8 dicas para você elaborar um pitch estratégico e competitivo

O pitch é uma das apresentações mais importantes para prospectar investimentos. Confira a seguir nossas dicas e crie um pitch matador.

pitch

Conseguir um financiamento é um dos maiores desafios de qualquer startup. Para alcançar esse objetivo, é importante que o empreendedor esteja preparado para fazer um Pitch matador para um grupo de investidores. Nessa apresentação, é preciso explicar a ideia de negócio em poucos minutos e ser bastante convincente.

Para te ajudar, confira a seguir algumas dicas de como elaborar uma apresentação estratégica e competitiva.

Dicas para elaborar um pitch estratégico e assertivo

Você quer garantir um negócio de sucesso? Então prepare-se para colocar em prática as dicas abaixo e conquiste o interesse dos potenciais investidores pelo seu negócio.

1. Crie uma apresentação simples 

A apresentação do Pitch deve ser simples e objetiva. Assim, os investidores e clientes entenderão melhor a ideia do seu negócio. Para tanto, evite colocar informações demais e usar um layout confuso nos slides.

Geralmente, o excesso de dados pode causar estranhamento e dúvidas sobre a viabilidade da ideia de negócio. Por isso, o ideal é passar informações de maneira clara e acessível para transmitir mais segurança.

Uma boa dica é assistir apresentações na internet para conferir os modelos e dicas usadas por outros empreendedores

2. Invista no storytelling

Para ter sucesso na apresentação, é importante prender a atenção do seu público. E uma das melhores maneiras de alcançar esse objetivo é fazer com que a plateia se identifique com o problema exposto.

Ao usar o storytelling, ou seja, contar histórias inspiradas em casos reais, é possível tornar a apresentação fluída e mais interessante. Além disso, essa técnica de narrativa é bastante eficiente quando se trata de gerar uma conexão com o público. Vale a pena pesquisar melhor sobre essa técnica antes de apresentar o Pitch. 

5 opções de aporte de capital para viabilizar o seu negócio.

3. Faça um Pitch objetivo

O Pitch é conhecido pelo tempo restrito da apresentações. Por isso, é interessante ser objetivo e expor as informações mais relevantes da sua empresa de maneira estratégica, considerando a maturidade do seu negócio.

Se a empresa estiver no início, o ideal é destacar o problema que se pretende resolver, utilizando números e evidências. Por outro lado, se o negócio já gerou resultados, apresente a sua relevância, impacto e potencial do mercado.

Identifique quem é o seu público e quais são seus interesses. Afinal, não é o mesmo apresentar um Pitch para outros empreendedores e para um investidor-anjo. Os primeiros adorariam escutar uma ideia de negócio, enquanto o segundo grupo precisa entender os números e características da sua startup

Apresente números no seu pitch
Apresente as projeções da sua startup durante o pitch.

4. Apresente números

A apresentação das métricas do negócio é um dos momentos mais esperados pelos investidores. Afinal, é com base nos números do negócio que eles poderão avaliar em que fase ele está.

Se a empresa estão na fase inicial, apresente as projeções financeiras e o resultados esperados. Assim, os investidores terão uma ideia clara do seu potencial nos próximos anos e do retorno do aporte de capital.

5. Impacto socioambiental

O impacto socioambiental também deve estar claro em um Pitch estratégico e competitivo. Por isso, se sua apresentação é de um negócio social, deixe claro quais resultados ele pode gerar nesse aspecto.

Alguns empreendedores caem na ilusão de que os investidores não se interessam pelo impacto social da empresa. No entanto, esse pode ser justamente o diferencial do negócio e deve ser destacado na apresentação.

6. Necessidade do investimento

Ao justificar o investimento, é importante pensar nas diversas áreas do seu negócio, não apenas na infraestrutura. Assim, seja objetivo e considere os aspectos que podem ajudá-lo a conquistar mais clientes, como:

  • Contratação da equipe de marketing;
  • Contratação da equipe de vendas;
  • Ferramentas para otimizar o trabalho.

É provável que os investidores não considerem interessante saber que você pretende usar o dinheiro para melhorar a infraestrutura, especialmente quando isso não é essencial para o negócio naquele momento.

7. Treine a apresentação do Pitch

Cada segundo do Pitch é valioso. Por isso, treine bastante antes de apresentar a sua ideia de negócio aos investidores. Dessa forma, você poderá avaliar quais pontos devem ser reforçados para atrair a atenção do seu público.

Uma dica bacana para aperfeiçoar o discurso é fazer a apresentação para os amigos, familiares ou em competições. Assim, fica mais fácil avaliar a sua capacidade de persuasão.

Confira também como é a sua expressão corporal durante a apresentação. Alguns gestos podem passar uma imagem errada sobre você e sua proposta, por isso é importante ficar atento.

Lembre-se que durante o Pitch a primeira impressão é a que fica, portanto demonstre ser uma pessoa confiante e otimista. 

8. Prepare-se para as perguntas dos investidores

Outra dica para criar um Pitch estratégico e competitivo é estar preparado para as dúvidas que podem surgir após a apresentação. Uma boa opção é elaborar uma lista com as perguntas mais frequentes sobre o seu negócio ou ideia e treinar as respostas. 

Também matenha sua equipe sempre por perto. Assim, caso os investidores tenham alguma dúvida ou precisem de uma informação extra após o Pitch você estará pronto para esclarece-la rapidamente e de forma correta. Além disso, o apoio do time transmite uma sensação de confiança maior. 

E você gostou das nossas dicas? Então aproveite e confira também nosso artigo sobre mentoria para negócios e fique por dentro das novidades do mercado.