Conheça a história da Oktoberfest e dicas de viagem

Quando se fala em Oktoberfest a primeira coisa que vem à mente são canecas de chopes, trajes típicos e muita festa. Mas de onde surgiu esta tradição? Neste texto vamos falar sobre isso!

A história da Oktoberfest

O início da Oktoberfest (também conhecida por Wiesn), que é uma tradicional festa alemã, remonta do século XIX, quando em 1810 o príncipe herdeiro da Baviera, Luís (que depois se tornou Rei Luís I), se casou com a Princesa Teresa, da Saxônia-Hildburghausen.

O casamento de Luis 1 deu origem à tradição da Oktoberfest.
O casamento de Luis 1 deu origem à tradição da Oktoberfest.

Para comemorar a união, os cidadãos de Munique foram convidados para a festa que ocorreu nos campos, à frente da porta da cidade.

O gramado foi chamado de Theresienwiese (que significa gramado de Teresa) como uma homenagem à princesa. Como parte dos festejos, estava prevista uma corrida de cavalos no Theresienwiese.

No ano seguinte, decidiu-se repetir a corrida de cavalos. Daí começou a tradição da Oktoberfest. Esta era uma forma de promover a economia e agricultura da Baviera.

Desde então, a celebração anual faz parte da cultura de Munique se repetindo anualmente. Os anos em que a festa não ocorreu foi por conta de guerras e epidemias.

A corrida de cavalos, entretanto, que deu origem a tudo não é mais realizada. A última vez que ocorreu foi em 1960.

As corridas de cavalos remontam à tradição e história da Oktoberfest.
As corridas de cavalos remontam à tradição e história da Oktoberfest.

A cerveja, que passou a ser o símbolo da Oktoberfest, passou a ser servida em canecas de vidro a partir de 1892.

Em 1896, foram montados os primeiros grandes galpões em colaboração com os produtores de cerveja.

Em 1910, para festejar o seu 100º aniversário, foram consumidos aproximadamente 120.000 litros de cerveja, o que foi considerado  um recorde para a época.

Em 2000, no 200º aniversário da festa, no dia da abertura houve a corrida de cavalos com trajes históricos para homenagear a primeira edição da festa.

Na parte sul do Theresienwiese, aconteceu a Oktoberfest histórica, em que foi servida uma cerveja especial e a festa foi montada para que os visitantes pudessem ter a sensação de como eram as festas do século XIX.

Atualmente, a Oktoberfest é frequentada por aproximadamente seis milhões de visitantes de todo o mundo.

Em 2000, a Oktoberfest, em Munique, celebrou 200 anos de tradição.
Em 2000, a Oktoberfest, em Munique, celebrou 200 anos de tradição.

A festa começa, desde 1872, no sábado após o dia 15 de setembro, com a tradicional cerimônia de abertura, e termina duas semanas mais tarde, no primeiro domingo de outubro.

O festival de Munique é o maior do mundo. Contudo, com a emigração alemã, a festa se tornou popular também em diversos países, como Brasil, Argentina, Estados Unidos, Hong Kong, Itália e muito mais.

Viajando para Munique na Oktoberfest

É claro que se você deseja vivenciar todo o fervor da Oktoberfest, o destino é Munique, na Alemanha.

Contudo, se você desejar fazer essa viagem, deve planejar com antecedência, o que inclui a compra de passagens e também a reserva em hotéis, que esgotam rapidamente, principalmente os melhores localizados, ou seja, os que estão próximos à Praça Theresienwiese.

Munique segue celebrando anualmente a Oktoberfest com muita cerveja.
Munique segue celebrando anualmente a Oktoberfest com muita cerveja.

Para aproveitar a Oktoberfest em Munique, saiba que é preciso reserva mesa em uma das tendas com antecedência.

Por ser um evento muito concorrido, os pedidos de reserva já começam a ser abertos em dezembro. As reservas são feitas diretamente com as cervejarias autorizadas as participarem do evento. Você pode ver como fazer o pedido de reserva no site do evento.

A festa costuma ficar mais lotada durante os finais de semana. Contudo, ainda em dia da semana a festa também é bastante movimentada, mas as filas para comprar comida, banheiro e ir aos brinquedos e atrações também são menores.

Oktoberfest no Brasil

Mas, se você quer uma opção mais barata e próxima, em Blumenau, Santa Catarina, a Oktoberfest é celebrada de modo semelhante à festa de Munique.

A Oktoberfest de Blumenau foi criada em 1984, após a cidade ter sofrido com a forte enchente do Rio Itajaí-Açu. Antes disso, a comemoração também já ocorria desde 1978 em Itapiranga, também em Santa Catarina.

A Oktoberfest de Blumenau é a segunda maior do mundo, só perdendo para a de Munique.
A Oktoberfest de Blumenau é a segunda maior do mundo, só perdendo para a de Munique.

Desde então foi um sucesso e atualmente recebe um público médio de 700 mil pessoas de todo o mundo. A Oktoberfest de Blumenau é considerada a segunda maior fesya alemã do mundo, atrás somente da de Munique.

A escolha da Rainha da Oktoberfest, que é feito entre candidatas usando trajes típicos alemãs, concurso de chopes, diversos tipos de cervejas, comidas típicas alemãs e diversas atrações compõem o evento.

Assim como em Munique, é preciso atentar e reservar com antecedência passagens e hospedagens para Blumenau. Os hotéis costumam lotar rápido e muitas pessoas também ficam em cidades no entorno de Blumenau, que fica há duas horas da capital catarinense de Florianópolis.

Além de Blumenau, a Oktoberfest também é festejada nas cidades catarinenses de Itapiranga; em Rolândia e Marechal Cândido Rondon, no Paraná; São Lourenço do Sul, Santa Cruz do Sul e Igrejinha, no Rio Grande do Sul e entre outras cidades que possuem forte influência da imigração alemã ou que aderiram ao costume da festa.