De Olho no Câmbio #103: Começo de ano com fortes emoções

por Remessa Online
3 minutos de leitura

Atos em prol do atual presidente Donald Trump abalaram os EUA e já se fala em afastamento antecipado de Trump. UE segue com perspectivas econômicas mais otimistas, enquanto o Reino Unido lida arduamente contra o Covid-19.

Acompanhe a seguir os desdobramentos desses e outros acontecimentos sobre as principais moedas globais.

Perspectivas

Em meio ao início das vacinações – e apesar delas – o ano começou com o anúncio de vários lockdowns, como na Alemanha e no Reino Unido, após dados alarmantes de novos casos e mortes, haja vista a nova variante mais contagiosa do coronavírus, identificada recentemente.

Por outro lado, nos EUA, mesmo em meio a uma passagem de bastão bastante conflituosa, surge no horizonte certo otimismo em meio a tormenta. A orientação de política econômica de Biden está mais clara e, ao que tudo indica, ele terá espaço para governar com certa tranquilidade.

O calendário de indicadores econômicos está bastante cheio para a próxima semana. No exterior, teremos IPC chinês e estadunidense, bem como decisão de política monetária da Zona do Euro. No Brasil, destaque para o IPCA, vendas no varejo e desempenho do setor de serviços.

Com essas informações e dados no radar, devemos aguardar bastante volatilidade na próxima semana, acompanhando particularmente a conjuntura estadunidense e, com isso, podemos ver um Real mais depreciado.

Seguimos de olho.

Assuntos relacionados