Dólar Vs. Real – De Olho no Câmbio #74

Real valoriza aproximadamente +4% em relação ao dólar nessa semana

Os índices financeiros globais voltaram a registrar bons resultados. Vejam o caso do Ibovespa que começou a semana cotado a aproximadamente 87 mil pontos e, na sexta-feira, 5), foi negociado acima dos 93 mil pontos.

O mercado voltou a precificar os ativos com certo otimismo. A avaliação é que o pior da crise econômica decorrente da crise do coronavirus ficou para trás. Nossa avaliação é de que essa ainda é uma expectativa que deve ser avaliada com muita cautela.

De todo modo, ponto alto da semana foi a emissão de títulos brasileiros no mercado estadunidense, que garantiu a captação de US$ 3,5 bilhões pelo Tesouro Nacional. O movimento mostra interesse de investidores estrangeiros em ativos nacionais. 

Mas até esse movimento também deve ser observado com cautela. Há um excesso de liquidez global, ocasionado pela resposta dos bancos centrais ao Covid-19, incluindo o Federal Reserve.

Desse modo, o movimento de depreciação do dólar, na realidade, é uma resposta ao excesso de liquidez. Esse movimento deve permanecer no curto e médio prazos. Contudo, no médio ao longo prazo, os fundamentos devem se impor novamente.

O dólar começou a semana cotado a R$ 5,4942 na abertura do pregão de segunda-feira (1º). O patamar, vale destacar, foi aproximadamente 3% menor em comparação com a abertura da semana anterior. 

Seguindo essa tendência de apreciação, já na abertura do pregão de sexta-feira (5), o Dólar estava cotado a R$ 5,1191. Tal movimento na semana representa uma apreciação de aproximadamente 4,03% do Real.

Voltar para De Olho no Câmbio #74