ACC e NCE: veja quais são as diferenças

ACC e NCE são duas opções de financiamento para empresas exportadoras. Entenda melhor sobre cada uma e quais são suas diferenças.

ACC-e-NCE-veja-quais-são-as-diferenças

Os financiamentos para exportadores são recursos importantes para as empresas que querem começar os processos de internacionalização. Por meio dos financiamentos, é possível garantir que a mercadoria seja enviada para o comprador, além de aumentar a produção da empresa. 

Outras vantagens também são obtidas ao ter acesso a um financiamento. Para escolher a melhor alternativa para o seu negócio, é fundamental entender quais são as opções disponíveis no mercado e quais os benefícios e contrapartidas que oferecem. Neste artigo, você vai entender melhor sobre o ACC e NCE. Acompanhe!

O que é NCE?

A Nota de Crédito à Exportação (NCE) é uma linha de crédito para exportação de mercadorias ou para produção de bens que serão exportados. Isso também inclui bens que são destinados ao apoio e complementação de itens fundamentais para o processo de exportação.

A NCE é destinada para as pessoas jurídicas de médias e grandes empresas ou pessoas jurídicas de cargos públicos, do governo, que atuam no setor.

O financiamento obtido por meio dessa linha de crédito tem isenção de IOF, mas é necessário apresentar os registros de exportação averbados, com valor igual ou superior ao que foi financiado, até a data de vencimento ou liquidação da operação.

O que é ACC?

O Adiantamento sobre Contrato de Crédito (ACC) é uma modalidade de financiamento para exportadores concedido para empresas na fase de produção ou pré-embarque. A solicitação é feita por meio de bancos comerciais autorizados a operar em câmbio. 

O solicitante precisa aprovar crédito com o banco e celebrar um contrato de câmbio no valor correspondente ao da exportação que será financiada. É possível financiar mais de uma exportação e o contrato deve ser firmado antes do exportador receber pelo pagamento da venda. 

O exportador recebe o valor correspondente ao contrato de câmbio adiantado. Dessa forma, tem acesso ao financiamento para produzir sua mercadoria e define qual será a taxa de câmbio de sua operação. 

Dentro do ACC há também o ACC indireto, que é uma opção de financiamento para exportadores indiretos.

Isso quer dizer que os fabricantes de insumos que fazem parte do processo produtivo, embalagem e montagem das mercadorias que serão exportadas, além de fabricantes de bens que serão exportados por meio de trading companies, também podem solicitar o crédito. 

A empresa exportadora deve declarar quais são os produtos que serão destinados ao exterior. 

Quais são as diferenças entre ACC e NCE?

As duas modalidades de financiamento são concedidas para empresas que estão em fase de produção. Ou seja, os produtos ainda não estão prontos para exportação. A vantagem é que o valor pode ajudar as empresas com a compra de insumos para a finalização dos bens de consumo.

No entanto, o NCE é destinado às pessoas jurídicas de médias e grandes empresas ou pessoas jurídicas de cargos públicos, do governo, que atuam no setor. Enquanto o ACC se estende às empresas que estão envolvidas no processo, mas nem sempre são exportadoras. 

Existem outras modalidades de financiamento para exportadores, continue acompanhando os nossos posts e fique por dentro de todas as opções para te ajudar no processo de internacionalização.