Economia em compasso de espera pelas decisões do Copom e do Fomc

por André Galhardo
3 minutos de leitura
Você sabe como funciona o investimento-anjo e quais foram as mudanças mais recentes na legislação? Esclarecemos as principais dúvidas sobre o assunto!

Visão Geral

O dólar comercial fechou a segunda-feira (14) com variação de -1,1%, a R$ 5,0601, após ter começado o dia cotado a R$ 5,1157. O Euro fechou o pregão a R$ 6,1333, e apresentou variação de -1% após ter iniciado o dia em R$ 6,1948.

A moeda americana iniciou esta terça-feira (15) cotada a R$ 5,0635 e o Euro abriu o dia cotado a R$ 6,1336.

Agenda de hoje

Exterior

Alemanha – Índice de preços ao consumidor (mai)

EUA – índice Empire Manufacturing de Atividade (jun)

EUA – Produção industrial (mai)

EUA – Vendas do comércio varejista (mai)

EUA – Índice de preços ao produtor (mai)

China – Investimentos em ativos fixos (mai)

China – Produção industrial (mai)

Brasil

Sem indicadores econômicos.

Perspectiva para o dia

Real x Dólar: apesar de não haver indicadores econômicos relevantes no mercado doméstico, a discussão da prorrogação do auxílio emergencial por mais três meses se configura como importante elemento da economia brasileira. A despeito do aumento dos gastos da medida, o mercado não deve responder negativamente ao aumento do auxílio em função do aumento das expectativas de crescimento do PIB para este ano, o que deve fazer a dívida pública cair em termos relativos. Nos Estados Unidos, o escritório de estatísticas de trabalho divulgou a variação dos preços ao produtor norte-americano no mês de maio. Com variação de +0,8%, mais elevada que a leitura mensal de abril (+0,6%), a inflação anual elevou-se para +6,6%, maior patamar desde o início da série histórica, iniciada em novembro de 2010. Já as vendas no comércio varejista caíram mais que o esperado pelo mercado: -1,3% no mês de maio. Apesar da queda pronunciada, o mercado já estimava retração no indicador mensal do varejo, em função da diminuição dos auxílios do governo. A tendência diária do câmbio USD BRL é de estabilidade.

Real x Euro: a inflação ao consumidor da maior economia da Europa, a Alemanha, continua vindo em patamares elevados. Segundo a Destatis, a inflação do mês de maio foi de 0,5%, perfazendo uma inflação anual de +2,5%, acima da meta estabelecida pelo Banco Central Europeu. Na França e na Itália, segunda e terceira maiores economias da Zona do Euro, a inflação anual ficou em +1,4% e 1,3%, respectivamente. A tendência diária é de estabilidade, refletindo a espera pelas decisões de amanhã do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil.

Assuntos relacionados