Corrida eleitoral britânica causa efeitos na Libra Esterlina

tendências para a libra esterlina

Partido Conservador aparece em vantagem em pesquisas sobre a eleição no Reino Unido, o que coloca o mercado em compasso de espera e afeta diretamente a Libra Esterlina.

No Reino Unido, o grande tema da semana é a corrida eleitoral – que deve ser tornar mais acirrada ao passo que a data das eleições se aproximam. 

Pesquisa divulgada esta semana pelo instituto de pesquisa YouGov na terça-feira (12) mostrou que o Partido Conservador, do atual primeiro ministro Boris Johnson, possui vantagem em relação aos demais partidos.

Até o momento, os resultados evidenciam um apoio forte da população britânica aos Conservadores e, ao que tudo indica, a pauta do Brexit. Se o movimento persistir e se comprovar, a jogada de Johnson de antecipar as eleições pode se mostrar certeira e o divórcio entre Reino Unido e União Europeia pode se concretizar antes do que imaginamos.

Seguindo esse movimento político, a Libra Esterlina abriu a semana cotada a R$ 5,3202. A moeda britânica seguiu trajetória de apreciação em relação ao Real. Em meio ao avanço da corrida eleitoral britânica, o Real manteve trajetória de depreciação em relação à Libra, sendo negociada no patamar de R$ 5,3597 na abertura do pregão de quinta-feira (14/11), variação de aproximadamente 0,74%.

Leia também as análises de câmbio para o Dólar e para o Euro.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.