Confira os 5 melhores países para empreender no exterior

Empreender no exterior é o sonho de muitos brasileiros, principalmente aqueles que buscam no mercado internacional oportunidades que não encontram no Brasil. Veja neste artigo os melhores países para empreender fora do Brasil e comece a planejar-se.

Confira os quais são os 5 melhores países para empreender no exterior

Empreender no exterior é o sonho de muitos brasileiros, principalmente aqueles que buscam no mercado internacional oportunidades que não encontram no Brasil. Veja neste artigo os melhores países para empreender fora do Brasil e comece a planejar-se.

A burocracia, a alta tributação e os riscos associados à legislação impedem a abertura de muitos negócios o que acaba influenciando na economia nacional. 

Em dezembro de 2019, foi publicada na Forbes uma matéria assinada por Kurt Badenhausen, que traz o ranking dos melhores países do mundo para se fazer negócios. 

A Forbes é uma revista estadunidense que traz artigos especializados e notícias sobre economia e mercado. Fundada em 1917, ela fornece publicações relevantes sobre finanças, investimento, indústria e marketing.

Neste post, selecionamos os cinco melhores países, apresentando dados e características relevantes sobre cada um deles. Acompanhe!

1. Reino Unido

As métricas utilizadas para definir os melhores países para empreender incluem: inovação, impostos, tecnologia, baixo índice de corrupção, direitos de propriedade, liberdade pessoal, comercial e monetária, baixa burocracia, proteção de investimentos, infraestrutura, tamanho do mercado, riscos, qualidade de vida e força de trabalho.

Neste contexto, o Reino Unido ocupa uma posição de destaque, já que, segundo as pesquisas da revista americana, o processo de saída da União Europeia vai gerar um ambiente favorável para corrigir problemas estruturais e melhorar o desempenho econômico do país.

De acordo com a Forbes, o Reino Unido oferece um dos melhores e mais eficientes ambientes para negócios no mundo e nos próximos anos deve estar aberto para melhorar suas relações comerciais com todo o globo.

Segundo a Forbes, o Reino Unido é o melhor lugar do mundo para empreender no exterior.
Segundo a Forbes, o Reino Unido é o melhor lugar do mundo para empreender no exterior.

2. Suécia

Em segundo lugar no ranking está a Suécia. Com uma economia orientada principalmente para o mercado de exportação, o país vem se destacando nas áreas de inovação, direito de propriedade e baixo índice de corrupção.

A capital, Estocolmo, é considerada um dos principais centros de startups de tecnologia de todo o continente Europeu, o que favorece quem deseja realizar investimentos neste setor.

Com uma taxa de desemprego de 6,6% e com uma dívida nacional que caiu de 80% em 1995 para 41% em 2018 em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), as perspectivas são para um crescimento exponencial e uma melhora ainda maior na economia do país nos próximos anos.

3. Hong Kong

Hong Kong não ocupa a terceira posição por acaso. O país é considerado um dos maiores centros financeiros do mundo, mesmo com um território de pouco mais de 1.000 quilômetros quadrados. 

A base da economia está nos setores de serviços e na produção de aparelhos eletrônicos e máquinas. Também se destacam o setor portuário e de brinquedos.

Em 2017, o PIB do país alcançou USD 341,3 bilhões, sendo o Banco Mundial; e o PIB per capita foi de USD 46.193,61. Investir no país pode ser uma excelente alternativa para quem busca oportunidades de crescimento.

Hong Kong é o melhor país asiático para empreender no exterior e terceiro melhor do mundo de acordo com a Forbes.
Hong Kong é o melhor país asiático para empreender no exterior e terceiro melhor do mundo de acordo com a Forbes.

4. Países Baixos

Entre as características que fazem dos Países Baixos um ótimo país para empreender estão a estabilidade nas relações industriais, o baixo índice de desemprego e o superavit na balança comercial.

O país também é considerado um importante centro comercial do continente Europeu e para os empreendedores estrangeiros, pode ser uma porta de entrada da Europa. O  porto de Roterdã é considerado um dos maiores do mundo.

5. Nova Zelândia

Foi uma grande reforma estatal e governamental que transformou completamente a Nova Zelândia. Após rever todo o sistema pública e a forma como o dinheiro era repassado, percebeu-se uma mudança significativa na economia e no crescimento do país.

Algumas publicações já consideraram a Nova Zelândia um dos melhores lugares para abrir um negócio, na lista da Forbes ela ocupa o quinto lugar. Para abrir um novo negócio no país você precisa de apenas um dia, o que demonstra a baixa burocracia e o incentivo ao empreendedorismo.

Como você pode ver, há diversos países que oferecem excelentes oportunidades para quem quer empreender. Entretanto, antes de começar lembre-se de montar um bom planejamento, conhecer as características e particularidades de cada destino e organizar as suas finanças.

Se você pretende empreender no exterior, precisará enviar dinheiro do Brasil para o país em questão. A maneira mais rápida e econômica de fazer isso é usando a Remessa Online. Através da plataforma você pode enviar dinheiro a mais de 100 países em até 1 dia útil e pagando o custo de serviço mais barato do mercado.

A Remessa Online é regulamentada pelo Banco Central, o que garante a segurança da operação. Faça seu cadastro e comece a economizar em transações internacionais por meio da Remessa Online.

Você gostou deste artigo e quer saber mais sobre como empreender no exterior? Então confira este post que fornece dicas sobre como abrir uma empresa fora do Brasil.

Resumindo:

Quais são os melhores países para empreender no exterior?

Ocupam posições de destaque no ranking mundial da Forbes o Reino Unido, Suécia, Hong Kong, Holanda e Nova Zelândia.

Quais características tornam um país mais atraente para investimentos do que o outro?

As métricas consideradas para análise dos melhores países para empreender no exterior são: inovação, impostos, tecnologia, baixo índice de corrupção, direitos de propriedade, liberdade pessoal, comercial e monetária, baixa burocracia, proteção de investimentos, infraestrutura, tamanho do mercado, riscos, qualidade de vida e força de trabalho.

Como enviar dinheiro para investir no exterior?

A Remessa Online é a melhor opção do mercado. O dinheiro é enviado em até 1 dia útil e o custo de envio é o mais barato do mercado. A Remessa Online é regulamentada pelo Banco Central, o que garante a segurança da operação.