Dólar abriu esta terça-feira cotado a R$ 5,8753; o Euro, a R$ 6,9640

por André Galhardo
3 minutos de leitura

O dólar comercial fechou a segunda-feira (08), a R$ 5,8755, após ter começado o dia cotado a R$ 5,6898, uma variação intradiária de +3,3%. O Euro fechou o pregão a R$ 6,9584, e apresentou variação positiva de +2,6% após ter iniciado o dia em R$ 6,7849.

A moeda americana iniciou esta terça-feira (09) cotada a R$ 5,8753 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 6,9640. 

Agenda de hoje

A Eurostat divulgará o resultado do PIB da Zona do Euro no último trimestre de 2020, a China publicará os dados de inflação do mês de fevereiro e nos Estados Unidos, a USDA tornará público o relatório mensal  da produção mundial de grãos.

No Brasil, o IBGE divulgará os dados do setor de serviços relativos ao mês de janeiro. A Fipe divulgará o IPC semanal e o Ministério da Economia publicará os dados do Caged relativos ao primeiro mês do ano.

Perspectiva para o dia

Real x Dólar

O setor de serviços do Brasil apresentou expansão real de 0,6% no mês de janeiro. Apesar do número positivo no primeiro mês do ano, em dezembro o número havia ficado estável, além disso, a variação em relação a janeiro de 2020 foi negativa em 4,7%.

Apesar da importância dos indicadores divulgados nesta terça-feira, o câmbio deve responder aos desdobramentos políticos domésticos. Neste contexto, prevalece a tendência diária de desvalorização do real.

Também estão nos nossos radares uma atuação mais contundente do Banco Central, o que pode trazer estabilidade ou até valorização para a moeda brasileira nesta terça-feira.

Real x Euro

Segundo dados preliminares da Eurostat, o PIB da Zona do Euro caiu 0,7% no último trimestre de 2020. A expectativa do mercado era de uma queda marginalmente menor, de 0,6%. Com este resultado, o PIB da Zona do Euro recuou cerca de 4,9% no ano passado.

A despeito da importância do indicador, o euro deve acompanhar o movimento do dólar em relação ao real e só deve perder força em relação a divisa brasileira caso o Banco Central do Brasil atue.

Fique por dentro do que pode mudar o rumo do mercado! Inscreva-se gratuitamente na newsletter Café com Remessa e receba, toda segunda-feira, um resumo com as principais informações do cenário político-econômico.

Assuntos relacionados