Estados Unidos afrouxam quarentena

dólar americano fecha cotado a R$ 5,2229 nessa terça-feira, após ter começado o dia em R$ 5,1848

Visão Geral

O dólar americano fechou a terça-feira cotado a R$ 5,2229, após ter começado o dia em R$ 5,1848. O Euro fechou o dia em R$ 5,6898, após ter iniciado o pregão em  R$ 5,7085. A moeda americana abriu esta quarta-feira cotada a R$ 5,2237 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 5,6894.

Agenda de hoje

No exterior, a maior parte dos indicadores de alta relevância virá dos Estados Unidos. Serão divulgados nesta quarta-feira as atas da reunião do FOMC e o estoque de petróleo bruto.

A agenda doméstica será mais movimentada. A Fundação Getúlio Vargas divulgará a primeira prévia do IGP-M de abril. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgará a pesquisa mensal do setor de serviços de fevereiro e a pesquisa mensal da indústria regional, também de fevereiro. O Banco Central divulgará o fluxo cambial semanal e a Confederação Nacional da Indústria disponibilizará os indicadores industriais de janeiro.

Perspectivas para o dia

Real x Dólar: a despeito de terem alcançado o número de 400.000 casos de Covid-19, os Estados Unidos avaliam afrouxar as regras de isolamento social. O que ainda não está claro é quando isso será feito, a princípio estima-se entre quatro e oito semanas. A possibilidade de um acordo entre OPEP e Rússia para o corte de até dez milhões de barris por dia tem trazido também alguma melhora nas expectativas. Após dois dias de valorização, esta quarta-feira pode ser marcada por nova desvalorização do real, em função das informações dúbias que vêm dos Estados Unidos.

Real x Euro: sem indicadores de maior relevância o euro deve acompanhar o movimento do dólar em relação ao real, portanto, maior possibilidade de valorização nesta quarta-feira.