Aumento do desemprego na Europa

A despeito da piora dos números do mercado de trabalho europeu, a tendência diária é de valorização do real em relação ao euro.

Visão Geral

O dólar comercial fechou a segunda-feira (5) com variação de -0,82%, a R$ 5,6632, após ter começado o dia cotado a R$ 5,7100. O Euro fechou o pregão a R$ 6,6888, e apresentou variação de -0,36% após ter iniciado o dia em R$ 6,7132. A moeda americana iniciou esta terça-feira (6) cotada a R$ 5,6639 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 6,6934. 

Agenda de hoje

No exterior teremos a decisão da taxa de juro do banco central australiano e a divulgação da taxa de desemprego da Zona do Euro relativa ao mês de fevereiro.

Na agenda nacional teremos a divulgação do sono composto do mês de março.

Perspectiva para o dia

Real x Dólar: os mercados asiáticos fecharam mistos nesta terça-feira, mas os mercados europeus já se mostram mais otimistas em relação à retomada da atividade econômica da economia americana. Apesar do bom comportamento dos mercados europeus no começo desta terça-feira, o dia amanheceu sem uma direção clara no Brasil em função dos ruídos políticos domésticos e da discussão de elementos fiscais relevantes para o país.

Real x Euro:  com a agenda relativamente esvaziada, o exterior abre o dia em alta em função da retomada dos trabalhos após o feriado de Páscoa na Europa. Os dados da covid-19 continuam preocupando o continente, mas o câmbio e o mercado financeiro devem refletir mais os bons números vindos do mercado de trabalho americano. A despeito da piora dos números do mercado de trabalho europeu, a tendência diária é de valorização do real em relação ao euro.