Países mais fáceis de conseguir visto de trabalho

Saiba quais sao os paises mais faceis de conseguir visto de trabalho

Descubra neste artigo onde é possível conseguir visto de trabalho mais facilmente e o que é preciso fazer para trabalhar legalmente fora do Brasil. Vamos lá?

Muitos brasileiros têm o sonho de trabalhar e viver no exterior, atraídos não apenas pelos bons salários, mas principalmente pela segurança e qualidade de vida oferecidos fora do Brasil. Assim, caso você esteja pensando em procurar emprego em outro lugar, saiba que existem alguns países que facilitam o visto de trabalho. 

Países mais fáceis para obter visto de trabalho

Muitos países facilitam o visto de trabalho com o objetivo de atrair mão de obra qualificada. Tecnologia da Informação, Saúde, Engenharia e Comunicação são algumas das áreas que costumam oferecer boas oportunidades.

Em outros casos, o país permite que o intercambista possa estudar e trabalhar ao mesmo tempo. Se for empregado de uma empresa local, ainda é possível solicitar um visto de permanência. 

Confira abaixo a lista dos países que oferecem programas menos burocráticos para o estrangeiro conseguir o visto de trabalho:

Visto de trabalho no Canadá

Conseguir um emprego no Canadá não é difícil. Atualmente, o governo oferece oportunidades para que intercambistas e profissionais de outros países integrem o mercado de trabalho canadense.

O método mais usado pelos estrangeiros é ingressar no país como estudante e solicitar o “post-graduation work permit”. Essa permissão de trabalho é oferecida para estudantes que concluíram um curso de pelo menos 8 meses no país e desejam trabalhar no Canadá.

A duração desta permissão é válida por 3 anos. Após esse período, o estrangeiro pode solicitar o visto de permanência no país.

Outra alternativa é ser contratado por uma empresa canadense e solicitar o visto de trabalho. Em províncias como Quebec, por exemplo, existem programas de contratação de estrangeiros. Outra dica é se inscrever no portal de empregos do governo o Job Bank e se inscrever nas vagas.

Visto de trabalho na Austrália

O governo australiano oferece vagas para profissionais nas áreas de saúde, TI e engenharia. Essas ocupações são carentes de profissionais no país e, para atrair mão de obra qualificada, o governo facilita o visto de trabalho.

Para aproveitar essa oportunidade, vale a pena consultar a lista de profissões com mais vagas abertas no site oficial do país. Em seguida, o candidato deve enviar uma carta de intenção chamada de “Expression of Interest (EOI)” e uma série de documentos. Caso seja aprovado, ele pode iniciar a solicitação de visto permanente.

Outra opção de visto de trabalho procurada pelos brasileiros é combinar estudo e trabalho. Essa modalidade permite que o intercambista estude e trabalhe durante meio período.

Leia também: Como fazer um intercâmbio na Austrália

Visto de trabalho na Nova Zelândia

A Nova Zelândia é outro país famoso por oferecer oportunidades de emprego para estrangeiros. Assim como os demais destinos, o melhor caminho para trabalhar legalmente é solicitar um visto de estudante e arrumar um emprego em meio período, enquanto realiza o curso.

Caso o intercambista consiga um emprego na sua área de atuação, pode conseguir uma permissão de trabalho com duração de 2 anos. Após isso, basta solicitar um visto permanente. Para tanto, ainda é preciso cumprir requisitos como ter um fluência em inglês, viver no país por 5 anos e ter uma boa reputação.

Visto de trabalho na Irlanda

A Irlanda concentra uma grande quantidade de brasileiros. Para conseguir emprego no país, os estrangeiros combinam trabalho temporário com estudos. Em média, eles têm uma carga horária de 20 horas por semana e devem conciliá-lo com os estudos.

Também é possível solicitar o visto de trabalho após ser contratado por uma empresa irlandesa. Nesse caso, o procedimento é um pouco burocrático e têm duração do período de trabalho no país.

Leia também: Tipos de visto para a Irlanda: quais são e como solicitar

Cada país tem suas regras sobre concessão de visto de trabalho, mas tudo depende da demanda interna por profissionais.
Cada país tem suas regras sobre concessão de visto de trabalho, mas tudo depende da demanda interna por profissionais.

Dicas para obter o visto de trabalho

Apesar desses países terem flexibilizado o visto de trabalho, o processo seletivo ainda é burocrático. Cada governo possui suas próprias regras, requisitos e programas para avaliar cada estrangeiro.

Por isso, é importante acessar o site do Consulado do país e obter informações completas sobre o processo. Caso você tenha se interessado por algum desses destinos, confira nossas dicas de como aumentar suas chances de aprovação:

  1.  Tenha proficiência comprovada no idioma;
  2.  Invista no seu currículo profissional e acadêmico;
  3. Acesse sites como LinkedIn e de vagas de emprego no exterior. 

Envie dinheiro pela Remessa Online

Se você trabalha no exterior, mas ainda tem família no Brasil, saiba que é possível utilizar a Remessa Online para enviar ou receber dinheiro, sem precisar sair de casa e pagar mais por isso.

Através da plataforma online, você recebe suas remessas internacionais em apenas 1 dia útil. Além disso, as tarifas cobradas também são as mais baixas do mercado, e é possível enviar dinheiro para mais de 100 países. O procedimento é intuitivo e a plataforma é fácil de usar.

Acesse o site da Remessa Online e faça a cotação de quanto dinheiro será enviado ao exterior a partir do câmbio do dia.