Quer trabalhar e estudar no Canadá? Descubra como se planejar

O Canadá prioriza a qualidade de vida e a segurança da população. Além disso, tem um dos maiores índices de desenvolvimento humano do mundo e investe forte na educação. São fatores como esses que vão despertar seu interesse de trabalhar e estudar no Canadá. Vem com a gente e mostraremos como você deve se preparar!

O Canadá é um país multicultural, de rara beleza e infinitas oportunidades para quem deseja trabalhar e estudar no exterior.  Muitos brasileiros alimentam o sonho de passar uma temporada fora do país e essa pode ser uma excelente alternativa.

Conhecido pela diversidade cultural e por manter duas línguas oficiais — Inglês e Francês — é um país que oferece ainda um ensino de alta qualidade em diversos níveis, além de ofertas de emprego para áreas de grande demanda.

Quer trabalhar e estudar no Canadá?  Conheça neste post algumas características do país, como são as oportunidades de trabalho, exigências para estudo e saiba ainda, como se planejar para esse passo importante da vida!

Por que escolher o Canadá?

Antes de tudo, você precisa saber que embora aberto a estrangeiros imigrantes e estudantes, o Canadá é um país extremamente rigoroso em relação à autorização de permanência. Não é possível se manter em solo canadense sem que haja um vínculo duradouro de trabalho ou estudo.

Mesmo com tantas exigências, nos últimos anos muitos brasileiros optaram por estudar ou trabalhar no Canadá. As escolas e universidades estão entre as melhores do mundo e oferecem excelentes programas de estudos, com um custo mais baixo que o praticado em outros países como os Estados Unidos.

Para quem deseja trabalhar é importante saber que há demandas para contratação em áreas como Tecnologia da Informação, Usinagem, Transportes, Enfermagem e algumas Engenharias.

Para esses dois últimos, é um pouco mais difícil e burocrático, pois há necessidade de validação do diploma.

Quem optar por um curso regular de pelo menos 1.800 horas ou pela graduação, também tem o direito a trabalhar dentro de uma carga horária de 20 horas semanais. Vale frisar que o estudo de idioma não dá direito a qualquer tipo de trabalho.

Veja alguns aspectos importantes sobre o Canadá e perceba a importância de elaborar um planejamento consistente, independentemente dos motivos de período da viagem.

Saiba o que é necessário para trabalhar e estudar no Canadá
Toronto é uma das maiores e mais pulsantes metrópoles do Canadá.

Aspecto Cultural

As belezas naturais do Canadá são incalculáveis — existem mais de 500 lagos espalhados pelos parques em um território de 9.985.000 km² — que fascinam quem vê pelas fotos ou visita o país pela primeira vez.

Além dos lagos, um dos fenômenos mais enigmáticos do planeta, a “Aurora Boreal”, acontece nas áreas polares canadenses, proporcionando uma contemplação única no céu.

No Canadá todas as manifestações culturais são respeitadas e apreciadas pelos nativos, contagiando também quem vem de fora. São diversos festivais a céu aberto que contam com a participação efetiva da população.

A predominância do idioma francês em algumas províncias (fruto da colonização francesa) transforma o país em um polo de diversidade linguística que mistura a modernidade da América com a sofisticação e elegância da Europa.

Se você vai fazer intercâmbio no Canadá, certamente desenvolverá bem um dos dois idiomas escolhidos, mas se optar pelo estudo ou pelo trabalho direto saiba que é preciso falar uma das línguas em nível no mínimo intermediário.

A gastronomia mistura ingredientes de origem americana e francesa dando vida a pratos de sabor peculiar. Na região da província francófona Quebec, por exemplo, o Poutine — batata frita, queijo coalho e molho à base de sirop d’érable (xarope da seiva bruta da árvore Acer) — é um prato popular de grande consumo.

Aspecto Econômico

O Canadá é o segundo maior país do mundo em extensão territorial com uma população de mais de 35 milhões de habitante, sendo uma das nações integrantes do G8, com maior desenvolvimento econômico mundial.

O PIB canadense é dividido em: 66% em serviços, 32% na indústria e 2% na agropecuária. O dólar canadense é a moeda oficial e circula ativamente no país — inclusive os canadenses fazem uso constante de moedas para troco.

Além das riquezas minerais encontradas nas jazidas de ferro, petróleo, gás natural, urânio, ouro, cobre, prata e zinco que o Canadá exporta para fomentar a economia, o vasto campo florestal permite a produção de papel, celulose e madeira.

Segundo pesquisas, o Canadá está em quarto lugar entre os países que mais aceitam imigrantes no mundo. O inverno rigoroso faz com que muitos nativos “fujam” para regiões mais quentes, por isso, as províncias mais geladas incentivam a chegada de estudantes, trabalhadores legais e imigrantes.

A indústria aquecida, a mão de obra escassa e a demanda de serviços crescente justificam a decisão de muitos estrangeiros em estudar e trabalhar no país. Quem decide estudar um College, por exemplo, ao final do curso, pode ter a chance de se aplicar para o processo de residência permanente.

Aspecto Social

Apenas os aspectos culturais e econômicos seriam suficientes para chamar a atenção de quem deseja trabalhar e estudar no Canadá, mas para completar a tríade, você deve considerar todo o contexto social do país.

O Canadá é uma nação de primeiro mundo com infraestrutura de excelência, que proporciona qualidade de vida e segurança, investindo sempre em ações para integrar os estrangeiros de diversas origens e etnias.

As estações são muito bem definidas e mesmo em um inverno muito rigoroso, não faltam atividades como esqui, patinação, jogos de inverno para manter as pessoas integradas e ativas, ainda que submetidas a baixas temperaturas.

Quem ama natureza também vai se apaixonar pelas belas paisagens naturais canadenses.
Quem ama natureza também vai se apaixonar pelas belas paisagens naturais canadenses.

Como fazer para trabalhar ou estudar no Canadá?

Os vistos para estudo e trabalho são diferentes e exigem atenção, pois o Canadá é tradicionalmente um país que pode recusar uma solicitação se julgar que as informações estão desencontradas ou que as reais intenções de viagem não estão claras.

Para se inscrever em um intercâmbio de idioma, um curso equivalente ao técnico, uma graduação ou mestrado, o ideal é contar com uma agência especializada para orientar e ajudar no processo.

Além de toda a documentação, não deixe para última hora a elaboração de um completo planejamento financeiro. Muitas escolas exigem que o curso seja pago antes do início das aulas ou que o estudante apresente garantias e condições de quitação até o término do curso.

Se o seu objetivo é trabalho, existem alguns sites especializados na divulgação de vagas para trabalhadores qualificados ou você pode se candidatar direto nas páginas das empresas, lembrando a necessidade de domínio do idioma.

Em ambos os casos você deve considerar as despesas com moradia, alimentação, transporte, investimento em vestuário adequado, lazer, saúde e alguma eventualidade. Não saia do país com uma quantia regrada ou sem verificar as possibilidades de envio e recebimento de dinheiro para situações de emergência.

Lembre-se da conversão da moeda e que se você quer trabalhar e estudar no Canadá com tranquilidade é essencial manter um mínimo de reserva no Brasil que permita o envio a qualquer momento.

Se você curtiu este post e compreende a importância do planejamento financeiro para um projeto dessa proporção, que tal conhecer a Remessa Online e todas as facilidades para enviar dinheiro ao exterior? A Remessa conta com a menor tarifa do mercado, apenas 1,3%, e opera com o dólar comercial – mais barato que o dólar turismo.

Resumindo

Como fazer para estudar no Canadá?

Para efetuar uma matrícula em um intercâmbio, curso técnico, uma graduação ou mestrado é essencial contar com uma agência especializada para auxiliar no processo. Além de elaborar um planejamento financeiro para garantir a quitação do curso.

Como fazer para trabalhar no Canadá?

Você deve se candidatar em sites especializados na divulgação de vagas ou direto nas páginas das empresas, dando importância ao domínio do idioma.  Atenção pois em algumas profissões é necessário revalidar o diploma.

Quais os empregos mais procurados no Canadá?

Tecnologia da Informação, Usinagem, Transportes, Enfermagem e algumas Engenharias são as áreas que oferecem mais oportunidades no Canadá.

Quem pode trabalhar no Canadá?

Estrangeiros precisam de uma autorização especial para trabalho. Estudantes de cursos de idiomas ou cursos de curta duração não estão autorizados a trabalhar. Estudantes de cursos de média ou longa duração podem trabalhar até 20 horas por semana.