Euro: otimismo com a economia ajuda cotação

Entenda como o Euro foi impactado na semana

Semana do Euro foi marcada por boas notícias e otimismo com a economia europeia, apontando uma menor necessidade de intervenção do Banco Central Europeu

Após declarações de Christine Lagarde, ex-presidente do FMI e atual presidente do Banco Central Europeu (BCE), sobre o crescimento econômico da Zona do Euro, o mercado europeu teve um respiro significativo com acordos entre grandes empresas europeias e o resto do mundo.

Nesse clima otimista, os dados sobre sentimento dos empresários registraram alguma melhora. E para coroar este movimento, a semana se encaminha para encerrar com um clima ainda mais positivo na Europa. 

Dados positivos vindos da Zona do Euro apontam para uma chance ainda menor de intervenção do BCE na economia da região no próximo mês. Dentre esses dados, a inflação da Zona do Euro aumentou mais do que o esperado por analistas, subindo de 0,7% para 1%. O núcleo teve seu maior aumento em 6 anos.

Complementarmente, os dados de desemprego da Alemanha, a maior potência do bloco, foram positivos, registrando uma redução significativa de 16 mil desempregados que voltaram ao mercado. 

Com tais movimentos, a moeda Europeia abriu a semana cotada a R$ 4,6264. Na abertura desta sexta-feira (29), a cotação foi de R$ 4,6132. O movimento refletiu com bastante aderência o otimismo pontual que se instalou nos mercados do bloco ao longo desta semana. 

Veja também as análises sobre o Dólar e a Libra esterlina.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.

Conheça a melhor forma de realizar transferências internacionais. Comece agora a sua vida global!

Conheça a Remessa Online