O que você precisa saber para enviar dinheiro para o exterior

Precisa enviar dinheiro para fora do Brasil e não sabe por onde começar? As transferências internacionais têm se tornado cada vez mais comuns, considerando o número de brasileiros que estão no exterior. Veja os detalhes nesse artigo!

Entenda como enviar dinheiro para o exterior

Enviar dinheiro para o exterior é uma ação muito comum nos dias atuais e com o avanço tecnológico existem muitas opções para realizar esse processo, assim, isso deve ser avaliado com cautela.

Escolher a melhor opção para fazer transações internacionais é a chave para pagar menos e otimizar o valor que você irá desembolsar para concluir a operação, para tanto, é necessário estar bem informado e por dentro de tudo.

Você sabe como enviar dinheiro para o exterior? Se tem dúvidas não se preocupe! Confira neste post tudo que precisa saber para realizar transações internacionais e veja informações relevantes para acertar na hora de enviar dinheiro para fora do país!

Saiba tudo sobre enviar dinheiro ao exterior

Os serviços de transações internacionais são oferecidos por diversas instituições e há muitas possibilidades para executar essa tarefa. Embora algumas tenham encargos mais altos, existem boas opções para enviar dinheiro ao exterior de forma rápida e barata. Os principais meios de enviar dinheiro são:

  1. bancos – transferências bancárias;
  2. correios;
  3. casas de câmbio;
  4. plataformas digitais.

Ao enviar dinheiro ao exterior são aplicadas taxas e impostos e a chave para pagar menos é escolher a forma mais econômica. Para isso, a plataforma digital Remessa Online oferece as melhores condições do mercado com taxas justas e processo transparente, totalmente online.

Os benefícios da tecnologia são incríveis para facilitar o dia a dia, nas atividades financeiras não é diferente. Transações internacionais efetuadas por meio da plataforma digital proporcionam comodidade, segurança e agilidade.  

Qual moeda usar?

Na hora de escolher a moeda de envio da sua transferência, sempre prefira fazer a conversão direta para a moeda local. Por exemplo, para envio de dinheiro do Brasil para os Estados Unidos, escolha enviar em dólar americano (USD). A conversão será feita de real (BRL) para dólar (USD).

Nem sempre é possível fazer uma transferência internacional na moeda local do país para onde o dinheiro será enviado. Nesse caso, você pode optar por enviar na moeda que é mais usada naquela região.

Vale lembrar que a grande maioria dos países do mundo aceita recebimentos em dólar, mas o ideal é confirmar com o banco de destino qual moeda deve ser usada e se compensa utilizar o dólar.

Com o surgimento de plataformas digitais como a Remessa Online, enviar dinheiro ao exterior ficou muito mais rápido e barato.
Com o surgimento de plataformas digitais como a Remessa Online, enviar dinheiro ao exterior ficou muito mais rápido e barato.

Quais informações são necessárias?

Assim como uma transação bancária comum, é preciso ter os dados do beneficiário para realizar um envio. Veja quais são eles:

  1. Nome completo do beneficiário (que vai receber o dinheiro em outro país);
  2. Nome e número da conta bancária no exterior;
  3. Código IBAN, SWIFT/BIC ou ABA Routing Number do banco beneficiário no exterior. Esses dados são fornecidos pelos próprios bancos.

Atenção para as informações! Na hora de enviar dinheiro para o exterior, confira todas as informações de envio. A falta de preenchimento dos dados ou o preenchimento incorreto causam o estorno do valor enviado. Essa operação tem um custo, que é descontado do valor transacionado.

Quanto custa?

Sempre que for realizar um envio para o exterior é preciso prestar atenção na cotação da moeda no dia da operação. Dependendo da variação do câmbio, seu dinheiro pode valer mais ou menos em relação à moeda estrangeira que será enviada. Por isso, o melhor momento para fazer uma transferência para o exterior é quando o dólar estiver em baixa.

Já para fazer envios para o Brasil, o melhor é aproveitar a alta do dólar. Você pode acompanhar as variações do câmbio em tempo real no site da Remessa Online.

Não se esqueça: todos os valores enviados têm cobrança de taxas e impostos. Por isso, o valor final que chegará ao destinatário terá descontos. Para operações feitas via Remessa Online, as taxas cobradas são: o SPREAD e a taxa de transferência SWIFT – sendo que algumas naturezas têm isenção de taxa de transferência SWIFT.

Já os impostos são cobrados pelo Governo Federal e variam de acordo com o tipo de transação. Para envio de dinheiro para o exterior é cobrado IOF (Imposto sobre Operação Financeira), que varia de 0,38% até 1,1%.

Como enviar dinheiro pela Remessa Online

O cadastro na Remessa Online demora menos de cinco minutos e o limite para envios é pré-aprovado. Rapidamente você estará apto a enviar dinheiro ao exterior da maneira mais barata, rápida e segura. As etapas para se cadastrar consistem em:

  1. acessar o site Remessa Online;
  2. clicar em “cadastrar” no canto superior direito;
  3. inserir seus dados;
  4. criar um login e senha.

O processo de envio também é simples e livre de burocracias onde a operação é concluída em até 48 horas. A plataforma é muito fácil de operar e rapidamente seus objetivos são realizados. Para enviar dinheiro ao exterior basta seguir as 3 etapas abaixo:

1. Realize a sua operação

Selecione qual é o motivo da sua transferência, o valor que deseja enviar, o país de destino e preencha as informações da pessoa que vai receber o dinheiro no exterior. É essencial ficar atento se os dados informados estão corretos.

2. Faça o pagamento

Depois de fazer a operação, é necessário realizar o pagamento em reais via TED (transferência eletrônica disponível). O comprovante de pagamento deve ser enviado até às 16h30 do dia da operação.

3. Envio em até 1 dia útil

Depois de identificar o pagamento da sua transferência, o valor estará disponível na conta do beneficiário em até 1 dia útil. Uma forma rápida, transparente e econômica para que o dinheiro chegue onde você precisa com eficiência.

Qual é o limite de valor para remessas internacionais?

O valor do limite varia de um correspondente para outro. Na Remessa Online, há dois tipos de limites. O limite para clientes com cadastro simples, que é de R$ 37.500 (trinta e sete mil e quinhentos reais) por dia ou de R$ 75.000 (setenta e cinco mil reais) por ano. Esse é o maior limite para cadastro pré-aprovado do mercado.

Para operar valores acima desses valores, é necessário fazer o cadastro completo. O novo limite será calculado a partir das informações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), fornecidos durante o cadastro. No geral, corresponde a 70% do valor dos bens declarados ao fisco.

Enviar dinheiro para outro país é seguro?

Enviar dinheiro para fora do Brasil é uma operação autorizada pelo Banco Central do Brasil (BACEN). As operações são fiscalizadas e existem regras nos procedimentos para evitar lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo.

Ou seja, é completamente seguro realizar transações internacionais por meio da plataforma digital Remessa Online. A empresa investe na segurança dos seus clientes para proporcionar toda a tranquilidade nas atividades da plataforma.

Como saber se o correspondente é autorizado?

O Banco Central disponibiliza uma lista com todos os correspondentes autorizados a fazer envio de dinheiro para o exterior. A conferência é simples: acesse a área de correspondentes em operações de câmbio do site do BACEN e procure pela razão social ou CNPJ da empresa. No caso da Remessa Online, os dados para consulta são:

Bee Serviços de Assessoria Financeira Tecnologia LTDA
CNPJ: 20338931/0001-01

Precisa declarar transferências internacionais no IR?

Isso varia de acordo com a natureza da remessa feita. O saldo da conta no exterior, por exemplo, entra na categoria de bens e direitos do programa de declaração anual da Receita Federal. O cálculo do valor declarado deve considerar o câmbio do dia 31 de dezembro do ano anterior.

Orientamos que busque auxílio de um contador especializado para orientar a respeito de declarações de transferências internacionais. Descubra quem precisa declarar imposto de renda.

+ CONTEÚDOS RELACIONADOS