Real vs Dólar: depreciação do Real

A moeda americana abriu a semana cotada a R$ 5,4511, patamar 2,48% maior em comparação com a abertura da semana anterior.

O Real vinha de algumas semanas de apreciação e volatilidade, como temos mostrado aqui nesta coluna. Contudo, esta semana em especial, o Real registrou uma depreciação recorde como há muito não registrava.

Boa parte do movimento foi puxado especialmente pela apreciação do dólar, dada a busca por segurança por parte dos investidores em função da piora das expectativas da economia estadunidense, bem como do avanço dos casos de covid-19 no mundo.

No Brasil, o discurso do presidente na ONU gerou desconforto e muita controvérsia. Parte da forte depreciação vista nesta semana, portanto, foi atribuída ao posicionamento. 

É importante salientar que o mundo encontra-se em um momento significativo de transição para uma economia mais ambientalmente sustentável e, portanto, o posicionamento do governo brasileiro pode ser bastante negativo para a economia.

A moeda americana abriu a semana, na segunda-feira (21), cotada a R$ 5,4511, patamar 2,48% maior em comparação com a abertura da semana anterior.  Por outro lado, nesta sexta-feira (25), a moeda americana abriu cotada a R$ 5,5097. Com isso, vimos uma depreciação do Real de 1,08% ao longo desta semana, após a moeda ter alcançado patamares de R$ 5,59.

Confira o De Olho no Câmbio #90, a relação Real vs Euro e do Real vs Libra Esterlina.