Selic, quarentenas e prognósticos

por André Galhardo
3 minutos de leitura
dólar hoje - confira a cotação

Visão Geral

O Dólar americano fechou a terça-feira cotado a R$ 5,5797, após ter começado o dia em R$ 5,5424.

O Euro fechou o dia em R$ 6,0465, após ter iniciado o pregão em  R$ 6,0489.

O dólar hoje abriu esta quarta-feira cotado a R$ 5,5797 e o euro hoje abriu o dia cotado a R$ 6,0479.

Agenda de hoje

Na Europa, o indicador mais relevante será o PMI composto da Zona do Euro referente ao mês de abril.

Nos Estados Unidos será conhecido o volume de geração de empregados a partir da pesquisa ADP de abril.

E por fim, balança comercial chinesa de abril e a decisão de política monetária no Chile.

Na agenda doméstica estão previstos: o índice de commodity do Banco Central (IC-Br), o fluxo cambial semanal, o PMI do setor de serviços referente ao mês de abril e por último, mas não menos importante, a decisão do Comitê de Política Monetária acerca da taxa básica de juros.

Perspectivas para o dia

Real x Dólar

Apesar da robustez dos números diários de mortos nos Estados Unidos, as falas públicas do presidente Donald Trump e do vice presidente, Mike Pence, causam certo tipo de “euforia” no mercado.

As avaliações de Trump e Pence conduzem ao relaxamento das medidas de distanciamento social.

Apesar de membros do FED avaliarem que a taxa de desemprego chegue aos 5% novamente somente no fim de 2021, há um certo clima de otimismo em relação ao desempenho da economia americana no segundo semestre deste ano.

Entre falsas euforias e a quase certa queda da Selic associada aos embates políticos brasileiros, pesarão os fatos mais concretos.

Tendência à desvalorização do real.

Real x Euro

Enquanto nos Estados Unidos já estão sendo discutidas as ações pós-pandemia, na Europa a situação anda um pouco mais delicada, a despeito da queda do número de mortes diárias na Espanha, Itália e França.

Alguns chefes de estado atestam a necessidade da manutenção de restrição de voos e atividades não não essenciais durante o verão europeu.

Dados ambíguos que envolvem a melhora relativa dos números de covid-19 e as ações dos governos locais tendem a trazer alguma volatilidade ao mercado de câmbio nesta quarta-feira.

Tendência à desvalorização do real.

Assuntos relacionados