Como receber dinheiro da Suíça

Milhares de brasileiros vivem na Suíça, esse pacato país europeu que fica entre a França, a Itália e a Alemanha.

Como receber dinheiro da Suíça, em francos suíços

Milhares de brasileiros vivem na Suíça, esse pacato país europeu que fica entre a França, a Itália e a Alemanha. Saiba como receber dinheiro da Suíça de maneira rápida e simples.

A estatística mais recente aponta que há 19 mil brasileiros vivendo na Suíça. A maior parte deles migrou buscando ou melhores condições de vida ou oportunidade de trabalho nas diversas organizações internacionais sediadas no país. Essa população agora pode contar com a Remessa Online para enviar dinheiro para suas famílias no Brasil diretamente em franco suíços.

A Suíça é a sede de 35 organizações internacionais diferentes. Entre elas estão a Organização Mundial do Comércio, a Organização Mundial da Saúde e a própria Organização das Nações Unidas, que instalou o seu segundo escritório no país. Além disso, o país também abriga a sede de organizações não governamentais, como a representação da Anistia Internacional na ONU, o Comitê Olímpico Internacional e a FIFA.

Tipos de visto para brasileiros na Suíça

Os brasileiros que pretendem viver na Suíça contam com os seguintes tipos de visto:

  • Turista: quem pretende permanecer até 90 dias no país não precisa de visto, basta ter um passaporte dentro do prazo de validade;
  • Trabalho: além do contrato de trabalho, a Suíça exige que a pessoa exerce uma atividade profissional de interesse do país, o salário precisa estar alinhado ao mercado de trabalho suíço e ter seguro saúde obrigatório, entre outras exigências;
  • Reunião familiar: Visto para reagrupar família separadas após um dos pais começar a trabalhar no país. Famílias com filhos com idade acima de 12 anos têm até um ano para se mudar ao país após o cônjuge estrangeiro ter recebido o visto de residência. Para quem tem filhos com idade inferior a 12 anos, o prazo se estende para 5 anos;
  • Estudante: a pessoa precisa estar matriculada em uma instituição de ensino na Suíça e o curso precisa ter duração superior a 90 dias. Mesmo já matriculado, o estudante deve aguardar a concessão do visto no Brasil.

Como receber dinheiro da Suíça

As possibilidades para quem deseja receber dinheiro da Suíça devem ser analisadas de acordo com critérios relevantes para os envolvidos, como complexidade, segurança, legalidade e custo do processo.

Fazendo transferência bancária

Para receber dinheiro da Suíça por transferências bancárias internacionais, o remetente precisa ter conta em um banco no Brasil que ofereça essa modalidade.

Como os sistemas operacionais dos bancos são distintos, cada um deles exige um conjunto de informações e procedimentos diferentes, assim como possuem cobranças e taxas diferenciadas.

Além das cobranças que incidem para o remetente, a retirada pelo beneficiário que vai receber dinheiro da Suíça também pode ser taxada.

Ao considerar essa modalidade, portanto, é preciso solicitar ao banco qual o valor do Custo Efetivo Total (CET) da operação, que pode incluir: taxa de envio no banco do país de origem, cobrança pelo recebimento na instituição bancária no Brasil, custos SWIFT e valor do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Enviando pelos Correios

O Correios oferece o Vale Postal Eletrônico Internacional para quem vai receber dinheiro da Suíça.

Para isso, o remetente deve procurar uma instituição na Suíça que faça parte da rede conveniada do Correios, que, segundo seu site, contém mais de 6000 postos espalhados pelo mundo.

O beneficiário não precisa pagar nenhuma taxa para receber a remessa, porém, o remetente é cobrado de acordo com as taxas da instituição e do país, o que pode variar bastante.

A título de curiosidade, o envio de dinheiro do Brasil para outro país no exterior tem o valor de R$ 35,00 acrescidos de 1,5% do valor da remessa enviada, lembrando que ainda é preciso considerar variações da taxa de câmbio na data da retirada do saldo.

A transferência é eletrônica, e, quando o valor fica disponível para o saque, o beneficiário é notificado para fazer sua retirada em uma unidade específica dos Correios. Esse procedimento está em acordo com as normas do Banco Central e Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF).

É importante ressaltar que o envio de numerários da moeda corrente feito por carta simples é proibida e arriscada.

Por meio do Xoom (serviço do PayPal)

Exclusivo na modalidade de pessoa física que deseja receber dinheiro da Suíça, o serviço de transferência bancária é suportado pelo sistema do PayPal. Para isso, ele deve realizar um cadastro no Xoom ou usar seu perfil do PayPal, que, aliás, permitirá o uso das funções de crédito e débito com o saldo na plataforma.

A plataforma do Paypal permite que o usuário solicite o resgate do saldo para sua conta bancária, fazendo a cobrança de duas taxas: de conversão e transação.

A cada transferência bancária é cobrada uma taxa de US$ 4,99. Pelos serviços prestados, a Xoom também cobra um percentual por cada dólar convertido em real, o que, acrescido da variação cambial, pode significar uma perda considerável de numerário.

Receber dinheiro da Suíça pela Remessa Online é seguro, prático e é a opção mais barata do mercado.
Receber dinheiro da Suíça pela Remessa Online é seguro, prático e é a opção mais barata do mercado.

Usando a Remessa Online

Na Remessa Online tanto pessoas físicas quanto jurídicas conseguem receber transferências diretamente em francos suíços convertidos para reais no Brasil. A plataforma pratica o custo de recebimento de 1,3%, o menor do mercado, portanto é a maneira mais vantajosa de receber dinheiro da Suíça.

O primeiro passo para receber dinheiro da Suíça pela Remessa Online é o beneficiário da remessa se cadastrar na nossa plataforma.

Passo a passo para se cadastrar na Remessa Online

1º passo: acesse a área de cadastro do site Remessa Online.

2º passo: selecione o tipo de cadastro ideal para seu perfil, pessoa física ou jurídica que vai receber dinheiro da Suíça.

3º passo: preencha todos os campos, leia o Termo de Uso, clique para aceitá-lo e depois no botão “Cadastrar”.

4º passo: faça o Login na sua conta, confira e complete os dados do cadastro no Remessa Online.

5º passo: clique em RECEBER DINHEIRO, selecionando na sequência a moeda de recebimento, neste caso, Franco Suíço. Nesse momento os códigos IBAN e SWIFT, necessários para o procedimento, serão informados.

6º passo: acesse os dados bancários da sua conta no site Remessa Online e compartilhe com o remetente na Suíça.

7º passo: após a realização do procedimento basta esperar. Quando o dinheiro chega ao Brasil, a Remessa Online notifica a pessoa por e-mail e na própria plataforma em até dois dias úteis e ela pode resgatar o dinheiro ou deixá-lo na plataforma até que o câmbio esteja mais favorável.

É importante indicar a natureza da operação. Se for classificada como “transação entre pessoas físicas” e o valor for superior a USD 20 mil, precisa incluir um documento que comprove a origem dos recursos. Uma declaração de imposto de renda da pessoa que enviou o dinheiro da Suíça é suficiente.

Ao considerar as formas de receber dinheiro da Suíça, é fundamental optar por aquele que é mais barata e que traz mais segurança para a transação e as pessoas envolvidas. Como você pôde perceber, a Remessa Online é a melhor opção do mercado.

No caso da Remessa Online, o dinheiro estará disponível para resgate na sua conta no Brasil com muito mais facilidade e transparência. Então, cadastre-se agora mesmo em nossa plataforma e faça uma experiência de transferir dinheiro da Suíça para o Brasil.

Resumindo:

Como receber dinheiro da Suíça?

Existem algumas maneiras:
1 – Fazendo transferência bancária em banco tradicional;
2 – Enviando pelos Correios;
3 – Por meio do Xoom (serviço do PayPal);
4 – Usando a Remessa Online.

Qual é a forma mais rápida e barata de receber dinheiro da Suíça?

Com a plataforma Remessa Online. Após realizar o cadastro e seguir todos os passos, basta aguardar a confirmação de recebimento em até 3 dias úteis. O resgate pode ser realizado conforme o câmbio do momento e será creditado na banca bancária do Brasil em até 2 dias úteis.