Como está organizado o Mercado Financeiro Nacional?

O Mercado Financeiro Nacional é um grande sistema que rege diferentes processos financeiros na vida das empresas e das pessoas. Veja como ele funciona!

Como-está-organizado-o-Mercado-Financeiro-Nacional

No Mercado Financeiro Nacional é onde todas as operações financeiras acontecem, desde os investimentos, até as contratações mais simples de produtos.

Esse ambiente é formado por intermediários financeiros, que atuam fazendo a intermediação entre empresas e clientes, instituições auxiliares, que prestam apoio e suporte ao mercado e órgãos reguladores e fiscalizadores, responsáveis por garantir que as operações aconteçam de forma segura para todos os lados.

Neste artigo, você vai entender melhor sobre o Mercado Financeiro Nacional e como ele está organizado. Confira!


O que é Mercado Financeiro Nacional?

O Mercado Financeiro Nacional é onde acontecem as negociações de títulos, moedas, ações, derivativos, mercadorias, commodities e outros bens ativos de valor financeiro. Em geral, cada país conta com seu próprio ambiente financeiro, onde são negociados valores de seu mercado e de outros. 

No Brasil, a B3 – a Bolsa de Valores de São Paulo, tem como principal índice o Ibovespa e conta com um conjunto de mercados cambiais, que representam outros mercados e negociam muito dinheiro diariamente. 

Quem são os Intermediários Financeiros?

Os intermediários Financeiros atuam conectando investidores e tomadores de empréstimos. Na maior parte dos casos, as instituições financeiras são compostas como um Banco Múltiplo e atuam em conjunto com correspondentes bancários. Veja abaixo quem são os principais Intermediários Financeiros:

  • • Banco comercial;
  • • Banco de investimento;
  • • Caixa Econômica Federal;
  • • Cooperativas de Crédito;
  • • Sociedades de Crédito Imobiliário;
  • • Financeiras;
  • • Corretoras de Valores.

Essas instituições atuam conectando quem precisa de um crédito financeiro e quem pode oferecer o crédito.

Quem são as Instituições Auxiliares?

As Instituições Auxiliares atuam diretamente com os investidores, possibilitando o acesso aos recursos financeiros. Veja quais são as principais Instituições Auxiliares, no Mercado Financeiro Nacional:

  • • Bolsas de Valores;
  • • Administradoras de Consórcios;
  • • Sociedades Corretoras de Títulos e Valores Mobiliários;
  • • Sociedades Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários;
  • • Corretoras de Câmbio.

Em algum processo de investimento financeiro, será necessário contar com uma ou mais instituições listadas acima.

Quem são os Órgãos Reguladores e Fiscalizadores?

Como o próprio nome já diz, os Órgãos Reguladores e Fiscalizadores atuam na regulação e fiscalização do Mercado Financeiro, garantindo seu pleno funcionamento. Para que isso seja possível, algumas entidades governamentais de fiscalização e regulação fazem parte do ambiente financeiro. Veja quais são:

  • CMN – Conselho Monetário Nacional
  • CVM – Comissão de Valores Mobiliários
  • BACEN – Banco Central do Brasil
  • • Entre outros.

Todo sistema financeiro pode ser considerado como complexo, no entanto, é possível entender bem como cada processo funciona pesquisando um pouco mais a fundo sobre o tema. Acompanhe o nosso blog e saiba mais sobre investimentos e mercado financeiro.