Conheça a estrutura do Mercado Financeiro

Quer investir? O primeiro passo é conhecer a composição e como funciona o Mercado Financeiro. Confira a seguir!

Conheça a estrutura do Mercado Financeiro

O mercado financeiro envolve diversos aspectos da economia. É onde ações e outros ativos financeiros são negociados. Quem quer começar a investir precisa a entender como a estrutura do mercado financeiro, o que compõe e quais são os fatores que influenciam.

Preparamos um artigo prático e explicativo, onde você terá uma noção de como a estrutura do Mercado Financeiro funciona.


O que é o mercado financeiro?

Definimos como mercado financeiro, um ambiente de compra e venda de valores imobiliários, o que inclui ações, opções e títulos, moedas estrangeiras e mercadorias em geral, como itens agrícolas, ouro entre outros. 

Para negociar esses valores, diversas instituições são envolvidas, com objetivo de facilitar o encontro de agentes que regulam e fiscalizam todas as operações.

Na estrutura do mercado financeiro, o investidor aplica o dinheiro, comprando ações de empresas ou vendendo. Esse processo pode acontecer de diversas formas e envolvendo diferentes agentes. Para entender melhor como funciona, veja a seguir como o mercado financeiro é composto.

Composição do Mercado Financeiro

Mercado de Capitais

Mercado de capitais é o ambiente onde os valores mobiliários são negociados, está mais próximo dos investidores e é uma grande oportunidade para captar recursos. Nesse ambiente, são negociados os títulos, ações e derivados em bolsa de valores, corretoras e outras instituições. 

Dentro do Mercado de Capitais, há a Comissão de Valores Mobiliários, responsável pela fiscalização, e a Bolsa de Valores, onde as negociações dos valores mobiliários são negociados. Além disso, temos as corretoras, que intermediam a compra e a venda dos títulos. 

Por fim, a Câmara de Compensação, faz a relação entre comprador e vendedor, regulamentando todo processo.

Mercado de Crédito

O Mercado de Crédito é o ambiente onde as operações de crédito, financiamentos e tomadas de recursos para capital de giro ou consumo são feitas. A instituição responsável por regulamentar todas as operações, bem como ditar os juros básicos da economia é o Banco Central.

Esse ambiente é o que mais se aproxima do consumidor comum, pois é no Mercado de Crédito que os créditos consignados, cartões de crédito, cheque especial, leasing, entre outros produtos são ofertados. Os clientes pessoa jurídica também se beneficiam do Mercado de Crédito, contratando empréstimos para capital de giro e diferentes tipos de financiamentos.

Mercado de Câmbio 

Quem viaja para o exterior ou trabalha com a exportação de produtos e serviços já teve contato com esse mercado. No Mercado de Câmbio é onde acontecem as conversões das moedas internacionais. Essa, no entanto, é apenas uma das modalidades de transações desse mercado.

O cliente pode, ainda, receber pagamentos e transferências no exterior, usando um cartão de crédito internacional.

Mercado Monetário 

O Mercado Monetário atua como um regulador do dinheiro colocado em circulação. Esse mercado faz desde financiamentos de curto e curtíssimo prazo, até negociações com títulos financeiros, como Tesouro Direto, certificados de depósito, papéis comerciais etc.

Algumas pessoas podem confundir o Mercado Monetário com o Mercado de Capitais, mas o que distingue os dois ambientes é a liquidez. No Mercado de Capitais, as negociações são de médio a longo prazo. Enquanto no Mercado Monetário, as negociações acontece em curto prazo. 

Quer saber mais sobre o Mercado Financeiro? Continue acompanhando os posts do blog da Remessa Online.