Libra esterlina: efeitos da disputa eleitoral britânica

tendências para a libra esterlina

A Libra esterlina foi impactada pelo cenário eleitoral, com o fortalecimento do Partido Trabalhista e o enfraquecimento do Partido Conservador de Boris Johnson.

A corrida eleitoral britânica segue a todo vapor. Contudo, a semana teve início com a vantagem do Partido Conservador recuando e o Partido Trabalhista avançando – o que preocupa Boris Johnson, atual primeiro-ministro e membro dos conservadores.

Contudo, é importante destacar, o Partido Conservador ainda lidera a corrida e, segundo as pesquisas da região, a intenção da população britânica de deixar o bloco europeu e efetivar o Brexit ainda é majoritária.

Movimento importante que foi feito esta semana por Johnson em algumas entrevistas foi de tentar dissociar sua imagem a do presidente estadunidense, Donald Trump. O PM britânico pediu para que Trump não interviesse nas eleições, com receio de que qualquer associação ao líder americano possa reduzir suas chances de vencer as eleições. 

No mais, seguindo esse movimento político, a Libra Esterlina abriu a semana cotada a R$ 5,3929. Nesta sexta (29), o Real seguiu trajetória de depreciação em relação à Libra. Na abertura,  a cotação era de R$ 5,4093. Já após a primeira hora do pregão, a moeda passou a ser negociada no patamar de R$ 5,34271.

Veja também as análises sobre o Dólar e o Euro.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.