Tudo que você precisa saber sobre a monetização do YouTube

Neste artigo você vai entender como funciona a monetização do YouTube, além de conhecer as diversas maneiras de ganhar dinheiro na plataforma. Saberá ainda o que é preciso para ativar a monetização e como criar um canal atrativo e interessante!

Saiba coo funciona a monetização do YouTube

A monetização do YouTube é a remuneração paga conforme a visualização e cliques nos anúncios veiculados nos vídeos mais relevantes. Para isso, o criador dos vídeos deve alcançar um número mínimo de seguidores e exibição nos vídeos — a cada mil visualizações o dono do canal recebe um valor correspondente em dólar.

Você sabe como funciona a monetização do YouTube? Ganhar dinheiro produzindo conteúdo em formato de vídeos pode ser um bom negócio se você souber criar um canal ativo, dinâmico e que desperte o interesse de um público amplo e variado.

O sistema de remuneração de uma das plataformas mais famosas de vídeos sofreu mudanças nos últimos tempos para adequar a propaganda a vídeos relevantes e sem conteúdo ou caráter, considerado ofensivo.

Saiba como funciona a monetização do YouTube e conheça as diversas maneiras de ganhar dinheiro na plataforma. Confira neste post!
O Youtube oferece diversas possibilidades para produtores de conteúdo ganharem dinheiro através da plataforma.

Uma breve história do Youtube

Em 2005 um domínio intitulado “Youtube.com” foi registrado com desenvolvimento do site logo em seguida. Os jovens Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim, até então, funcionários da Paypal, foram os responsáveis pela criação da plataforma de compartilhamento de vídeos.

Desde junho de 2007 o YouTube funciona no Brasil com uma versão em português, mas a plataforma chegou também à Europa e Japão na mesma época, tornando-se um fenômeno mundial de grande alcance audiovisual.

Com uma linguagem simples e próxima de quem assiste, o YouTube não é apenas o hospedeiro de vídeos, filmes e materiais de estilo caseiro, mas também o alvo de campanhas publicitárias veiculadas dentro dos vídeos.

A gigante Google, adquiriu o YouTube em 2006 e expandiu seus vídeos utilizando seu principal serviço de publicidade, o AdSense. Por ele é possível gerar a monetização de acordo com o volume de cliques e visualizações.

Adesão de usuários

De lá para cá, foram muitas as transformações até chegar no formato atual, com mais de um bilhão de usuários, espalhados por todo o mundo — são 88 países e 76 idiomas diferentes — com uma audiência diária de um bilhão de horas de vídeos e muitas empresas interessadas em divulgar seus produtos.

Criação de conteúdos em vídeo

Para veicular vídeos no YouTube, os usuários devem produzir seus conteúdos com base na tecnologia Adobe Flash Player.

A ferramenta se compara a outras mais conhecidas como Windows Media Player, QuickTime e RealPlayer, com a vantagem de não haver necessidade de download do plugin do Flash 8 para funcionar o Adobe.

Cada vídeo, enviado por vez,  tem cerca de 15 minutos de duração e ficheiros que vão até 2GB, para evitar a publicação de vídeos não autorizados e uploads de programas televisivos.

Os formatos aceitos para envio de vídeos e filmes são .wmv, .avi, .mov, mpeg, .mp4, DivX, FLV e .ogg, em um site que suporta 3GP, com envios pelo smartphone.

O que é a monetização do YouTube

Mesmo sendo uma plataforma gratuita é possível que os criadores dos vídeos de grande relevância sejam remunerados com base no que se assiste ou se publica em seus canais.

Para ter direito à monetizar no YouTube, o criador do canal e dos vídeos deve primeiro alcançar um número mínimo de seguidores e exibição dos vídeos, em horas, para só então, se cadastrar de forma gratuita no YouTube Partner Program.

Os valores são recebidos conforme a visualização e cliques nos anúncios veiculados e tempo que a publicidade é assistida. Há uma regra — custo por mil — em que, a cada mil visualizações o dono do canal recebe um valor que corresponde a U$ 0,60 e U$ 5,00 pagos em dólar.

O difícil da monetização é que o Google Ads, depois de diversas publicações inadequadas, bloqueou a veiculação automática e estabeleceu critérios para que os anunciantes tenham o direito de ter suas marcas vinculadas a canais sérios e de credibilidade.

Criadores de conteúdo têm mais chances de ganhar dinheiro no Youtube quando o conteúdo conversa com seu público-alvo e está dentro das diretrizes da plataforma.
Criadores de conteúdo têm mais chances de ganhar dinheiro no Youtube quando o conteúdo conversa com seu público-alvo e está dentro das diretrizes da plataforma.

Maneiras de ganhar dinheiro no canal

Há diversas maneiras de monetizar no YouTube e vale a pena quando planejado corretamente, com o intuito de monetizar, mas não se esqueça da relevância e do vínculo de credibilidade. Veja os meios mais utilizados!

Receita de publicidade

Em uma das formas mais populares de monetização do YouTube, você recebe dinheiro pelos anúncios gráficos, exibidos na página do canal, que sobressaem ao vídeo, antes ou durante o tempo de exibição — uma das formas mais rentáveis previstas no Ads.

Clubes dos canais

Quando os seguidores se inscrevem em um canal e pagam por uma espécie de mensalidade, o intuito é de receber em troca de benefícios exclusivos da empresa, similar a um patrocínio.

Estante de produtos do canal

Se a sua empresa tem produtos que deseja oferecer aos seguidores, essa é uma modalidade interessante, pois é possível, como parceiro do YouTube, fazer links (aprovados) para a página onde os produtos estão divulgados — a estante leva ao ambiente de compras.

Super chat e super stickers

No YouTube é possível fazer transmissões ao vivo, ou seja, bate-papos interativos e muitos seguidores pagam para ter suas mensagens divulgadas como destaque. O tempo de exposição depende do valor investido, sendo que há procedimentos, normas e moderação para permitir a veiculação.

Receita do YouTube Premium

A cada seguidor, usuário do YouTube Premium que assistir ao seu conteúdo, você receberá uma parte da assinatura. Quanto mais relevante o conteúdo, maiores as chances de audiência de um público assinante, o que aumenta exponencialmente suas oportunidades de boa receita.

Requisitos para ativar os recursos de monetização

Todos os recursos do YouTube têm requisitos específicos de qualificação para permitir e ativar a monetização. São exigências legais, conforme a região em que o criador de videos estiver instalado.

Receita de anúncios

  1. Ter pelo menos 18 anos ou um responsável legal acima dessa faixa etária para gerenciar seus pagamentos por meio do Google AdSense;
  2. Criar conteúdo que atenda às diretrizes de conteúdo adequado para publicidade;

Clubes dos canais

  1. Ter pelo menos 18 anos;
  2. Ter mais de 30 mil inscritos.

Estante de produtos do canal

  1. Ter pelo menos 18 anos;
  2. Ter mais de 10 mil inscritos.

Super Chat e Super Stickers

  1. Ter pelo menos 18 anos;
  2. Ser residente em um país/região onde o Super Chat está disponível.

Receita do YouTube Premium

  • Criar conteúdo que é assistido por assinantes do YouTube Premium.

Dicas para um canal ativo

Se você deseja um canal ativo para estimular a audiência e ter direito a uma monetização interessante e compensatória, siga as nossas dicas de criação de conteúdos atrativos e relevantes!

  1. Crie conteúdos para núcleos familiares, sobretudo crianças;
  2. Invista em regras de SEO específicas para YouTube;
  3. Mantenha a regularidade das publicações, pois o público anseia por novidades;
  4. Use thumbnails atrativos;
  5. Busque meios de fidelizar o público;
  6. Disponibilize conteúdo relevante e original;
  7. Utilize o Google Trends para monitorar as buscas de seguidores.

Com essas dicas e boas aplicações dos recursos para criação de vídeos interativos, as possibilidades de lucros são grandes. Com o pagamento realizado em dólar será preciso escolher uma forma para receber a monetização gerada no YouTube.

Como receber dinheiro do Youtube?

O Google, que é o proprietário do Youtube, remunera mensalmente os produtores de conteúdo em dólar. Para receber o dinheiro, será necessário realizar uma transação internacional de recebimento.

Bancos tradicionais cobram elevadas tarifas pelo serviço. Por isso é importante procurar alternativas mais vantajosas.

A Remessa Online é uma plataforma de transferências internacionais com os custos mais baixos do mercado. Apenas 1,3% de custo de serviço. A Remessa Online é credenciada pelo Banco Central e o dinheiro é creditado na conta em até 2 dias úteis após chegar ao Brasil.

Agora que você já sabe como funciona a monetização do Youtube e que é possível receber remessas de pagamentos efetivados em moeda estrangeira, acesse o site da Remessa Online e confira nossos serviços!

Resumindo:

Quais são as maneiras de ganhar dinheiro no canal do YouTube?

Receita de publicidade;
Clubes dos canais;
Estante de produtos do canal;
Super chat e super stickers;
Receita do YouTube Premium.

Como fazer um canal no Youtube crescer?

Crie conteúdos para núcleos familiares, sobretudo crianças;
Invista em regras de SEO específicas para YouTube;
Mantenha a regularidade das publicações, pois o público anseia por novidades;
Use thumbnails atrativos;
Busque meios de fidelizar o público;
Disponibilize conteúdo relevante e original;
Utilize o Google Trends para monitorar as buscas de seguidores.

Como receber o dinheiro do Youtube?

O Google, proprietário do Youtube, paga mensalmente em dólar. Para receber o dinheiro, use o serviço de recebimentos da plataforma da Remessa Online. Ela tem o menor custo de serviço do mercado e o dinheiro é enviado para sua conta em até 2 dias úteis após chegar ao Brasil.