Libra Esterlina apresenta forte valorização em semana marcada por mudança de tom do governo

Após semanas evitando estimular a contenção social, Boris Johnson muda tom e pede que população fique em casa. Situação no Reino Unido é de aumento rápido de casos. Em meio à crise, Johnson é diagnosticado com a Covid-19.

Libra estrlina desvaloriza ante real nessa semana

A situação no Reino Unido é muito similar a dos vizinhos europeus. Boris Johnson chegou a propor o isolamento vertical (de determinados grupos) em detrimento do isolamento horizontal (de toda a sociedade). A prática não é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), uma vez que faltam dados que a suportem.

Apesar dos posicionamentos, o governo britânico acatou as recomendações da OMS. E, seguindo a linha dos EUA, o governo aprovou um pacote para compensar os efeitos da pandemia do novo coronavírus.  A proposta é de cobrir até 80% dos ganhos dos trabalhadores autônomos até junho – limitada a £ 2.500 libras por mês e impactará 95% dos autônomos do país. 

E na manhã de sexta-feira (27), tomou os noticiários a notícia de que Boris Johnson foi infectado pelo Covid-19. Os mercados já reagiram ao anúncio nas primeiras horas de negociação. 

Nesse contexto, a Libra Esterlina abriu o pregão de segunda-feira (23) cotada a R$ 5,9048 e registrou, na abertura do pregão de sexta-feira (27), a cotação de R$ 6,1524, uma desvalorização do real em relação a moeda britânica de 4,2%.

Leia também as análises da semana para o dólar e para o euro.