Estou em intercâmbio no exterior durante a pandemia, o que fazer?

O que fazer se a pandemia chegou ao país em que você ou seu parente está fazendo intercâmbio? Seguem orientações para quem está no exterior em intercâmbio e o país adotou as restrições de circulação para o covid-19.

O que fazer se a pandemia te pegou dirante o intercâmbio

Você conseguiu realizar o seu sonho de fazer um intercâmbio no exterior e, de repente, se depara com a uma pandemia. Neste momento você está longe da família, dos amigos e nem sempre domina o idioma local. Por mais que esta seja a receita perfeita para muita incerteza e insegurança, este não é um momento para pânico. 

Neste artigo daremos algumas dicas do que você deve fazer para enfrentar essa pandemia. Acompanhe abaixo e tire suas dúvidas. 

Mantenha contato com os seus familiares

A nossa primeira dica é que você mantenha contato com os seus familiares no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo. Afinal de contas, esse é um momento novo que ninguém jamais presenciou. Por isso, diante de tantas incertezas e notícias ruins, a situação acaba sendo tão assustadora para muitas pessoas.

Manter o contato com a família ajuda a tranquilizar os familiares de que está tudo bem com você, bem como que eles também estão seguros. Além disso, é uma forma de enfrentar o distanciamento social e a quarentena que muitos países vêm implementando para diminuir as taxas de contaminação.

Contacte a escola em que faz intercâmbio

Muitas instituições de ensino cancelaram as suas aulas por pelo menos duas semanas durante o período de quarentena imposto por diversos países. Entretanto, alternativas foram propostas. Os professores deram atividades para serem desenvolvidas durante esse período ou mesmo estão ministrando aulas à distância.

Mas, se mesmo assim você se sentir prejudicado ou não estiver com nenhuma atividades para ser realizada, entre em contato com a sua escola, ou empresa de intercâmbio e procure uma solução que seja benéfica para as duas partes. Lembre-se que esta pandemia é um caso sem precedentes no mundo moderno, portanto as empresas não possuem protocolos de como devem agir.

Mantenha contato com colegas e amigos locais

Mais do que nunca, manter contato com as pessoas que você conhece no país é fundamental, especialmente aqueles que falam a sua língua. Isso porque nem sempre você irá dominar o idioma local e poderá ter problemas para entender exatamente o que as autoridades estão orientando a população a fazer.

Portanto, se surgir qualquer dúvida de como proceder, não hesite em ligar ou mandar mensagem para o seu colega de classe, ou do trabalho (já que alguns intercâmbios permitem que as pessoas trabalhem). É melhor ter certeza do que está acontecendo e agir conforme a orientação das autoridades locais.

Além disso, aproveite os benefícios das redes sociais como Whatsapp e Facebook para manter contato com seus amigos e diminuir a distância social. Isolamento é muito importante nesse momento, mas não é necessário ficar totalmente fora de contato. 

Siga as orientações das autoridades locais

Devido às altas taxas de infecção, diversos países adotaram medidas mais drásticas para reduzir a disseminação do vírus, tais como fechar todos os comércios e manter as pessoas em casa. Um bom exemplo disso é o que está acontecendo na Itália, Espanha e França. 

Ou seja, a forma de como proceder durante esta pandemia vai depender das medidas adotadas pelo país em que você está fazendo intercâmbio. Portanto, procure se informar com colegas, através dos jornais locais ou mesmo nos canais oficiais de comunicação do país. E, o mais importante, siga essas orientações. 

Procure os serviços de saúde em caso de sintomas

Os principais sintomas do COVID-19 são: febre, tosse seca, dificuldade para respirar e cansaço. Quem apresentar esses sintomas deve procurar os serviços de saúde local. 

É preciso apenas ficar atento ao fato de que alguns países estão orientando as pessoas a primeira telefonar para o serviço de saúde e, então, os profissionais irão atendê-lo em casa. Veja se esta é a orientação do país em que você está.

Proteja-se

E o mais importante de tudo é que você se proteja durante esta pandemia. Já está provado que o isolamento é a melhor forma de disseminar a infecção. Portanto, saia somente para o que for extremamente necessário, lave muito bem as mãos e faça isso frequentemente. Também é importante não tocar no seu rosto com as mãos sujas.

Ajude seu familiar no exterior por meio da Remessa Online

E se por acaso seja preciso enviar dinheiro para algum familiar que está no exterior, ou caso a sua família precise enviar dinheiro para você durante o seu intercâmbio no exterior, há uma forma segura de realizar transferências internacionais, sem nem sair de casa. 

A plataforma brasileira Remessa Online oferece esse serviço a custos menores do que os praticados pelos bancos convencionais, sem taxas adicionais e com valor de moeda baseado no câmbio comercial. Clique aqui para criar a sua conta.

Continue acompanhando o blog da Remessa Online e fique por dentro de mais notícias a respeito da pandemia pelo COVID-19.