Minuto Econômico: coronavírus volta a assustar a Europa

por Pablo Spyer
3 minutos de leitura

NO MINUTO ECONÔMICO DE HOJE:

  1. Bolsas sobem na expectativa do pacote de estímulos nos EUA.
  2. Bancos divulga resultados e impulsionam clima de otimismo.
  3. Europa assustada novamente com coronavírus e possibilidade de novo lockdown.
  4. Petróleo em queda.
Minuto Econômico, com Pablo Spyer

TRANSCRIÇÃO

Bom dia, Brasil!

Hoje as Bolsas sobem na expectativa desse novo pacote de estímulos lá nos EUA, para ajudar as empresas e a economia sair da crise. Mas também sobem com o otimismo, na esperança de que três bancos, que soltarão os resultados hoje, venha melhor que o esperado.

Porque? Porque ontem saiu o resultado de dois “bancões”, JP Morgan e Citibank, e os dois vieram melhor que o esperado. Hoje vai sair o Wells Fargo, BOFA e Goldman Sachs.

A Bolsa nos EUA está subindo bem pouquinho, 0,1%. A Bolsa da NASDAQ está no zero a zero. Mas a NASDAQ, também, saltou 3% no feriado. A Europa está no zero a zero.

O que acontece?

  • A Europa está assustada hoje. Essa expectativa de mais isolamento social, sem contar o atraso claro na invenção da vacina, está deixando todo mundo nervoso.
  • A Itália proibiu festa durante 30 dias.
  • Na Alemanha disparou o numero de casos, contaminação pra tudo que é lado.
  • Na Holanda, o Primeiro Ministro ordenou confinamento parcial.
  • A França reportou um aumento muito forte de pessoas na UTI, precisando de tratamento intensivo. É triste.
  • O Reino Unido também está assustado e quer evitar lockdown.

A nova aposta dos países é que as restrições direcionadas possam, de alguma maneira, conter o avanço do coronavírus. E isso evitar o lockdown.

Com todo esse nervosismo, o petróleo cai. O Índice do dólar sobe pelo terceiro dia consecutivo nos EUA, o DXY.

Por aqui, hoje é dia de vencimento de opção do Índice Ibovespa Futuro e de opções sobre o Índice.

Eu sou Pablo. Bons negócios.

Vai, Tourinho!

Assuntos relacionados