Como abrir conta offshore na Suíça: um guia definitivo

por Remessa Online
3 minutos de leitura

Mesmo sem conhecer o que é necessário para ter uma offshore, você já deve ter ouvido falar sobre o status em torno de abrir uma conta na Suíça em filmes e novelas.

Também é muito comum as pessoas terem receio sobre os paraísos fiscais, por conta de diversas polêmicas em torno.

Mas, afinal, por que na Suíça e não em outro país? E o que é, de fato, um paraíso fiscal?

Primeiramente, a Suíça é um dos países considerados mais amigáveis na Europa, com excelente padrão e qualidade de vida.

No entanto, o que torna o país famoso, além dos Alpes, relógios e chocolate, é o sistema bancário.

Atraídos pelas vantagens do país para rendimento, muitas empresas e pessoas físicas se interessam pela abertura de uma conta lá.

Nesse post, vamos mostrar como é possível abrir conta offshore na Suíça, seja você uma pessoa física ou jurídica, e o que são os famosos paraísos fiscais.

Conta offshore na Suíça: o que é e como abrir?

Uma conta offshore é um tipo de conta bancária aberta com fins lícitos em territórios onde há menos tributação. 

Não há nada ilegal em se ter uma conta offshore, apesar de ser muito comum esse mito. A própria legislação brasileira permite a prática, desde que a conta esteja registrada no Imposto de Renda do proprietário.

Além da menor tributação, contas offshore oferecem mais segurança em relação aos seus depósitos, bem como sigilo e uma variedade de modalidades de contas para atender necessidades individuais.

Abrir uma conta offshore em países como a Suíça, que possuem grande tradição nesse modelo bancário, ainda são mais atrativos por conta da moeda local.

O Franco Suíço, uma moeda extremamente estável e valorizada, é um fator que pode ajudar o investidor a diversificar suas economias, muitas vezes possibilitando o lucro graças à flutuação cambial.

O que é preciso para abrir conta offshore na Suíça?

É difícil dizer categoricamente o que é necessário para abrir uma conta offshore na Suíça, pois muitos detalhes da documentação podem variar dependendo do banco que você escolher e também da finalidade da sua conta.

Alguns bancos cobram taxas de manutenção mais altas, enquanto outros exigem uma série de documentos e fazem uma análise do background do cliente antes de abrir uma conta. 

Entretanto, é possível traçar algumas linhas gerais de quais documentos normalmente são requisitados pelos bancos na hora de abrir uma conta offshore na Suíça. Confira:

  • Cópia autenticada do passaporte;
  • Cópia recente autenticada de uma conta de luz ou extrato bancário comprovando endereço (no máximo, dos últimos 3 meses) ;
  • Alguns bancos exigem Apostila da Convenção de Haia;
  • Uma referência do seu banco atual, em papel timbrado do banco, afirmando que você tem sido um cliente íntegro e possui conta há anos;
  • Comprovante de renda, que pode ser apresentado na forma de um conjunto de extratos bancários ou recibos de pagamentos mostrando o seu salário mensal. Caso o rendimento seja proveniente de poupança ou investimentos, também é necessário trazer uma prova desses rendimentos.

Embora seja raro, alguns bancos pedem por uma referência profissional, ou seja, uma carta de um advogado, contador ou outro profissional respeitável confirmando que você tem bom caráter.

É importante ressaltar, entretanto, que essa lista é genérica, sendo que alguns bancos podem exigir mais documentações por parte do aplicante.

Como funcionam as contas offshore?

Como vimos anteriormente, as contas offshore são aquelas abertas fora do país do seu proprietário. 

Elas funcionam para a manutenção do sigilo da identidade de seus proprietários, para que seja possível pagar menos impostos sobre rendimentos e também para aquisição e fusão de negócios.

Quais os bancos suíços que aceitam contas offshore?

aZ6ExpdfzeCDN6L6008Wm oLUw5UJXM1PfTD AVKuuJ7hqqrZXHwTU9XmjCvBnFoh ZsYbZ8NIzYIUBWgkkeP8ISL8WVutc0 NwdCJV ANsgE1QMPuJppXlCfb62tV5QMb59AmqF - Como abrir conta offshore na Suíça: um guia definitivo

Para abrir uma conta offshore na Suíça, é necessário primeiro encontrar um banco no país que aceite contas offshore. O que, felizmente, não é difícil, pois o país é referência em contas offshore.

Por isso, separamos alguns exemplos de bancos adeptos dessa prática. Confira:

Credit Suisse

Fundado em 1856, o Credit Suisse é um dos bancos mais tradicionais do país. 

É considerado por Wall Street um dos 9 bancos mais importantes do mundo justamente por conta do seu tamanho e lucratividade.

Portanto, abrir uma conta offshore no Credit Suisse é uma das opções mais seguras justamente por conta do seu histórico e da sua importância não só na Suíça, mas ao redor do mundo.

UBS

A UBS é uma das principais empresas globais na gestão de fortunas, além de ser um banco de investimento, gestão e corretagem de valores mobiliários e de investimentos.

Trata-se do maior banco do país e uma escolha segura para abrir uma conta offshore.

PostFinance

PostFinance é a unidade de serviços financeiros da Swiss Post, o Serviço Nacional de Correios da Suíça. 

Sua principal área de atuação diz respeito a pagamentos nacionais e internacionais, mas nos últimos anos vem expandindo suas operações bancárias e abrindo como possibilidade a abertura de contas offshore.

Conta offshore: Pessoa Física vs Pessoa Jurídica

uoNa8jjMHjptAEgQz LKf4PdbIHaMbr98nenwih2be8HTgPKWoNAPIEJQJmq7RRTB02nTBTSyIX3rLu23E5DkOybtPDQ8e7Y4P1WynRDusSBnGU0AU61c8AcfpdxI yzYhxJII g - Como abrir conta offshore na Suíça: um guia definitivo

As contas offshore, tanto na Suíça como em outros países, podem ser abertas por pessoas físicas e jurídicas.

Nos dois exemplos, existem obrigações e declarações que devem ser realizadas.

Um dos mitos que precisa ser colocado à luz é que ter uma conta offshore em um paraíso fiscal não te coloca em uma posição 100% livre de tributação, seja você PJ ou não.

O que acontece é que, mesmo com os rendimentos tributados, ainda acaba sendo mais vantajoso quando comparado a tributação brasileira.

Uma pessoa física, por exemplo, que abre uma conta offshore ou uma empresa offshore tem seus rendimentos tributados em casos como retirada de recursos da empresa (saque) ou indiretamente (pagamento de despesas).

Para as pessoas jurídicas, as contas offshore são interessantes principalmente para expansão da empresa no exterior.

Quanto custa abrir uma empresa offshore?

Para abrir uma conta offshore na Suíça, não é necessário pagar uma taxa de abertura, contudo, o país determina valores mínimos de depósito.

No caso das contas numeradas, o valor mínimo de depósito pode ser muito alto.

Segundo demonstrado na tabela da Sociedade Internacional, para abrir uma conta offshore comum na Suíça, o valor de depósito mínimo para uma conta corporativa é de EUR 10.000 e EUR 5.000 para conta pessoal.

Convertendo para o real, seria hoje equivalente a mais de 60 mil reais para contas empresariais e 30 mil para contas de pessoas físicas.

Conta offshore pessoa física

As pessoas que desejam abrir uma conta offshore como pessoa física também podem ter como opção a Suíça.

No entanto, assim como pessoas jurídicas, se a ideia for investir em empresas offshores estando no Brasil, é importante estar atento na Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física.

Se você se interessa sobre investimentos no Exterior, entenda também nesse artigo como realizar investimentos em outros países através da Venture Capital.

O que são paraísos fiscais?

XwFN2hGAy1HUcyguGi6L tbeLX5IhlrzT807mTOUJOn26owE7 aKkCdPpSv0wceC8pm FeYiIdYpzN7ZkOZCVeoXU N4Wm7JPioky6FH4h6FjS39tzi5fN1z0PAhRdzdl2mJSRPY - Como abrir conta offshore na Suíça: um guia definitivo

Paraísos fiscais, também conhecidos como refúgios fiscais, são jurisdições (países ou regiões autônomas) em que as alíquotas de tributação, isto é, os impostos, são muito baixos ou nulos para a facilitação da aplicação de capital estrangeiro.

Em outras palavras, são territórios no mundo que moldam suas leis para que seja vantajoso para investidores estrangeiros abrirem contas em bancos locais. 

O termo “paraíso fiscal” é proveniente de um erro na tradução da expressão “tax haven” (“refúgio fiscal”) por conta da semelhança entre as palavras “haven” (“refúgio”) e “heaven” (“paraíso”).

Como abrir uma conta em um paraíso fiscal?

Existem várias maneiras de abrir uma conta em um paraíso fiscal. Tudo vai depender de qual país e qual banco você escolher para abrir a sua conta.

A modalidade da conta também interfere, por exemplo, se é para uma pessoa física ou uma conta corporativa (pessoa jurídica).

Como vimos no caso das contas offshore na Suíça, é difícil dizer exatamente quais documentos são necessários para abrir uma conta, pois tudo depende dos protocolos exigidos pelo banco escolhido.

Contudo, de modo geral, se você quer abrir uma conta como pessoa física em um paraíso fiscal, você provavelmente vai precisar de:

  • Uma cópia autenticada do passaporte;
  • Uma cópia recente autenticada de uma conta de luz ou extrato bancário comprovando o endereço (no máximo dos  últimos 3 meses);
  • Uma referência do banco atual, em papel timbrado do banco, afirmando que você é um cliente íntegro e que possui conta há muitos anos.

Agora, se você quer abrir uma conta corporativa em um paraíso fiscal, a documentação é mais extensa.

Em linhas gerais, além de todos os documentos necessários para abertura de uma conta enquanto pessoa física, você pode precisar apresentar os seguintes documentos:

  • Uma referência profissional. Referência profissional é uma carta de um advogado, contador ou outro profissional respeitável confirmando que você tem bom caráter;
  • Documentos da empresa autenticados. Isso inclui cópia da Certidão de Incorporação da Empresa, CNPJ e Estatuto de Sociedade (ou documentos equivalentes), Registro de Diretores, Membros e/ou Acionistas, e Diagrama da estrutura da empresa (se houver acionistas das empresas); 
  • Plano de negócios detalhado, descrevendo o objetivo da empresa, o volume de estimativa/receita, canais de comercialização e uma análise da concorrência.

Em ambos os casos, muitos dos bancos também pedem a Apostila da Convenção de Haia.

Qual o melhor paraíso fiscal?

Além da Suíça, existem vários outros países famosos como refúgios ou paraísos fiscais, que atraem empresas e pessoas de todo o mundo em busca de abertura de offshores.

Por existirem diversos paraísos fiscais, não existe um consenso sobre qual a melhor. Afinal, todos podem apresentar vantagens e desvantagens.

Mas como benefício, a maioria conta com tributação reduzida ou até mesmo nulas sobre o capital depositado, além da segurança sobre informações. Abaixo, conheça as 5 mais famosas.

1. Ilhas Cayman

Além de paraíso fiscal, as Ilhas Cayman são um verdadeiro paraíso natural pela paisagem.

Estão localizadas a oeste do Mar do Caribe, sendo um território britânico muito famoso por estar entre as opções de refúgio fiscal da União Europeia.

2. Bermudas

Conhecido também como Ilha de Bermudas, esse é também um paraíso fiscal território pertencente ao Reino Unido com muito mais dinheiro do que produzido localmente.

Com foco em seguros e serviços financeiros, também entrou no radar das empresas e pessoas que buscam abrir uma offshore para desviar de impostos altos.

3. Ilha Jersey

Também parte da coroa britânica, a Ilha Jersey está tendo na lista dos maiores paraísos fiscais no mundo por oferecer um regime fiscal atrativo para as empresas e pessoas físicas.

Com uma legislação muito flexível, neste paraíso fiscal a taxa de impostos sobre as empresas é de 0%, com exceções para companhias de serviços financeiros e fornecedores de energia e água.

Nas exceções, a taxa máxima de imposto de renda é fixada em 20%.

4. Taiwan

O Taiwan é um dos paraísos fiscais com maior rendimento capital gerado fora da localização e, assim como os outros exemplos, se tornou atrativo não só para as empresas locais como também para as de fora, que buscam tributações mais flexíveis ou nulas.

5. Ilhas Virgens Britânicas

As Ilhas Virgens Britânicas, que fazem parte do arquipélago vulcânico do Caribe, são território britânico também.

Está entre os 5 maiores paraísos fiscais no mundo, concentrando um valor muito acima do giro de capital gerado nas ilhas.

O local é alvo de diversos bilionários e empresários do mundo todo que escolhem os paraísos fiscais para evitar a tributação sobre o capital.

Se você gostou desse post, não deixe de conferir também como é possível realizar investimentos em capital de risco (Venture Capital) no exterior.

Conclusão

Abrir uma conta offshore na Suíça pode ser muito mais vantajoso para empresas e pessoas físicas que desejam guardar seu capital em um local com menor tributação e com maior rendimento financeiro.

A Suíça é tradicionalmente conhecida pelo seu sistema bancário e pela facilidade de abertura de contas e empresas offshore.

O sistema financeiro do país é considerado um dos mais sólidos e estáveis do mundo, o que é vantajoso para quem deseja investir no país.

Como enviar dinheiro para o exterior com a Remessa Online

Assuntos relacionados