Índices fracos nos EUA e China puxam alta do dólar

por André Galhardo
3 minutos de leitura
Índicadores fracos pressionam dólar para cima

O Dólar americano fechou a quinta-feira cotado a R$ 5,2536, após ter começado o dia em R$ 5,2485. O Euro fechou o dia em R$ 5,7090, após ter iniciado o pregão em  R$ 5,7554. A moeda americana abriu esta sexta-feira cotada a R$ 5,2557 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 5,7018.

Agenda de hoje

Os dados mais relevantes vindos do exterior serão os PMIs compostos de março da Alemanha, Zona do Euro e Reino Unido. Dos Estados Unidos virão: a taxa de desemprego de março, a variação da folha de pagamentos do mês passado e o índice ISM do setor de serviços, também referente ao terceiro mês do ano.

No Brasil, serão divulgados o PMI composto de março e o volume de empregos gerados com carteira assinada de janeiro.

Perspectivas para o dia

Real x Dólar

Os dados vindos da China e dos Estados Unidos não são animadores. O PMI de serviços chineses referente a março melhorou, mas ainda indica retração do setor. O volume de desempregados nos Estados Unidos ficou em 4,4%, após ter registrado 3,8% em fevereiro. Isso sem falar dos dados de novos pedidos de seguro-desemprego semanal, que passou de 6 milhões na última leitura. Diante deste cenário, esta sexta-feira deve ser de nova desvalorização do real frente ao dólar americano.

Real x Euro

Sem indicadores de maior vulto, o Euro deve se valorizar frente ao real nesta sexta-feira.

Assuntos relacionados