Gecon: conheça o modelo de Gestão Econômica

por Remessa Online
3 minutos de leitura
Gecon: pessoas analisando gráficos em papel

Uma empresa que deseja ter sucesso precisa ter uma gestão inteligente para conseguir acompanhar os resultados e manter as finanças do negócio sempre saudáveis. Assim, é necessário conhecer diferentes metodologias para compreender quais são mais adequadas para o negócio, além de saber como aplicá-las sem erros.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo para falar sobre a Gestão Econômica, também conhecida como Gecon. Continue a leitura e entenda como ela pode ser aplicada em sua empresa. 

O que é Gecon?

Esse é um modelo de gestão que foca nos resultados econômicos a fim de proporcionar o sucesso da empresa. Dessa forma, ela aborda a produtividade da empresa e a eficiência das operações.

Ele foi criado a partir de estudos feitos pelo professor Armando Catelli, no final dos anos 70. Ele acreditava que a contabilidade profissional não tinha a relevância necessária na tomada de decisão das empresas e que ela poderia ser melhor aproveitada.

Assim, o grande diferencial desse modelo é o cuidado com a contabilidade, que deixa de ser apenas uma obrigação e passa a ser utilizada como parte da estratégia de negócio. Assim, os dados obtidos em relatórios podem ser usados na tomada de decisão e desenvolvimento de medidas para o crescimento empresarial. 

Como funciona esse modelo?

Um dos pontos importantes da Gecon é que ele determina que o valor da empresa é o seu patrimônio líquido. Por esse motivo, ele se torna parte do controle orçamentário. Ou seja, a valorização do negócio não considera apenas seus custos ou lucros. 

Além disso, a Gestão Econômica está diretamente relacionada com a controladoria da empresa, focando na realização dos planos do negócio com saúde financeira, sem observar apenas os recursos gastos.

A ideia é que a tomada de decisão eficaz traga bons resultados, com um ótimo retorno sobre o investimento. Diante disso, a Gecon se baseia em alguns princípios importantes. São eles:

  • É preciso medir a eficácia das áreas da empresa, pois isso promove a eficácia do próprio negócio;
  • Cada área deve ter responsabilidade sobre as suas rotinas e lucros obtidos, sem transferência para outros setores;
  • O gestor deve ter um papel bem definido como dono do negócio e saber como exercê-lo;
  • Avaliar os resultados das áreas com base em custos e, principalmente, receitas geradas.

Como aplicar o modelo Gecon?

Para aplicar o modelo na sua empresa, primeiro é preciso ter uma controladoria bem estruturada, com processos definidos e geração de relatórios para que as decisões consigam se basear nos dados. Esse é o setor que avaliará a eficácia e a eficiência das outras áreas da empresa, especialmente em relação aos objetivos econômicos e resultados financeiros. 

Aqui, um dos pontos essenciais é que os profissionais do setor de controladoria sejam realmente qualificados e tenham uma boa visão estratégica, já que é com base nisso que eles avaliarão os resultados de cada área do negócio. 

Por fim, é essencial mudar o modo de enxergar o negócio e os investimentos feitos. É preciso acompanhar no resultado econômico obtido, que é resultado da ação dos gestores. Dessa forma, se busca a realização de estratégias e os lucros, sem focar apenas nos recursos investidos para atingir os objetivos. 

Também vale lembrar que, além da Gecon, existem outras metodologias que podem ser aplicadas no negócio e, muitas vezes, elas podem ser aplicadas em conjunto para ter resultados ainda melhores. O Kanban é uma delas, muito aplicada para gestão de estoque e gerenciamento de projetos. 

Gostou do conteúdo? Se você quer mais dicas para uma gestão inteligente, aprenda mais sobre a metodologia Kanban!

Resumindo

O que é Gecon?

É um modelo de gestão focado nos resultados financeiros, utilizando os dados econômicos do negócio como principal indicador do seu sucesso e do valor da empresa.

Como aplicar no negócio?

Para aplicar a Gecon na empresa é essencial estruturar o setor de controladoria, devido ao seu papel no acompanhamento dos resultados dos diferentes setores do negócio. 

Além disso, os gestores precisam estar preparados para aplicar a metodologia, baseando-se em dados e resultados financeiros para a tomada de decisão na empresa. Dessa maneira, a obtenção de melhorias é feita com a participação de todos os setores.

Assuntos relacionados