Adiamento do Brexit, Peronistas no comando da Argentina e mais ansiedade

Alberto Fernandez, peronista, é o novo presidente da Argentina. Peronistas e Brexit impactam câmbio

A vitória dos peronistas nas eleições argentinas, o adiamento do Brexit e desdobramentos da crise chilena podem impactar o câmbio nesta segunda-feira.

Na última sexta-feira o Dólar comercial fechou o dia cotado a R$4,0038 após ter ficado abaixo dos R$4,00 no intraday. Já o Euro fechou em  R$4,4367. Dólar e Euro se comportaram de forma análoga durante a semana, perdendo força em relação à moeda brasileira principalmente em função da conjuntura doméstica brasileira. A apreciação do Euro está ligada a um pequeno reajuste após muito desgaste em torno do Brexit. Na abertura de hoje, o dólar era cotado a R$4,0060 e o Euro a R$ 4,4369.

Agenda de hoje

Ao contrário da média da semana a agenda de hoje está bastante tranquila, quase não tendo indicadores de extrema relevância em âmbito internacional. No Brasil as atenções estarão voltadas para a divulgação da sondagem da construção e da balança comercial semanal.

O mundo espera pela decisão do Federal Open Market Committee (FOMC) acerca da taxa básica de juros dos EUA que acontecerá na quarta-feira, mesmo dia em que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidirá sobre a taxa básica de juros aqui no Brasil.

Perspectivas para o dia

Real x Dólar

O resultado das eleições na Argentina influenciarão o mercado brasileiro. Bolsonaro disse que não ligará para cumprimentár Alberto Fernández pela vitória. Os desdobramentos das manifestações do Chile além das decisões políticas em âmbito nacional também estão no radar. Neste contexto de cautela e aguardo das decisões de quarta feira, o Dólar deve fechar o dia em relativa estabilidade, com tendência de alta.

Real x Euro

Após a formalização de novo adiamento do prazo para o Brexit o mercado reagirá as decisões do premier Boris Johnson e do parlamento britânico hoje. O novo adiamento, desta vez para o dia 31/01/2020, não é um caminho que agrada a Johnson e alguns membros do partido conservador. Diante dessas incertezas o Euro deve ter um comportamento errático nesta segunda-feira, com leve tendência de alta.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.