Trabalhar remoto no exterior: Saiba como trabalhar fora do Brasil

Com os avanços tecnológicos do século XXI e a consolidação da internet, trabalhar remoto no exterior e se tornar um

trabalhar remoto exterior heading - Trabalhar remoto no exterior: Saiba como trabalhar fora do Brasil

Com os avanços tecnológicos do século XXI e a consolidação da internet, trabalhar remoto no exterior e se tornar um profissional global ficou muito mais fácil e acessível.

Através de trabalho remoto, é possível morar no Brasil e atender diversas empresas internacionais, prestando serviços para o exterior e recebendo em outras moedas.

Existem diversas vantagens desse modelo de trabalho que vão muito além da possibilidade de receber em moedas mais valorizadas do que o Real.

Horários flexíveis, diminuição de gastos com deslocamentos e a possibilidade de viajar e se deslocar para outras cidades enquanto trabalha são algumas delas.

Entretanto, também existem uma série de requisitos necessários para começar a trabalhar remotamente para o exterior e, em especial, para receber os seus pagamentos da melhor maneira possível e com os menores descontos de impostos possíveis.

Entenda tudo sobre o como trabalhar remoto no exterior, desde os impostos até onde encontrar vagas a seguir:

O que é e como funciona um trabalho remoto no exterior?

Em primeiro lugar, precisamos esclarecer uma coisa: trabalho remoto não é a mesma coisa que home office.

O home office diz respeito a um tipo de trabalho que é realizado em casa. Já o trabalho remoto é um termo mais amplo que define um tipo de trabalho onde não há limitação de espaço.

No trabalho remoto, você tem a opção de escolher o local onde se sente mais produtivo para realizar suas atividades, seja em casa, num hotel, enquanto viaja, ou numa cafeteria, por exemplo.

Outra diferença entre o home office e o trabalho remoto é a periodicidade. No home office, o modelo pode ser 100% em casa ou híbrido, com o funcionário indo alguns dias da semana para a sede da empresa.

Já no trabalho remoto, o funcionário está constantemente à distância. É claro que ele também pode ir à sede da empresa, mas não com uma periodicidade definida, como nos modelos de home office híbrido.

Agora que já fizemos essa diferenciação, chegou o momento de explicar como funciona o trabalho remoto no exterior.

É muito simples: é como qualquer trabalho remoto feito no Brasil, só que a sede da empresa contratante não fica no país em que você trabalha.

Existem uma série de requisitos para que se possa exercer esse tipo de trabalho, como o pagamento de impostos, geração de invoice e outras burocracias que envolvem o câmbio que vamos explicar posteriormente neste texto.

Em linhas gerais, entretanto, o trabalho remoto no exterior é isso: um regime de trabalho sem uma delimitação de espaço que é feito para empresas com sede em outro país.

Vantagens de trabalhar remoto para o exterior

trabalhar remoto exterior vantagens - Trabalhar remoto no exterior: Saiba como trabalhar fora do Brasil

Trabalhar remotamente para uma empresa no exterior possui diversas vantagens que vão muito além do prestígio e do reconhecimento de se trabalhar para uma empresa internacional.

É claro que a adição de uma experiência como essas para o currículo é uma maravilha, mas ainda existem outras vantagens. Entenda:

Menos tempo e dinheiro gasto com deslocamento

Em trabalhos convencionais, você vai acabar gastando bastante dinheiro com o transporte, quer você tenha carro ou se desloque pelo transporte público.

Isso é tão verdadeiro que, nos regimes CLT, o empregador normalmente coloca o vale-transporte como um benefício para os seus colaboradores.

No trabalho remoto, essa realidade é diferente. Como você pode trabalhar de onde você quiser, a economia com o transporte é natural.

Você pode trabalhar tanto de casa, o que faz com que você não gaste nem um centavo com gasolina ou passagens, como também pode trabalhar em uma cafeteria, biblioteca ou qualquer lugar próximo, o que, no fim das contas, terá o mesmo efeito sobre o seu bolso.

Flexibilidade de horário

Dependendo do tipo de empresa para qual você está prestando serviços, a flexibilidade de horários pode ser outra vantagem do trabalho remoto.

Na maioria das vezes, é possível que você faça seu próprio horário, o que vai te ajudar a ter mais facilidade na hora de organizar suas tarefas e atividades diárias.

Se você é mais produtivo durante a noite, por exemplo, num regime de trabalho remoto você pode trabalhar durante a noite.

Dependendo do país da empresa contratante, pode até ser que, trabalhando de madrugada no Brasil, você tenha a possibilidade de se comunicar com colegas que estão trabalhando de dia no país da empresa contratante.

Além disso, outra vantagem da flexibilidade de horários é o fato de você poder se organizar melhor e conseguir encaixar outras atividades na sua rotina, como esportes, aulas e cursos adicionais que vão melhorar o seu currículo.

Receber em uma moeda mais valorizada

Além do prestígio de se trabalhar para uma empresa internacional, a principal vantagem do trabalho remoto para o exterior com certeza é receber em uma moeda mais valorizada do que o real, como é o caso do Dólar, da Libra e tantas outras.

Nesses casos, entretanto, você vai precisar contratar algum tipo de serviço de remessa internacional de dinheiro para poder receber seus pagamentos, que não vão custar tanto para a empresa contratante quanto um profissional do país, mas que vai valer muito para você.

Possibilidade de viajar enquanto trabalha

Outra vantagem do trabalho remoto é que, como vimos anteriormente, ele não tem limitação de espaço físico.

Isso significa que você pode trabalhar em qualquer lugar do mundo!

Se você quiser visitar um amigo que mora na praia, por exemplo, é só se certificar de que vai ter acesso à internet durante a viagem e de que você vai conseguir fazer as entregas que você já pode comprar as passagens.

O que é necessário saber para trabalhar remoto no exterior? 5 passos

trabalhar remoto exterior o que e necessario - Trabalhar remoto no exterior: Saiba como trabalhar fora do Brasil

Apesar de todas as vantagens que envolvem o trabalho remoto para o exterior, existem algumas burocracias a serem cumpridas para que você possa começar a exercer a profissão.

Dentre elas estão o pagamento de impostos, a emissão de notas fiscais, a geração de Invoice e outros. Entenda mais sobre cada um deles a seguir:

1. Conta PJ (Pessoa Jurídica)

Em primeiro lugar, o mais importante é ter um CNPJ. Você até pode prestar serviços para o exterior enquanto pessoa física, entretanto, a quantidade de impostos que incidem sobre esse modelo de trabalho são enormes e podem não compensar.

Receber como PJ é a melhor maneira de pagar menos impostos e os sistemas bancários funcionam melhor para esse tipo de transação (transações internacionais entre empresas).

O tipo de conta PJ a ser aberta vai depender do contrato que você assinou com o contratante e o valor pago pelos seus serviços.

O ideal é encontrar um contador de confiança para te ajudar a abrir a conta PJ para que você possa receber do exterior e pagar todos os impostos de acordo com a legislação do país onde você estiver.

2. Geração de Invoice

Uma Invoice nada mais é do que uma nota fiscal usada para faturar serviços e produtos comprados ou vendidos no exterior. Como é uma nota fiscal, ela é fornecida por aquele que presta o serviço ou vende o produto.

Nas Invoices, constam informações como a descrição do produto ou serviço, a quantidade, o preço e a forma de pagamento. A língua deste documento varia de acordo com o país de origem do produto ou serviço.

Existem várias maneiras de gerar uma Invoice. Você pode utilizar tanto modelos de Invoice disponíveis na internet, como utilizar um Gerador de Invoice, como o da Remessa Online.

3. Operação de câmbio

Como você vai receber em uma moeda estrangeira, vai ser necessário que uma operação de câmbio seja feita, isto é, que a moeda do outro país seja convertida para a moeda nacional.

O ideal nesses casos é utilizar algum tipo de serviço de remessa internacional, como a Remessa Online, para que toda a transação seja feita de forma rápida e segura.

Você também pode optar pelos bancos tradicionais, entretanto, as tarifas de serviço e as taxas de câmbio costumam ser altas e variar bastante. 

4. Emissão Nota Fiscal no Brasil

Mesmo emitindo a Invoice, ainda é necessário emitir uma nota fiscal no Brasil, para que a tributação seja feita corretamente e dentro da legalidade.

As maneiras de emitir uma nota fiscal no Brasil variam de acordo com cada região. Normalmente todo o processo é feito online de forma super simples e fácil.

Entretanto, é preciso lembrar que, dependendo do valor, pode ser que diferentes alíquotas de impostos incidam sobre o valor recebido. Por isso, o ideal é conversar com um contador de confiança para ter certeza de que você está fazendo tudo dentro da legalidade.

5. Pagamento de impostos

Por fim, é preciso que uma coisa fique bem clara: não tem como fugir, você vai ter que pagar seus impostos.

Além do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que normalmente já é cobrado na hora das transações, você também deve levar em conta o imposto de renda.

Novamente, nessas horas, o ideal é conversar com um contador de confiança.

Quais impostos incidem sobre trabalho remoto no exterior?

Existem diversos impostos que podem incidir sobre serviços e produtos fornecidos para empresas no exterior. O primeiro deles é o IOF, que já acontece durante as transações.

Entretanto, como estamos falando da prestação de serviços individual, o mais provável é que o faturamento anual não seja tão grande quanto o de grandes empresas, o que faz com que o regime tributário que você provavelmente vai se encaixar seja o Simples Nacional.

O Simples Nacional é aplicado somente para microempresas e empresas de pequeno porte que faturam até 4,8 milhões de reais por ano.

É um tipo de arrecadação de tributos e contribuições municipais, estaduais e federais que funciona de forma unificada, ou seja, todos são pagos em uma única guia, que recebe o nome de DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

Tais impostos são calculados de acordo com as atividades desenvolvidas. Você pode ver tudo mais detalhes na Tabela do Simples Nacional.

Onde encontrar vagas para trabalhar remoto no exterior?

trabalhar remoto exterior onde encontrar vagas - Trabalhar remoto no exterior: Saiba como trabalhar fora do Brasil

Graças à internet, encontrar vagas de trabalho remoto no exterior está mais fácil do que nunca. Existem diversos sites onde você pode encontrar esse tipo de demanda, seja ela um contrato mais longo ou um simples freelance.

Veja a seguir algumas plataformas onde você pode encontrar vagas de trabalho remoto no exterior:

  • Stack Overflow;
  • Jobspresso;
  • We Work Remotely;
  • Dribble Jobs;
  • Flexjobs;
  • Remote jobs.

Como funciona o pagamento do trabalho remoto no exterior?

Uma vez que você já tenha aberto sua conta PJ e já tenha prestado os serviços, agora chegou a hora de receber o seu pagamento.

Em primeiro lugar, você vai precisar gerar uma Invoice, esse documento que é um tipo de nota fiscal e que serve como um comprovante de que você realizou o serviço.

O ideal é que você converse com a empresa contratante para saber exatamente quais informações devem constar na Invoice, pois cada empresa pode pedir informações diferentes.

E, como vimos anteriormente, para gerar uma Invoice, você pode tanto pegar um modelo pronto na internet, ou um modelo fornecido pela empresa contratante ou ainda utilizar um Gerador de Invoice, como o oferecido pela Remessa Online.

Na Invoice, também é preciso constar suas informações bancárias para que a transação seja realizada. Você também vai precisar descobrir o número IBAN e/ou o número SWIT da sua conta. Uma simples ligação ao gerente da sua conta já deve te fornecer essas informações.

Uma vez que você tenha a Invoice preenchida, você deve enviá-la para a empresa e esperar alguns dias até que a conta caia na sua conta aqui no Brasil. Esse tipo de transação não costuma demorar muito – dura cerca de um ou dois dias.

Entretanto, precisamos lembrar que, ao utilizar bancos tradicionais, muitas tarifas podem ser cobradas, assim como a taxa de câmbio pode ser menor do que a que você espera.

Por isso, o ideal é utilizar um serviço como a Remessa Online, que não tem tarifas bancárias, utiliza o câmbio comercial e tem as melhores taxas disponíveis no mercado.

Saiba como receber dinheiro do exterior com melhores taxas e prazos

Conclusão

Trabalhar remoto no exterior tem muitas vantagens tanto para a vida pessoal como para a vida profissional.

Além do prestígio e reconhecimento provenientes de uma relação de trabalho com uma empresa no exterior, você vai ter economia de tempo, flexibilidade no horário e ainda vai receber em moedas estrangeiras, que podem estar mais valorizadas do que o Real.

Entretanto, como vimos durante o texto, existem algumas burocracias envolvidas nesse processo, como a necessidade de abrir um CNPJ, gerar Invoices e o pagamento de impostos.

A boa notícia é que, apesar disso tudo, o processo de recebimento de dinheiro do exterior está sendo cada vez mais facilitado graças à empresas como a Remessa Online, que possibilita o recebimento de dinheiro do exterior com as melhores taxas e prazos do mercado.

Quando você estiver trabalhando remotamente para uma empresa do exterior, lembre-se da Remessa Online, a melhor opção para transferências internacionais.