhorar o funil de vendas e bater seus objetivos.

Esse é um dos métodos mais aplicados. Mas é claro, cada empresa pode adaptá-lo de acordo com o seu negócio. Não existe uma fórmula única, por isso teste os métodos e analise os resultados.

Benefícios do funil de vendas

A utilização do funil pode proporcionar diversos benefícios para a empresa. Pensando nisso, selecionamos os principais deles para que você possa conhecer o potencial dessa estratégia de marketing.

Resultados previsíveis

Cada etapa do funil de vendas depende dos resultados da anterior. Devido a isso e ao monitoramento dos resultados, a equipe consegue criar uma estimativa se as áreas de marketing e vendas atingirão as metas estipuladas dentro do prazo.

Aumento da produtividade

O aumento da produtividade é outro benefício do funil de vendas. Com essa ferramenta, é mais fácil mapear as etapas em que os vendedores sentem mais dificuldades na prospecção e acompanhar o desempenho de cada um deles. Dessa forma, o negócio consegue obter melhor resultados.

Feedback sobre o produto

Na aplicação do funil de vendas é comum obter informações e feedbacks dos clientes que são úteis para o desenvolvimento do serviço ou produto. Com base nisso, a empresa consegue oferecer um diferencial para os clientes e conquistar a preferência no mercado.

Agora que você já sabe o que é o funil de vendas e como utilizar em seu negócio, aproveite para conhecer 3 dicas para empreender com mais preparo.

Assuntos relacionados