Pablo Spyer: Eleições no Reino Unido impactam bolsas no mundo inteiro

por Remessa Online
3 minutos de leitura
As eleições no Reino Unido impactaram bolsas no mundo inteiro

Resultado das eleições no Reino Unido com vitória de Boris Johnson afetam positivamente bolsas no mundo inteiro. No Brasil, risco-país atinge menor nível dos últimos sete anos.

Bom dia Brasil!

Hoje é sexta-feira 13 e é claro que pode ser surpreendente. A notícia mais importante que estamos esperando desde ontem é a provável assinatura do acordo comercial entre Estados Unidos e China que pode acontecer a qualquer momento.

Ontem quando Trump anunciou que estava para assinar, as bolsas dispararam no mundo inteiro. Aqui foi touro de ouro e a bolsa foi para acima dos 112 mil pontos.

A notícia que está na capa de todos os jornais do mundo – está na capa do The Wall Street Journal, está na capa da CNBC e da Bloomberg – é a vitória do conservador Boris Johnson na Inglaterra. É a maior vitória dos conservadores desde Margaret Thatcher.

Isso está fazendo as bolsas por lá dispararem. Tem uma bolsa na Inglaterra que está subindo 4,5% e isso está fazendo todas as bolsas do mundo dispararem também. Olha só: os Estados Unidos está subindo 0,5%, a Europa, na média, sobe 1,2% e isso é bastante forte.

Isso também está fazendo com que o índice do medo nos Estados Unidos afunde. O índice do medo está afundando de 7,5% a 8%.

Aqui no Brasil, a gente está sofrendo forte influência externa, mas a gente está caminhando para o Investment Grade. Quem diz isso não sou eu, é o ministro dr. Paulo Guedes acompanhado da S&P, da Fitch. Todo mundo melhorando o viés, melhorando as perspectivas de PIB.

E acompanhado pelas bolsas, as bolsas apresentam máxima atrás de máxima. O dólar foi a R$4,09.

Eu não sei se vocês lembram mas ontem eu falei para se atentarem para o risco-país. O risco-país chegou a quase 100 pontos, é um dos menores em sete anos, é muita [email protected]

Bom meus amigos, acho que hoje é dia de touro de ouro.

Eu sou o Pablo, bons negócios!

Vai tourinho.

Pablo Spyer é diretor da Mirae Asset CCTVM e conselheiro da Ancord.

Assuntos relacionados