Como comprar imóvel na França

Comprar um imóvel na França é um processo relativamente simples, pois a burocracia é menor quando comparada a outros países da Europa. Saiba mais detalhes neste artigo.

saiba como comprar um imovel na frança

Comprar um imóvel na França é um processo relativamente simples, pois a burocracia é menor quando comparada a outros países da Europa. Saiba mais detalhes neste artigo.

A França é um dos países mais bonitos do mundo, que faz uma mescla entre a  arquitetura medieval e moderna, preservando costumes culturais centenários — um dos destinos preferidos pelos turistas de todo o mundo.

Adquirir um imóvel na França traz grandes benefícios, desde estar próximos das atrações mais badaladas da Europa à ter acesso a uma excelente qualidade de vida e segurança.Confira neste post como comprar imóvel na França e entenda todas as formas possíveis para ter uma propriedade em um país de primeiro mundo e viver grandes momentos!

França: um país com qualidades únicas

A França tem características culturais únicas e é o destino dos sonhos de muitas pessoas. Repleto de atrações turísticas, o país oferece uma gastronomia maravilhosa, muita segurança e belíssimas cidades, em todas as regiões.

A qualidade de vida é impressionante, os serviços públicos funcionam muito bem e com eficiência. As instituições de ensino são conceituadas, tanto as primárias quanto as de ensino superior, ou seja, aspectos fundamentais para se viver bem.

Compra de imóvel na França

Comprar um imóvel no exterior é uma ótima alternativa para mudar o estilo de vida. Na França não é necessário visto, mas a intermediação de um funcionário de um cartório (notaire) é necessária para registrar a transação.

O notário representa o governo francês e sua função é certificar o negócio. Há também aqueles que atuam como corretores de imóveis. Assim, as opções podem ser ampliadas para quem está comprando, mas sempre vale buscar e comparar alternativas.

Sites como o Top Annonces e o Seloger podem ajudar. Esse último até traz simulações de financiamento e compara taxas oferecidas por bancos. Já o site oficial do serviço de notário da França traz o preço por metro quadrado das regiões de acordo com o tipo de construção – casa ou apartamento.

Pesquise imóveis em imobiliárias francesas

Adquirir um imóvel se resume em um momento de realização pessoal, principalmente quando é no exterior. Embora seja um sonho se realizando, é essencial deixar as emoções de lado e negociar com racionalidade.

Pesquisar em uma imobiliária francesa é a garantia que o processo será correto e dentro da legalidade, com a documentação adequada, avaliação justa do imóvel, assessoria jurídica e que as visitas ao local serão conduzidas por profissionais qualificados para oferecer toda a segurança.

Assine o Offre d’achat

O Offre d’achat é o compromisso de compra e o primeiro passo para a venda de um imóvel. É um compromisso entre o vendedor e o comprador que afirma a ciência de ambos dos valores e termos específicos do negócio.

Consiste em um documento escrito e assinado onde as partes se comprometem com os termos da negociação. Uma segurança tanto para quem vende, quanto para quem compra. É fundamental ler acompanhado de um profissional com experiência, como um advogado, para garantir que tudo seja justo.

Esses fatores irão proporcionar a segurança necessária para negociar em um país totalmente diferente do que você está acostumado. É essencial seguir as regras do país para evitar transtornos que podem comprometer todo o processo de compra.

A seguir, saiba de quais formas é possível comprar imóvel na França.

Comprar imóvel na França à vista

Durante as visitas e a negociação do valor do imóvel, o vendedor pode propor a assinatura do Offre d’achat como uma espécie de reserva para a compra. Esse ainda não é o compromisso de compra e venda (compromis de vente).

O documento pode não estabelecer a troca de valores em dinheiro, mas pode exigir penalidades em caso de desistência da parte do comprador. O vendedor, por outro lado, não se torna obrigado a fechar o negócio com o interessado na propriedade.

Por isso, é importante ficar atento e ter o auxílio de um advogado em todas as etapas do processo.

Após a escolha do imóvel e do acordo sobre o preço a ser pago, o passo seguinte é fazer um compromisso de compra e venda. O notário é quem vai registrar esse compromisso junto ao governo francês.

Nessa etapa, o comprador precisa desembolsar pelo menos 10% do valor do imóvel. Depois, há um período de sete dias em que é possível desfazer o negócio — funciona como uma garantia.

Passados esses dias, dá-se uma busca por documentos que certifiquem a quem pertence a propriedade e se não há nenhum impedimento legal à venda. Esse processo pode levar até 3 meses para ser concluído.

Terminada essa fase, a transação será concluída com o pagamento do restante do valor do imóvel e dos respectivos impostos para a conclusão do negócio — que variam de 1% a 4% do valor da propriedade.

O preço cobrado pelo notário pela prestação de serviços geralmente é de 1% sobre o valor do imóvel. Caso ele tenha intermediado também como corretor, os encargos serão mais altos.

É preciso levar em conta ainda que pode haver outros encargos pela confecção de documentos e certidões. A necessidade desses outros documentos varia conforme a situação da propriedade.

Outro detalhe importante é definir qual será a legislação a reger o regime de sucessão da propriedade. Desde 2015, a França permite a estrangeiros optar entre a legislação local ou à do próprio país para fazer a partilha da herança.

Para compra à vista, você precisa apresentar a documentação abaixo:

  1. Pessoa Física: cópias dos documentos de identificação e dados pessoais de ambas as partes;
  2. Pessoa Jurídica: documentos ou certidões que comprovem a constituição e existência da pessoa jurídica, emitidos há menos de um ano. Documentos de identificação dos representantes legais da pessoa jurídica.
É relativamente fácil comprar uma casa na França, mas processo precisa ser intermediado por um notário, ou seja, um funcionário de um cartório francês.

Compra de imóvel a prazo

O processo é semelhante ao da compra à vista até o momento do contrato de compra e venda. É aconselhável já ter um financiamento pré-aprovado por um banco antes mesmo de fazer esse contrato e é obrigatório comprovar renda.

O valor financiado geralmente é de 80% do preço do imóvel que se pretende comprar. No ato da concessão do crédito, o comprador deve informar ao banco se a propriedade se destina a residência ou investimento.

Os bancos costumam parcelar o montante financiado em até 30 anos a taxas em torno de 5% ao ano. Prazos e taxas podem variar para quem compra um imóvel para investimento

Como alugar um imóvel na França

No momento da assinatura do contrato de compra e venda, o comprador deve informar também ao notário a que fim se destina o imóvel. Os impostos variam de acordo com cada finalidade – morar ou alugar para terceiros -, sendo menores para fins residenciais.

Depois da compra, caso o titular do imóvel decida alterar sua finalidade, é preciso informar ao Fisco francês, isso para evitar o pagamento de multas ou desembolsar um valor maior que o necessário para os impostos.

Caso você queira alugar um imóvel por temporadas ou para residência na França, pode recorrer a sites como o Airbnb, Lodgis, Le Bon Coin e SeLoger para negociar diretamente com o proprietário . Também pode usar sites como Figaro Immo e FNAIM para negociar tanto com proprietários quanto com imobiliárias.

Estudantes que precisam alugar um imóvel pelo período em que vão estudar não encontrarão grandes dificuldades. Pessoas que querem alugar por uma curta temporada para passar férias, por exemplo, também poderão fazer sem grandes burocracias.

No entanto, pessoas que pretendem alugar um imóvel para morar na França ou que estejam se mudando para o país a trabalho precisarão de paciência pois o processo é mais burocrático.

O mais importante é ter um visto válido que justifique a moradia. No caso de trabalho, o ideal é entrar com o processo para alugar um imóvel na França já com o contrato de trabalho acertado. O que as imobiliárias levarão muito em consideração é se o seu salário será suficiente para arcar com o aluguel e com suas demais despesas.

Remessa de valores para a França

Quem mora no Brasil pode fazer uma remessa de valores para comprar um imóvel na França e assim efetivar a transação. Para isso, basta ter uma conta bancária em seu nome e utilizar a Remessa Online para fazer a transação.

Fazer transações internacionais com segurança e agilidade é fundamental para concretizar negócios no exterior. Usando a Remessa Online você tem a garantia que processo será eficiente e com o menor custo de envio do mercado. Você pode enviar dinheiro à França tanto para comprar imóvel quanto para pagar um aluguel. O custo de envio é de 1,3% e o dinheiro é enviado em até 1 dia útil.

Ter um imóvel no exterior é uma grande mudança e um avanço enorme na vida de qualquer pessoa. Quer saber mais informações e ficar por dentro de tudo para buscar melhores negócios que envolvam operações financeiras no exterior? Acesse o site da Remessa Online e confira!