Banco Central intervém e Dólar cai 5%. E agora?

baixa do dólar

Começo com a única pergunta a se fazer no momento: qual será a reação do mercado depois da próxima sexta-feira (15/06) quando o Banco Central encerrar os leilões extraordinários?

Após 3 leilões extraordinários o Banco Central vendeu US$ 9,25 bilhões, até sexta ele pode vender mais US$ 15,25 bilhões. Apesar disso, a cotação do dólar retrocedeu pouco, ficando em R$ 3,70, com o Euro parando em R$ 4,36. Veja a cotação do momento.

Diante do cenário interno e externo, o Banco Central tem duas possibilidades de atuação para segurar o movimento de desvalorização:

  1. Ofertar os US$ 15 bilhões e, em caso de venda total, fazer mais leilões.
  2. Se não vender tudo, prometer que a qualquer momento fará novos leilões.

Ou, iniciar um movimento de aumento de juros.

Depois da intervenção de curto-prazo feita pelo Banco Central, fica difícil falar até quando o real continuará se valorizando, afinal são pílulas de efeito pontual e anestésico para o mercado.

A pergunta que fizemos no último e-mail continua válida até as eleições:
O próximo governo fará as reformas necessárias para destravar o Brasil?

Abraços,
Fernando Pavani