Giro de Notícias #2: confira o que pode impactar o mercado

Na semana em que os brasileiros começaram a ser imunizados, também assistiremos à posse de Joe Biden nos EUA. Confira essas e outras notícias que podem influenciar o mercado nos próximos dias.

Comece a semana de olho no que pode influenciar o mercado nos próximos dias! No Giro de Notícias de hoje, destacamos a aprovação das vacinas contra a Covid-19 no Brasil, a classificação como “enganosas” em postagens sobre Covid-19 no Twitter, o início do pagamento do Bolsa Família, a posse de Joe Biden e o crescimento do PIB da China em 2020.

Dólar abriu o dia cotado a R$ 5,3025; o Euro, a R$ 6,3871

A seguir, acompanhe a nossa seleção de notícias e principais acontecimentos do Brasil e do mundo.

Vacinas aprovadas pela Anvisa

Neste domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou por unanimidade o uso emergencial das vacinas Coronovac e da Universidade de Oxford contra a Covid-19.

Aprovado uso emergencial das vacinas Coronovac e da Universidade de Oxford

Como desdobramentos da aprovação:

  • O Governo de São Paulo iniciou a imunização dos profissionais da saúde no Estado. A primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19 no Brasil foi a enfermeira Mônica Calazans. Diabética, obesa e hipertensa, ela faz parte de grupo de risco e trabalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Emílio Ribas.
  • O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que o governo federal começará hoje, às 7h, a distribuição de vacinas contra a Covid-19 para todos os estados. 
  • E ainda segundo o segundo Ministério da Saúde, a campanha Nacional de Vacinação começaria na próxima quarta-feira, às 10h. De acordo com Pazuello, a distribuição das 6 milhões de doses do Butantan será realizada proporcionalmente aos estados.
  • No entanto, após pressão de governadores, o ministro da Saúde voltou atrás e aceitou antecipar a vacinação para esta segunda-feira.

Twitter classifica como “enganosas” postagens sobre Covid-19

De forma cronológica, a deputada Carla Zambelli, o Ministério da Saúde e o presidente Jair Bolsonaro tiveram publicações classificadas como “informações enganosas e potencialmente prejudiciais” pelo Twitter na última semana:

Presidente Jair Bolsonaro tem publicação classificada como “enganosa”
  • Segunda-feira (11): a rede social indicou que uma publicação da deputada federal Carla Zambelli pode conter “informações enganosas e potencialmente prejudiciais”. No conteúdo, a deputada defende uso de medicamentos com eficácia não comprovada para o “tratamento precoce da Covid-19”
  • Terça-feira (12): o Twitter aplicou a mesma sinalização em uma publicação do Ministério da Saúde. A postagem orienta a população a solicitar o “tratamento precoce”, nome dado ao tratamento com remédios sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus.
  • Sexta-feira (15): foi a vez do presidente Jair Bolsonaro ter uma publicação classificada da mesma forma. Em linha com o perfil do Ministério da Saúde e de Carla Zambelli, Bolsonaro defende na postagem o uso da hidroxicloroquina no tratamento precoce da Covid-19.

Começa hoje o pagamento do Bolsa Família

Hoje (18) começa o pagamento do Bolsa Família, que beneficia mais de 14 milhões de famílias. 

Bolsa Família beneficia mais de 14 milhões de famílias

Em 2020, de acordo com o Ministério da Cidadania, 95% das famílias do programa migraram para o Auxílio Emergencial. Essas famílias receberam a última parcela do Auxílio em 23 de dezembro. 

Com o fim do Auxílio Emergencial, a partir deste mês, os beneficiários voltam a receber o Bolsa Família, que tem como valor médio algo em torno de R$ 190 – e não pode ultrapassar R$ 372 pagos por família.

Joe Biden assume a presidência dos EUA nessa quarta-feira

No próximo dia 20, quarta-feira, Joe Biden assume a presidência dos EUA. A cerimônia, devido a pandemia, será restrita apenas a convidados e contará com um grupo de artistas.

Joe Biden, presidente eleito dos EUA

Em paralelo às expectativas do rumo do país com o novo Governo, há a preocupação relacionada a possíveis protestos armados. Por isso, muitas cidades americanas reforçarão a segurança para a posse do presidente eleito. E o diretor do FBI afirmou que estão monitorando todas as pistas de possíveis protestos.

Vale lembrar que Joe Biden possui maioria apertada nas Casas do Congresso americano, o que pode gerar dificuldades para aprovar propostas. A partir das eleições de 2020:

  • O Partido Democrata passou a ter menos representantes na Câmara, apesar de ainda deter maioria. Das 435 cadeiras de deputados federais, 222 são ocupadas por democratas e 212 por republicanos – uma vaga ainda está sendo disputada na justiça.
  • Já no Senado, o contexto é ainda menos confortável para o presidente eleito – por lá, cada partido é representado por 50 senadores. No entanto,  Joe Biden tem como vantagem a presença da vice-presidente Kamala Harris, que tem o poder do desempate, pois atua como a presidente do Senado.

China registrou crescimento de 2,3% do PIB em 2020

Em 2020, a China foi a única grande economia do mundo a evitar o encolhimento do PIB. O país asiático ganhou velocidade no quarto semestre do ano passado, porém, trata-se do menor desempenho da China em 44 anos.

China foi a única grande economia do mundo a evitar o encolhimento do PIB

No entanto, vale lembrar que a segunda maior economia do mundo, diante da pandemia da Covid-19, registrou queda de 6,8% no primeiro trimestre de 2020. Com isso, apesar do número ter ficado abaixo do crescimento de 6,1% de 2019, o país surpreendeu pela velocidade de sua recuperação.

Para ficar por dentro do que pode mudar o rumo do mercado, inscreva-se gratuitamente na newsletter Café com Remessa, além de acompanhar o blog da Remessa Online.