Como realizar a gestão dos fornecedores internacionais?

por Remessa Online
3 minutos de leitura
A gestão de fornecedores internacionais pode evitar dores de cabeça ao empreendedor e, também, criar oportunidades de diferenciação muito valiosas. Entenda.

A escolha dos fornecedores internacionais certos é fundamental para o sucesso do negócio. Eles fazem parte ou são, integralmente, o diferencial de uma empresa para seus clientes, não é mesmo?

No entanto, se eles trazem transtornos logísticos e aumentam os custos demasiadamente, podem comprometer as atividades comerciais. Dessa forma, a escolha e gestão dos fornecedores internacionais deve ser uma etapa estratégica do negócio.

Neste conteúdo, vamos esclarecer as principais questões sobre o assunto. Confira!

Como funciona a relação com fornecedores internacionais?

O mundo globalizado oferece diversas oportunidades de negócio, contratação de profissionais e comércio com fornecedores internacionais. Esse intercâmbio, por sua vez, torna empresas ou empreendedores mais competitivos no mercado interno e externo.

Assim, é muito comum que os negócios busquem fornecedores internacionais para comprar insumos de melhor qualidade, trabalhar com a venda de produtos importados ou, aumentar o nível de qualidade de seus serviços prestados aos clientes.

Outro modelo de negócio que pode ser estruturado com fornecedores internacionais é o drop shipping. Nele, o empreendedor cria um canal de vendas, oferta os produtos importados e, ao fechar a venda, aciona seu contato de fornecimento para realizar o envio. Ou seja, ele não precisa ter um estoque.

No entanto, seu nível de confiança com esse fornecedor deve ser alto, não é mesmo? Isso, porém, vale tanto para os internacionais quanto para os nacionais. Então, com qual deles fechar o negócio de fornecimento?

Fornecedores internacionais vs. fornecedores nacionais: quais as vantagens e desvantagens?

A melhor forma de descobrir qual o melhor fornecedor, internacional ou nacional, é comparando as vantagens e desvantagens que cada um oferece.

Fornecedores internacionais

Para realizar a importação, o empreendedor precisa lidar com alguns trâmites de comércio exterior que, inicialmente, podem gerar dúvidas. No entanto, os preços dos fornecedores internacionais, sua variedade e qualidade dos produtos são muito atraentes.

Outro ponto que sempre deve ser considerado é o prazo para a entrega do produto e, mais uma vez, a importância de escolher os fornecedores internacionais.

Fornecedores nacionais

Nas negociações com fornecedores nacionais, até mesmo a inexistência da barreira da língua estrangeira facilita o processo. A logística de entrega, na maioria das vezes, pode ser mais ágil já que os estoques de produtos já estão em território brasileiro.

Porém, em alguns mercados, a aderência ao produto nacional é muito menor, a incidência de impostos inviabiliza uma margem de lucro satisfatória e, na prática, nem sempre é possível usar a oferta para diferenciar-se dos concorrentes, pois, na maioria das vezes, os próprios fornecedores também atuam no mercado como atacadista e varejista.

Ao avaliar os prós e contras de cada estratégia, o empreendedor pode optar pela exclusividade entre fornecedores internacionais e nacionais, ou, também, fazer um mix das duas abordagens considerando diferentes produtos e ofertas.

Quais as melhores práticas para encontrar bons fornecedores internacionais?

Nas escolhas onde o fornecedor internacional será a preferência, você pode usar algumas boas práticas para encontrar os melhores contatos de fornecimento.

Pesquise quem são os fornecedores, representantes e fabricantes do produto

Pode parecer uma dica simples, mas, na prática, é o pontapé inicial do negócio. Para saber com quem negociar o produto importado que você deseja comercializar, é preciso conhecer quem são os representantes comerciais.

Os representantes podem ser funcionários da fabricante, escritórios de representação internacional ou nacional. Em cada uma dessas situações, a forma de conduzir a negociação e as regras mínimas para o contrato de fornecimento serão diferentes.

Escolha uma forma de pagamento passível de reembolso

Em alguns casos, mesmo depois de avaliar a idoneidade de um fornecedor, é preciso fazer um pedido em caráter de teste, até mesmo para avaliar o processo de entrega.

Uma boa prática nesse sentido é escolher uma forma de pagamento que possa ser reembolsável em caso de não recebimento dos produtos, como é o caso do cartão de crédito.

Tenha dois ou mais fornecedores internacionais

Essa é uma máxima que vale para qualquer negócio ou situação, afinal de contas, depositar todos os ovos em uma cesta só aumenta os riscos.

Por isso, tenha dois ou mais fornecedores para seus principais itens de negociação e, mantenha o contato frequente com todos eles.

Faça cotações para cada demanda

Ter mais fornecedores também implica em mais oportunidades de conseguir melhores preços e condições. Porém, para saber qual deles está com a oferta ideal, é preciso fazer cotações a cada pedido, ou, pelo menos, naqueles considerados mais relevantes para o negócio.

Tenha um bom sistema para gestão de fornecedores

As informações de contato com os fornecedores, seus procedimentos, histórico das últimas compras e a forma como elas foram feitas são dados importantes para a gestão de fornecedores, sejam internacionais, sejam nacionais.

Por isso, use um sistema de gestão, ou, ao menos, crie uma planilha para que você possa registrar o máximo de informações sobre o relacionamento com seus fornecedores.

Procure informações sobre seus conceitos

No Brasil, é possível consultar órgãos de proteção, contestações em entidades de crédito ou mesmo, reclamações em sites especializados como o Reclame Aqui. Isso vale também para os fornecedores internacionais, por isso, antes de iniciar ou fazer uma compra maior, avalie qual o seu conceito com outros empreendedores e empresas.

Como a Remessa Online pode ajudar nas suas transações internacionais?

Com essas dicas, seu negócio pode selecionar os melhores fornecedores internacionais e, claro, estabelecer uma relação comercial saudável e vantajosa para as duas partes.

Isso vai abrir possibilidades para outras formas de negociação, como nos casos das transações em moedas estrangeiras.

Uma boa dica é usar a Remessa Online nesse processo, afinal de contas, além da segurança da transação, a plataforma também tem um dos menores custos do mercado, características essenciais para quem deseja ter sucesso no drop shipping ou qualquer outro modelo de negócio que envolve fornecedores internacionais.

Se essa é a sua realidade, acesse o site da Remessa Online e veja como é simples cadastrar e começar a usar nossa ferramenta.

Resumindo

O que é drop shipping?

É um modelo de negócio em que o empreendedor realiza a venda de um produto, nacional ou importado, e a partir dela, aciona a logística do fornecedor para que ele envie diretamente para seu cliente.

Quais as vantagens de escolher fornecedores internacionais?

Alguns produtos estrangeiros podem ser mais baratos que os nacionais pelo número reduzido de encargos. Além disso, também podem ter nível de qualidade superior, o que são características que podem ser exploradas na estratégia de diferenciação do vendedor.

Quais as boas práticas para escolher e fazer a gestão de fornecedores internacionais?

Para ter sucesso na gestão de fornecedores internacionais, é importante pesquisar quem são os responsáveis pela negociação, ter dois ou mais fornecedores para um mesmo produto, fazer cotações, usar um sistema ou tabela para controlar os dados operacionais e consultar o conceito do fornecedor no mercado.

Assuntos relacionados