Pablo Spyer: Bolsa está perto de nova máxima histórica

A bolsa brasileira Bovespa está perto de atingir sua nova máxima histórica. Nos Estados Unidos é feriado, mas expectativas giram em torno de processo de impeachment de Trump no Senado e alta do preço do petróleo no Oriente Médio.

A bolsa brasileira Bovespa está perto de bater sua máxima histórica

A bolsa brasileira Bovespa está perto de atingir sua nova máxima histórica. Nos Estados Unidos é feriado, mas expectativas giram em torno de processo de impeachment de Trump no Senado e alta do preço do petróleo no Oriente Médio.

Bom dia Brasil!

A bolsa brasileira está só a 95 pontos da sua nova máxima histórica, do seu novo touro de ouro – que representa a máxima histórica da bolsa brasileira. Vai tourinho!

A principal notícia do dia vem das arábias. A Líbia fez um embargo, um bloqueio de petróleo contra o Iraque e isso está fazendo com que o preço do petróleo dispare por lá.

Hoje é feriado nos Estados Unidos e isso deve repercutir com mais força por lá só amanhã. Uma coisa interessante: o valor de mercado das bolsas, a soma de todas as bolsas do mundo na sexta-feira atingiu 83 trilhões de dólares. Basicamente com a fase 1 do acordo entre Estados Unidos e China sendo assinado, a temporada de balanços nos Estados Unidos vindo com resultados positivos nesse início de temporada e um risco menor da guerra acontecer.

Amanhã os Estados Unidos voltam a trabalhar e vão julgar no Senado o processo de impeachment de Trump. Lembrando que é muito mais difícil de passar no Senado do que na câmara – porque no Senado Trump tem a maioria.

A agenda econômica aqui no Brasil também está puxada essa semana. Teremos dados de inflação e IPCA – que vão mostrar se o preço da carne continua pressionando ou não. Dados do emprego do Caged – dados de dezembro de 2019, e de arrecadação federal – quanto de dinheiro entrou para o governo federal em dezembro e no ano passado, isso é importante também.

As bolsas lá fora estão tranquilas. É feriado, então não tem nada demais. É o pré-market por lá.

Teremos Davos, o Fórum [Econômico] Mundial de Davos e teremos várias autoridades falando por lá.

Bom meus amigos, eu sou o Pablo. Bons negócios!

Vai tourinho!

Pablo Spyer é diretor da Mirae Asset CCTVM e conselheiro da Ancord.