5 dicas para se planejar antes de captar investimento

Captar um investimento é, certamente, um dos maiores desafios dos empreendedores. Por isso, selecionamos 5 dicas práticas de como planejar o seu negócio para conquistar recursos. Veja!

investimento

Receber um investimento é, sem dúvida, uma ótima maneira de começar um negócio. E a boa notícia é que existem várias alternativas para captar recursos no Brasil e no exterior mas, para conseguir um aporte de um investidor anjo, é preciso se planejar e conhecer bem a proposta de valor do seu produto ou serviço.

Neste artigo, confira 5 dicas de como planejar seu negócio estrategicamente. Vamos lá?

Dicas para captar investimento

Conseguir investimento para iniciar seu negócio ou alavancar os serviços ou produtos oferecidos pela empresa não é uma tarefa difícil. Mas para tornar o processo mais simples, coloque as nossas dicas em prática e aumente suas chances de captar recursos em uma rodada de investimentos. 

Aproveite e confira nosso artigo: 
Como trabalhar pela internet e ganhar dinheiro

1. Pesquise o mercado para captar investimento

Antes de captar investimento, pesquise bastante e aprenda tudo sobre o setor que deseja atuar. É importante reunir o máximo de informações possível, especialmente sobre o faturamento, resultados e como as empresas estão organizadas naquele segmento. 

Dessa forma, os investidores saberão que você conhece o nicho ao apresentar sua empresa no Pitch. Durante a apresentação, você precisa mostrar que entende como o mercado funciona e sabe sobre o que está falando. 

Uma boa dica para entender como o seu mercado funciona é pesquisar relatórios e outros dados sobre ele. Quanto a procura de informações, utilize fontes confiáveis e divulgadas em grandes portais como Exame e instituições como o IBGE. Além disso, esse tipo de pesquisa permite que você faça o mapeamento do ecossistema empreendedor do seu negócio.

2. Entreviste potenciais clientes

É bastante comum que os empreendedores pulem a etapa da validação e comecem a desenvolver a solução. Contudo, o ideal é que antes de lançar o seu produto ou serviço, você entre em contato com o seu cliente em potencial e avalie a viabilidade da sua ideia.

Para tanto, basta fazer uma pesquisa de mercado ou elaborar um questionário que possa ser compartilhado nas redes sociais. Além disso, você também pode fazer entrevistas com as pessoas e averiguar a necessidade da solução.

Entrevistar potenciais clientes pode ajudar a validar a sua ideia de serviço ou produto.

Outra dica bacana de entrevistar potenciais clientes é buscar pessoas nas redes sociais, especialmente no LinkedIn. Algumas perguntas relevantes para fazer nessa etapa são:

  • De que forma você costuma resolver o problema em questão?
  • O que você gosta da ideia da solução atual?
  • O que você não gosta da ideia da solução atual?
  • Quanto pagaria por uma solução melhor?

3. Teste hipóteses e ideias

Testar hipóteses e ideias também faz parte do processo de modelagem de um negócio e é uma etapa fundamental para captar investimento. Afinal, é através dela que você poderá testar as ideias e avaliar se alguém consumiria o seu produto ou serviço.

No entanto, é importante ficar atento, pois os testes precisam ser reais e você deve evitar cair em falsos resultados positivos. Para colocar isso em prática, confira algumas técnicas indicadas por especialistas:

  • Blefe da solução: afirmar que já tem um produto pronto para o público e esperar que as pessoas se cadastrem. Essa é uma forma de identificar a demanda;
  • Concierge: transforma o produto em um serviço e tenta fornecer ao público a solução que ele pretende entregar quando completo. Dessa forma, você consegue avaliar se ele é relevante e se pode resolver o problema;
  • Mágico de Oz: a ideia é criar uma fachada do produto com características tecnológicas, quando ele é funciona de maneira manual. Geralmente, é usada com aplicativos em estágio inicial para avaliar as condições de trabalho;
  • Teste de fumaça: usar uma landing page ou vídeos para indicar como o produto será. Através disso, é possível entender se há ou não demanda para ele.
Leia também:
Dicas de marketing digital para divulgar seu serviço no exterior

4. Identifique vantagens competitivas

Quais são as vantagens competitivas do seu negócio? Saber essa informação é crucial para ter sucesso na apresentação do Pitch. Afinal,  ela permite que os investidores percebam o potencial da sua empresa e a sua capacidade de superar os concorrentes.

Nessa etapa, avalie qual é a vantagem que a sua empresa oferece, o que a torna única. Isso pode ser um preço mais baixo, equipe de vendas que entende o produto, atendimento diferenciado ou até mesmo uma ideia nova.

De acordo com Michael Porter, formado em Harvard, uma estratégia competitiva deve ser baseada em 5 forças. Veja abaixo quais são elas:

  • Rivalidade entre os concorrentes;
  • Poder de negociação com os clientes;
  • Poder de negociação com os fornecedores;
  • Ameaça de entrada de novos concorrentes;
  • Ameaça de produtos substitutos.
Growth Hacking: o que é e como usar a estratégia no seu negócio

5. Desenvolva o MVP e valide-o com clientes potenciais

O Produto Mínimo Viável (MVP) é uma versão de teste do seu produto. Desenvolvido de maneira econômica e ágil, ele pode ser apresentado ao público para receber os primeiros feedbacks. Assim, com esse teste, você também poderá antecipar os problemas e aperfeiçoar suas estratégias.

Depois disso, basta seguir para a seguinte etapa, conhecida como Customer Experience e User Experience. O foco aqui é a experiência dos usuários do produto ou serviço e você precisa explorar as diferentes técnicas para teste e validação do MVP.

São os feedbacks que irão ajudar você a definir se a ideia seguirá para o desenvolvimento do produto final ou se ele terá que voltar para a validação e ser reelaborado. Então, nesses casos, é possível usar metodologias como a Avaliação de Satisfação e Testes de Usabilidade.

Como receber investimento do exterior?

Após colocar todas essas dicas em prática e captar os recursos que a sua empresa precisa, conte com a Remessa Online para receber o investimento do exterior. Através da nossa plataforma é possível enviar e receber transferências internacionais de forma prática, rápida e econômica.

Além disso, também acompanhe o nosso blog para conhecer outras ideias de negócios.