De Olho no Câmbio #112: Preocupações com Lula e 2022 entram no radar do mercado

por André Galhardo
3 minutos de leitura

O pacote trilionário aprovado nos EUA, ex-presidente Lula livre de suas acusações, intervenção do Banco Central, nova rodada de auxílio emergencial, programa de compra de ativos do BCE e comércio exterior em queda na terra da rainha

Acompanhe a seguir os desdobramentos desses e outros acontecimentos sobre as principais moedas globais.

Perspectivas

Na próxima semana estaremos de olho especialmente nos dados vindos da China e dos EUA. Conheceremos os dados de vendas do varejo e produção industrial de ambos os países, referentes ao mês de fevereiro deste ano.

Poucos dados relevantes virão da Zona do Euro e do Reino Unido, ainda assim, cabe mencionar o IPC do bloco e a decisão de política monetária britânica.

Não teremos muitos dados do Brasil. O destaque fica a cargo da decisão de política monetária que será anunciada na quarta-feira. Com a forte alta de preços importantes para a população, como combustíveis e alimentos, a expectativa do mercado é que o Banco Central dê início a trajetória de alta da Selic.

Isso posto, em função dos eventos desta semana, em especial o pacote estadunidense e a política monetária europeia, na próxima semana não devemos ter surpresas. O

Real deve permanecer em trajetória de depreciação, exceção feita no caso de alguma nova intervenção do Banco Central que, por ora, não está no radar.

Seguimos de olho. 

Assuntos relacionados