Minuto Econômico: Bolsas abriram levemente positivas nesta manhã

Impulsionada pelo resultado da Expectativa do Investidor na Alemanha, Bolsa da Europa abriu o dia com salto positivo.

NO MINUTO ECONÔMICO DE HOJE

  1. Bolsas abriram levemente positivas.
  2. Europa: Expectativa do investidor salta na Alemanha.
  3. Recuperação econômica da China.
  4. Números do desemprego na Inglaterra.
  5. Reuniões dos Bancos Centrais.
  6. O petróleo está no zero a zero.
Minuto Econômico, com Pablo Spyer

TRANSCRIÇÃO

Bom dia, Brasil!

Hoje as Bolsas abriram levemente positivas, mas a Europa deu um salto depois que saiu o sentimento econômico na Alemanha. A expectativa do investidor, que saltou para 77.4, quando a estimativa era de 69.5. O maior salto em 20 anos. Muito acima das previsões.

As Bolsas já tinham aberto levemente positivas, porque tinha saído os números da Produção Industrial na China e as vendas de varejo de agosto, que também bateram as projeções e mostraram que a segunda maior economia do mundo está se recuperando.

Já os números do desemprego na Inglaterra deram susto, vieram altos, subiram um pouco mais. A maior taxa desde outubro de 2018. E são mais um complicador pro Boris Johnson, pra fazer o Brexit sem acordo, sair da Zona do Euro sem acordo.

A Bolsa lá nos EUA está subindo 0,6%.

A Bolsa da tecnologia sobe 0,9%.

E a da Europa, 0,3%.

Hoje começam as reuniões dos Bancos Centrais. O COPOM, Banco Central Brasileiro, e o Banco Central Americano. Nenhum dos dois deve mexer nos juros, mas todo mundo espera uma nova rodada de estímulos do Banco Central Americano. A benevolência do Banco Central Americano vem sustentando o sentimento positivo nas Bolsas em meio a risco da pandemia, eleições nos EUA e a possibilidade desse Brexit sem acordo.

O petróleo está no zero a zero, mesmo a agência internacional de energia tendo revisado as previsões para baixo da demanda até o final do ano.

Eu sou Pablo. Bons negócios.

Vai, Tourinho!