Qual é o custo de vida em Portugal

Saiba qual é o custo de vida em Portugal

O custo de vida em Portugal deve ser levado em consideração antes de tomar a a decisão de se mudar para o país – seja de forma permanente, seja temporária. Neste artigo você vai ter uma boa base de quanto gastará com aluguel, alimentação e contas básicas.

Portugal está se transformando num dos destinos mais visados por brasileiros que desejam mudar de país e tentar a vida por lá. A economia portuguesa vai bem, o país oferece infraestrutura de ponta e existe a vantagem adicional de o idioma oficial ser o Português, o que facilita muito a adaptação.

Quem planeja se mudar para o país precisa entender melhor o custo de vida em Portugal antes de tomar a decisão de migrar para as terras portuguesas. Siba abaixo quanto, em média, custa cada gasto em Portugal.

Salário Mínimo em Portugal

Como você deve saber, a moeda portuguesa é o Euro (assim como de boa parte dos países da Europa), pois o país faz parte do bloco econômico União Européia. Dentro desse contexto, o salário mínimo de Portugal é considerado baixo se comparado aos companheiros do bloco.

O salário mínimo bruto em Portugal é de 600 euros em 2019 e o governo promete que chegará a 750 euros em 2023. Portugal está em 12º lugar do ranking europeu. É um salário bastante abaixo da média europeia (que é de 932 euros). Só para se ter uma ideia, a Espanha, país vizinho, pratica um salário mínimo de 1050 euros.

Isso significa dizer que se o brasileiro (ou qualquer outro estrangeiro) for trabalhar em Portugal por um salário mínimo mensal, essa pessoa precisará de muito controle (e provavelmente ajuda) para manter as contas.

Vamos analisar agora o custo de vida em Portugal à partir de algumas contas básicas.

O mercado imobiliário português vive um boom e isso impacta o custo de vida em Portugal.
O mercado imobiliário português vive um boom devido ao turismo, o que acaba impactando o custo de vida em Portugal. Na foto, Porto, segunda maior cidade do país.

Aluguel em Portugal

Portugal enfrenta uma alta no preço dos imóveis devido a alta demanda de estrangeiros querendo morar no país nos últimos anos e a baixa oferta de residências.

Muitos proprietários de imóveis estão achando mais vantajoso alugar seus imóveis por pequenos períodos para turistas do que por longos períodos para moradores. O resultado é uma bolha imobiliária que está jogando para cima o preço dos imóveis nas grandes cidades, especialmente na capital Lisboa, e o custo de vida em Portugal acaba encarecendo.

Assim como em qualquer outro país do mundo, quanto maior a cidade, mais caro o aluguel. Sendo assim, se você quer se mudar para Portugal seria interessante cogitar morar em cidades mais interioranas e menos famosas. Metrópoles como Lisboa, Coimbra ou Porto ostentam os aluguéis mais caros do país.

Caso precise estar perto de uma metrópole, faça como muitos portugueses estão fazendo e more em cidades nos arredores das grandes metrópoles. Portugal tem uma ótima estrutura de transporte, por isso você pode usar o transporte público (especialmente o trem) para ir trabalhar. O custo do aluguel pode cair consideravelmente em cidades nos arredores de Lisboa, por exemplo.

As tipologias adotadas pelo sistema imobiliário de Portugal podem ser:

T0 (estúdio ou flat), T1 (1 quarto), T2 (2 quartos), T3 (3 quartos), T4 (4 quartos), T5 (5 quartos) e assim por diante.

Sendo assim, se você for procurar por um apartamento com 3 dormitórios, por exemplo, estará procurando por um T3. 

O valor médio do metro quadrado em Portugal é de aproximadamente 4,5 Euros. Na capital Lisboa pode chegar a mais de 11 Euros e nas cidades pequenas do interior cai para cerca de 3 Euros, dados do Instituto Nacional de Estatística de Portugal.

Em Lisboa, por exemplo, um apartamento para uma pessoa pode custar cerca de 650 euros de aluguel por mês em bairros da periferia e facilmente ultrapassar os 1000 euros em bairros mais centrais. A média de preço do metro quadrado é de 6 euros, valor 25% maior do que a média do país.

Em Cascais, cidade litorânea pertinho de Lisboa, um apartamento para 1 pessoa pode sair por 700 euros mensais, enquanto que um apartamento de dois quartos varia entre 900 e 1000 euros/mês.

Na histórica cidade de Coimbra é possível encontrar apartamentos de um quarto por 400 euros, valores mais razoáveis. Em Porto, segunda maior metrópole do país, o aluguel de um apartamento para uma pessoa pode sair por 600 euros em média.

Resumindo: parte considerável do salário que você receber morando em Portugal irá para despesas com aluguel. É a fatia mais significativa do bolo para quem mora no país.

Custo de vida com alimentação em Portugal

A melhor maneira de economizar com alimentação em Portugal é pesquisando muito as promoções da semana.
A melhor maneira de economizar com alimentação em Portugal é pesquisando muito as promoções da semana.

Depois do aluguel, alimentação é o que mais impacta no custo de vida em Portugal. Um casal gasta cerca de 250 euros por mês com alimentação. Existem várias redes grandes de supermercados e todas elas oferecem promoções semanais.

A dica para economizar é fazer compras semanalmente e pesquisar bastante o que está em promoção em cada mercado naquela semana.

Uma excelente ferramenta de comparação de preços de supermercado é a Kuanto Kusta Supermercados. Através dela você insere sua localização e compara o valor de produtos em vários mercados de sua região.

É possível economizar em produtos industrializados se você comprar as embalagens maiores e que duram mais. Por outro lado, muitos perecíveis como frutas e verduras tendem a ser caros mesmo, especialmente porque boa parte desses produtos é importado.

Azeite, azeitonas, bacalhau, vinho de qualidade e alguns outros produtos são mais baratos em Portugal do que no Brasil, justamente porque são produção nacional.

Uma dica final para economizar em alimentação é optar pelas marcas brancas, ou seja, aquelas que levam o nome do supermercado. Em geral são de qualidade e o preço chega a ser até 40% menor do que praticado pelas marcas famosas.

Contas de água, luz e gás

É complicado estipular valores para contas mensais em Portugal ou em qualquer lugar porque tudo depende do consumo. Uma família de três pessoas com chuveiro elétrico e uso razoável pode gastar cerca de 80 euros por mês com energia e cerca de 30 euros com água. Água e energia não costumam impactar muito no custo de vida em Portugal.

Há casos de apartamentos ou casas cujo aquecimento do chuveiro é a gás. Neste caso, a conta de energia abaixa, mas a de gás aumenta e no final da contas acaba dando na mesma.

Custo de vida em Portugal com transporte público e gasolina

O transporte público em Portugal é rápido e eficiente. É possível ir para muitos lugares pagando pouco.
O transporte público em Portugal é rápido e eficiente. É possível ir para muitos lugares pagando pouco.

O transporte público em Portugal é excelente e é possível ir a praticamente qualquer lugar de trem, metrô, ônibus ou bondinho. O valor gasto depende da distância percorrida.

O bilhete único custa 1,2 euro em Porto e 1,5 euro em Lisboa. Caso você use o transporte todos os dias é mais vantajoso optar pelo bilhete mensal que custa entre 30 e 40 euros. 

Para quem tem carro, o litro da gasolina está custando cerca de 1,5 euro (em outubro de 2019). Mas vale ressaltar que o transporte público é bom e a população tende a preferir se locomover por ele do que usar carro para ir trabalhar ou estudar.

Custos com saúde

Assim como em praticamente todos os países, a saúde pública em Portugal é paga. Sim, o Brasil é um dos únicos países do mundo que oferece saúde gratuita.

Mas calma, os valores cobrados no atendimento público de saúde em Portugal são regulamentados e bem baixos: 4,50 euros em média por consulta com médico de família, 2 euros em média por exame simples e 18 euros + taxas por atendimento de emergência em hospital. Procedimentos mais complexos são mais caros. 

Você sabe o que é um médico de família? Em Portugal cada cidadão (ou cada família) tem um médico que cuida desse paciente de maneira permanente. A esses profissionais é dado o nome de médico de família. É o médico de família quem solicita exames, faz encaminhamentos e, caso necessário, solicita cirurgias.

Importante: o sistema público de saúde de Portugal não cobra nada por cirurgias que foram solicitadas por médicos de família.

A vantagem desse sistema é que ele é muito eficiente e o atendimento é excelente, comparável ao sistema particular no Brasil.

Quanto custa viver em Portugal?

Após analisarmos os quesitos acima chegamos a conclusão que o custo de vida para um pessoa viver em Portugal pagando suas contas gira entre 900 e 1000 euros por mês.

É claro que precisamos adicionar a essa conta gastos com lazer, roupas e outras despesas emergenciais que surgem (como remédios). Se a pessoa tiver carro os gastos com gasolina, imposto e seguro encarecem ainda mais o montante.

Caso a pessoa ganhe um salário mínimo (600 euros) precisará encontrar meios para conseguir arcar com as contas. Dividir apartamento, por exemplo, quebra o valor do aluguel. Também é possível pesquisar bastante nos supermercados e comprar marcas menos conhecidas e que estejam na promoção. Vale tudo para fazer o dinheiro render.

Use a Remessa Online para te ajudar a planejar sua vida em Portugal

Decidiu que quer mesmo tentar a vida em Portugal? Use a Remessa Online para enviar dinheiro para Portugal e ir resolvendo questões como aluguel, por exemplo.

Se já estiver em Portugal, pode usar os serviços da Remessa para receber dinheiro vindo do Brasil ou até mesmo para enviar dinheiro para quem estiver no Brasil.

A Remessa Online é segura, fácil de usar e envia o dinheiro para Portugal em até 1 dia útil. Além disso, tem o menor custo do mercado, apenas 1,3% de spread.

Faça seu cadastro e aproveite.