campanha ad 4

A China é um país milenar com uma história fascinante e culturas diversas. Neste texto, confira nossas dicas para sua viagem à China ser perfeita!

O país mais populoso do mundo, a República Popular da China possui mais de 1.40 bilhão de habitantes, o que corresponde a quase um quinto de toda a população do planeta!

A China também é o maior país da Ásia Oriental e é governada pelo Partido Comunista da China (PCC).

Desde as reformas econômicas de 1878, o país se tornou uma das economias de crescimento mais acelerado do mundo, sendo o maior exportador de produtos do planeta.

Com relação ao turismo, além de grandes metrópoles, a natureza da China também contribui para que milhares de visitantes conheçam o país à cada ano.

Entre as belezas naturais do país, destacam-se as montanhas Tian Shan, com seus lagos e florestas e os Himalaias, as mais altas cadeia de montanhas do mundo.

A cultura tradicional chinesa também é muito forte. O turismo é impulsionado pela diversidade cultural e SEUS monumentos , ALÉM DOS tempos budistas e museus que guardam inúmeras descobertas arqueológicas.

A seguir, confira 10 dicas para sua viagem à China ser completa!

1. Brasileiros precisam de visto.

A depender da cidade visitada em sua viagem à China é necessário fazer a solicitação de visto no consulado.
A depender da cidade visitada em sua viagem à China é necessário fazer a solicitação de visto no consulado.

As únicas exceções são as cidades de Hong Kong, Macau e Taiwan.

Para conseguir o visto, você precisa entregar os documentos solicitados pela embaixada e, alguns dias depois, buscar seu passaporte.

O visto é valido para entrar no país em até 3 meses após a emissão do visto para uma entrada e seis meses para os visto de duas entradas.

Por isso, é preciso prestar atenção nas datas para que o visto não expire e você não tenha problemas com a viagem.

2. O choque cultural é grande!

O contraste entre o moderno e o milenar é uma das coisas que mais chama atenção na China.

Você vai se deparar com monumentos que estão erguidos há séculos e que possuem arquitetura tradicional dividindo espaço com arranha-céus e cerimônias de chá à moda antiga acontecendo ao lado de redes de fast food.

3. Se prepare para grandes multidões.

Por a China ser o país mais populoso do mundo, esteja preparado para aglomerações.
A China é o país mais populoso do mundo, por isso, esteja preparado para aglomerações.

Por conta do grande número de pessoas, você vai encontrar lugares lotados, filas e alvoroços constantemente.

Isso se explica pois, além dos moradores, a China recebe uma infinidade de turistas de todo o mundo.

Assim, os principais pontos turísticos estarão sempre lotados e até mesmo as pequenas cidades do interior podem possuir uma população maior do que as de certos países.

4. Mania de grandeza.

A arquitetura chinesa costuma ser enorme e, por vezes, exageradas.

Você vai notar isso ainda no avião, ao se deparar com os prédios enormes que cercam os aeroportos – que estão entre os maiores do mundo.

Não à toa, a China possui diversas construções nas listas de maiores do mundo!

5. Poluição.

Por conta do desenvolvimento acelerado, a poluição na China é intensa.
Por conta do desenvolvimento acelerado, a poluição na China é intensa.

Pelo crescimento acelerado e a intensa produção de materiais, a poluição na China é um dos maiores problemas do país.

Assim, não é raro que grandes cidades como Hong Kong pareçam estar mergulhadas constantemente em uma neblina acinzentada – reflexos da poluição causada por gases poluentes.

Por isso, se você sofre de problemas respiratórios, é melhor viajar com os medicamentos que costuma usar.

6. Segurança.

Este é um ponto extremamente positivo para quem está pensando em uma viagem à China.

O país é considerado muito seguro e você não precisa se preocupar em ser assaltado.

Há câmeras de segurança em todos os lugares e o policiamento nas ruas também é frequente.

As máquinas detectoras de metais, semelhante a dos aeroportos, também podem ser encontradas em locais como estações de metrô e museus.

7. Cuidado com os taxistas.

Tenha bastante atenção na hora de pegar um táxi na China.
Tenha bastante atenção na hora de pegar um táxi na China.

É isso mesmo. É comum que os taxistas e os tuk-tuks (pequenas motocicletas que funciona como mototaxis em formato de cápsula), ao perceberem que o cliente é turista, tentem negociar o valor da corrida ao invés de ligar o taxímetro.

Nesta combinação de preços, quem sai perdendo sempre é o passageiro, que acaba pagando até três vezes à mais do valor da corrida.

Fique atenta também ao troco! É comum que taxistas tentem repassar notas falsas para clientes desatentos.

8. O metrô é o meio de transporte mais recomendado.

Para fugir das armadilhas de taxistas, o melhor transporte para se locomover na China é o metrô.

Fácil de se usar e totalmente bilíngue (inglês e chinês), outro ponto vantajoso do metrô chinês é que o preço é bem mais e conta e você foge do trânsito caótico das cidades superpopulosas. Ah! O trânsito na China é uma loucura e os motoristas costumam não respeitar as leis básicas, como parar na faixa de pedestre.

Por isso, como pedestre, tenha muito cuidado ao atravessas à rua e também ao andar na calçada, já que alguns motociclistas as invadem sem cerimônias.

9. O modo de se expressar dos chineses.

Chineses possuem costumes excêntricos.
Chineses possuem costumes excêntricos.

Em geral, o povo chines pode ser barulhento, falar alto e, muitas vezes, você vai confundir uma conversa com uma briga.

Arrotar em público também é algo muito normal, já que é considerado sinal de gratidão entre os chineses – não se assuste, isso é totalmente cultural!

Os chineses também fumam dentro de lugares fechados, como restaurantes e banheiros públicos. Mais uma vez, faz parte da cultura local.

10. Sites bloqueados.

Muitos sites são bloqueados na China, como o Facebook e todos os que fazem parte do Google.

Assim, se seu e-mail for um @gmail, é muito provável que você não consiga acessa-lo se não for por aplicativos em seu smartphone.

Por isso, instale tudo que for precisar em seu smartphone e notebook antes da viagem. Existem aplicativos que mascaram sua conexão e possibilitam o acesso via VPN, liberando os sites proibidos, mas muitos destes softwares são considerados ilegais Tome cuidado com sua utilização.

Em Hong Kong, Macau e Taiwan, o acesso é normal.

Com essas dicas, você vai poder se preparar melhor para sua viagem à China! 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here