FED: o que é e como influencia o cenário econômico brasileiro

por Andrea Cortes
3 minutos de leitura
FED

Certamente você já deve ter ouvido falar, mas você sabe exatamente o que é FED? De forma simples, FED é o sistema de reserva federal econômico dos Estados Unidos que apresenta uma forma de funcionamento única, mas que pode interferir na economia do mundo todo. Além de conduzir a política monetária no país, o FED possui diversas funções financeiras. 

Acompanhe o artigo abaixo para entender melhor o que é FED, como ele é composto, quais suas funções e, ainda, como o sistema norte-americano influencia na economia brasileira. Vamos lá?

O que é o FED?

FED, sigla de Federal Reserve Board, é o Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos. A instituição norte-americana é responsável pela supervisão do sistema bancário e pela definição da política monetária aplicada no país. Ele funciona de forma semelhante ao Banco Central no Brasil. 

A instituição foi criada em 1913 pelo Congresso Nacional com o objetivo de fornecer ao povo dos Estados Unidos um sistema monetário e financeiro mais seguro, flexível e estável.

Principais funções

Entre as principais funções do FED está a de conduzir a política monetária nos Estados Unidos, considerada uma das mais importantes para os investidores. Além disso, outras funções essenciais exercidas pelo FED são:

  • • Promover a estabilidade do sistema financeiro nos Estados Unidos;
  • • Garantir a segurança e solidez de instituições financeiras;
  • • Promover a segurança e eficiência do sistema de pagamento e liquidação;
  • • Equilibrar o sistema financeiro;
  • • Promover proteção do consumidor e o desenvolvimento da comunidade;
  • • Buscar as melhores taxas de juros para a economia do país;
  • • Desempenhar as políticas econômicas, perante as compras e vendas de títulos públicos.

Como o FED é composto

Para entender o que é FED de forma mais completa, também é preciso compreender como o Sistema de Reserva Federal é composto. Basicamente, ele possui três entidades chave:

Federal Reserve Board of Governors

É a agência independente do Governo Federal norte-americano. Para garantir sua independência política, ela possui sete membros que são indicados pelo presidente e confirmados pelo senado, com mandatos de 14 anos. 

Além  disso, um novo termo começa a cada dois anos, e quem serve ao FED por esse período não pode ser recolocado no quadro. Ainda, é do Congresso a função de supervisionar o FED. 

Federal Reserve Banks

Diferente do que acontece no Brasil, nos Estados Unidos não existe um único Banco Central, mas, sim, treze. O principal é o de Washington D.C. Os outros, são:

  • • Federal Reserve Bank of Atlanta;
  • • Federal Reserve Bank of Boston;
  • • Federal Reserve Bank of Cleveland;
  • • Federal Reserve Bank of Dallas;
  • • Federal Reserve Bank of Chicago;
  • • Federal Reserve Bank of Kansas City;
  • • Federal Reserve Bank of Minneapolis;
  • • Federal Reserve Bank of New York;
  • • Federal Reserve Bank of Philadelphia;
  • • Federal Reserve Bank of Richmond;
  • • Federal Reserve Bank of San Francisco;
  • • Federal Reserve Bank of St. Louis.

Esses Bancos Centrais escolhem um presidente, que deve ser aprovado pelo Board of Governors. 

Federal Open Market Committee (FOMC)

Por fim, o FOMC é, de fato, o responsável pela condução de política monetária dos Estados Unidos. As decisões são tomadas pelos membros: o chairman (função exercida pelo chairman do Board of Governors) e seu vice, além dos membros do Board of Governors e por 12 dos presidentes dos Bancos Centrais distritais (que são revezados a cada ano). 

fed influencia na economia brasileira 1024x683 - FED: o que é e como influencia o cenário econômico brasileiro
As ações do FED impactam na economia brasileira.

Influência na economia brasileira

Você deve estar se perguntando: “Qual a relação do FED com a economia brasileira?”. E a resposta é clara: as ações do FED impactam diretamente a economia no mundo todo, inclusive no Brasil. 

Para explicar de forma simples, podemos citar duas funções do FED que têm maior impacto na economia mundial e brasileira:

Definição da taxa de juros

A taxa de juros é responsável por acelerar ou desacelerar a economia. Ou seja, com altas taxas de juros, o consumo diminui e também diminui o volume de dinheiro circulando. Já com a redução das taxas de juros, as pessoas compram mais a prazo e é uma tendência que a economia cresça. 

Sendo assim, a variação da taxa de juros é uma medida que precisa ser administrada com precaução porque ela pode provocar o aumento da inflação.

Compra e venda de títulos

Outra ação do FED que influencia na economia brasileira é a compra e venda de títulos porque interfere na quantidade de moeda que circula na economia.

Ao adquirir títulos, por exemplo, o FED incorpora esses ativos no seu balanço patrimonial, retirando-os do mercado e inserindo dinheiro líquido no mercado. Já, quando o contrário acontece, ou seja, ele vende títulos, o dinheiro é retirado do mercado. 


Remessa Online: plataforma brasileira para transferências internacionais

Você conhece a Remessa Online? A plataforma brasileira é 100% digital e ideal para quem deseja fazer transações internacionais de dinheiro. 

A Remessa Online é referência no mercado brasileiro porque é prática, rápida e oferece taxas de serviço bastante atrativas. A plataforma também tem seu serviço regulamentado pelo Banco Central do Brasil (Bacen). 

Confira o blog da Remessa Online e descubra outras vantagens que a plataforma pode oferecer para a sua empresa.

Assuntos relacionados