Dólar cai e ajuda bolsa brasileira nos EUA em dia de payroll, conta Pablo Spyer

A notícia mais importante de hoje é o payroll, o relatório do emprego americano. Se decepcionar, as bolsas podem virar. EUA sobem +1%, Europa sobe +2%;

payroll eua
Minuto Touro de Ouro, com Pablo Spyer

No Minuto Econômico de hoje

  1. Hoje é véspera de feriado nos EUA;
  2. Vacina da Pfizer é esperança da vez;
  3. Casos de coronavirus disparam nos EUA;
  4. Jerome Powell, presidente do FED, diz que bolsa está cara e que juro baixo será mantido até situação normalizar;
  5. EUA sobem +1%, Europa sobe +2%;
  6. Dólar em queda de -0,3%;
  7. EWZ, fundo que representa bolsa brasileira nos EUA, sobe +2,7%;
  8. Petróleo também está subindo;
  9. EUA divulga hoje relatório do emprego americano.

Transcrição

Bom dia, Brasil!

Hoje, que é vespera de feriado nos Estados Unidos, as bolsas amanheceram animadas no mundo inteiro, impulsionadas pela esperança que a vacina da Pfizer está trazendo para todos nós.

A vacina ainda está em fase inicial mas Pfizer tem muita credibilidade e anima as bolsas no mundo inteiro.

Não podemos esquecer os problemas dos Estados Unidos. Os casos de coronavirus dispararam, o presidente do FED disse que a bolsa está cara, que eles vão manter o juro baixo até essa situação nornalizar.

Mas essa promessa de juro baixo está é fazendo mais as bolsas subirem!

Vamos lá!

Nos Estados Unidos as bolsas estão subindo quase 1% agora 7 da manhã.

Europa dispara 2%.

Nas na Europa, o que está subindo são financials.

‘Financials’ puxa bolsa européia

Veja só, bancos estão subindo gigantescos 4,5% agora!

O dólar amanheceu em queda também!

Cai 0,3% o dólar, AGORA.

Dólar em queda de -0,3%

O Petróleo também está subindo.

O EWZ que é o fundo representa a bolsa brasileira na bolsa americana está subindo gigantescos 2,70%.

Mas não se esqueçam, o dólar está ajudando a alta do EWZ.

EWZ, que representa bolsa brasileira nos EUA sobe gigantescos +2,7%, com ajuda do dólar

E a notícia mais importante de hoje é o payroll, o relatório do emprego americano.

Na vez passada ele virou e em vez de destruir 2,5 milhões de empregos, ele criou 7,5. As bolsas dispararam.

Isso que os investidores estão de olho, no relatório do emprego americano.

Então, olho nisso!

Porque se decepcionar, as bolsas podem virar.

Eu sou Pablo!

Bons negócios!

Vai tourinho!

Siga o Pablo

Instagram: @pablospyer
Twitter: @PabloSpyer
Telegram: t.me/minutoeconomico