Dólar é afetado por distanciamento social e desemprego nos EUA

por André Galhardo
3 minutos de leitura
Dólar está sob pressão de alta por conta da érformance das bolsas na Ásia

Visão Geral

O Dólar americano fechou a quarta-feira cotado a R$ 5,2385, após ter começado o dia em R$ 5,2228.

O Euro fechou o dia em R$ 5,7147, após ter iniciado o pregão em  R$ 5,6701.

A moeda americana abriu esta quinta-feira cotada a R$ 5,2385 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 5,7118.

Agenda de hoje

No exterior, os dados mais relevantes do dia envolvem dados chineses, PIB do primeiro trimestre de 2020, produção industrial e investimento em ativos fixos, ambos referentes ao mês de março.

Na Europa, o índice de preços ao consumidor alemão referente a março e a produção industrial da Zona do Euro referente ao mês de fevereiro serão as principais divulgações.

E por fim, os dados semanais de seguro-desemprego e o índice de atividade do FED da Filadélfia referente ao mês de fevereiro serão os destaques vindos dos Estados Unidos.

Na agenda doméstica, a ausência de indicadores econômicos levará as atenções direto para as questões políticas que envolvem, principalmente, o “orçamento de guerra”, aprovado em primeiro turno no Senado Federal e cuja votação em segundo turno está prevista para essa sexta-feira.

Perspectivas para o dia

Real x Dólar

Os três indicadores chineses serão divulgados após o fechamento do pregão, portanto, devem impactar o mercado apenas na sexta-feira.

O dia deve ser marcado por bastante volatilidade, porque o mercado aguarda novas diretrizes de relaxamento da quarentena imposta nos Estados Unidos e Alemanha, por exemplo.

Além disso, os dados ligados aos novos pedidos de seguro-desemprego semanal devem vir fortes novamente, portanto, a expectativa do dia é de desvalorização do real frente ao dólar americano.

Real x Euro

Na Zona do Euro, a despeito do número da produção industrial de fevereiro ter vindo melhor que o esperado pela média do mercado, o dia também deve ser marcado pela volatilidade. Essa volatilidade virá das decisões que possivelmente relaxarão o distanciamento social na Alemanha. Nesta quinta-feira o euro deve ganhar força frente ao real.

Assuntos relacionados