Novidades da Remessa Online: novas regras sobre spread e tarifa bancária para PJ

por Remessa Online
3 minutos de leitura

Na Remessa Online, garantir a segurança dos dados dos clientes, a transparência em relação aos processos e às taxas aplicadas são pilares inegociáveis. E é por isso que toda mudança, seja ela qual for, é tratada com total sinceridade e lisura.

A partir de agora, para transferências realizadas por pessoa jurídica (PJ), o spread (nosso custo administrativo) será cobrado de forma regressiva. Ou seja, quanto maior a quantia transacionada, menor será o valor do spread

Além disso, para todas as moedas, também houve mudança no cálculo da cobrança da tarifa bancária para pessoa jurídica:

  • Em operações de envio, a tarifa bancária passa a ser cobrada de maneira regressiva.
  • Já em operações de recebimento, não é mais cobrada em transações de qualquer valor.

A exceção às regras citadas acima acontece com o Iene. Neste caso, o spread é fixo em 2% e não há cobrança de taxa, tanto para envio, quanto para recebimento.

Para facilitar o entendimento, confira a tabela abaixo:

tabela 16032021 1024x641 - Novidades da Remessa Online: novas regras sobre spread e tarifa bancária para PJ

Essas novidades tem um único objetivo: continuar proporcionando aos nossos clientes uma vida financeira global com máxima segurança e qualidade

Está em nosso DNA trabalhar para criar um mundo sem fronteiras financeiras e com a agilidade, e é dessa forma que continuaremos a oferecer os nossos serviços.

Remessa Online: a opção mais segura
para as suas transferências internacionais

Remessa Online, a solução para as suas demandas internacionais

Credenciados pelo Banco Central do Brasil, realizamos o envio e recebimento de valores em mais de 100 países através de várias moedas estrangeiras. 

Oferecemos processos digitais para movimentações financeiras internacionais com taxas justas, agilidade e sem burocracias. Além disso, em nossa plataforma, os dados são criptografados para garantir total segurança. E para facilitar ainda mais a sua vida, o processo é realizado em português.  

Com as novas regras sobre o spread e a tarifa bancária, para transferências de pessoa jurídica em dólar americano, euro, dólar canadense, dólar australiano, libra esterlina e franco suiço, o cálculo é feito com base:

  • No câmbio comercial, o mais econômico.
  • Custo administrativo entre 1,30% e 1,99%, dependendo da moeda e do valor transacionado.
  • E a tarifa bancária, regressiva com o máximo de R$79 e zerada para operações de envio acima de R$15.000; e zerada em operações de recebimento (exceto Iene, que não possui tarifa para envio e recebimento).

E se você ainda não é nosso cliente, cadastre-se gratuitamente como pessoa jurídica ou como pessoa física. Dê o primeiro passo para uma vida global descomplicada e sem letras miúdas.

Assuntos relacionados