De Olho no Câmbio #84 – Segunda onda à vista

No geral, a semana registrou apreciação do Real, mesmo em uma semana politicamente conturbada em terras brasileiras. Boa parte das

de olho no câmbio #72

No geral, a semana registrou apreciação do Real, mesmo em uma semana politicamente conturbada em terras brasileiras. Boa parte das atenções estiveram voltadas aos Estados Unidos, onde a chapa democrata que concorrerá a eleição foi definida.

Complementarmente, Zona do Euro e Reino Unido tiveram seus resultados da atividade econômica divulgados e, como esperado, a recessão está presente.

Acompanhe a seguir os desdobramentos desses e outros acontecimentos sobre as principais moedas globais.

Perspectivas

O Real teve, no geral, um bom desempenho frente às principais moedas globais, registrando uma semana de apreciação. O movimento se deu, no geral, graças a maior propensão ao risco de investidores ao redor do mundo. Com segunda onda de Covid-19 e o avanço da corrida eleitoral, o Real pode voltar a depreciar nas próximas semanas. 

A próxima semana segue mais tranquila em termos de calendário econômico. Na quarta-feira (19), conheceremos os dados de inflação do Reino Unido e da Zona do Euro. 

Além disso, teremos a divulgação da ata da reunião de política monetária do Federal Reserve, com sinais importantes sobre a economia estadunidense. No Brasil, destaque somente para a divulgação da arrecadação do governo federal, caso a Receita Federal não altere a data.

Seguimos atentos à corrida eleitoral nos EUA, aos conflitos geopolíticos entre China e EUA, bem como a busca contínua pela vacina contra o Covid-19, cujo capítulo desta semana com a vacina russa gerou furor no mercado – além de muitas piadas em alguns círculos.

Seguimos de olho.