Visto australiano: o passo a passo para conseguir o seu

Visto australiano: veja como tirar o seu

Veja quais as exigências para tirar o visto australiano, quais os tipos de visto que a Austrália oferece e quais são os documentos necessários para requerê-los.

A Austrália é um destino que tem atraído o interesse de muitos brasileiros, seja para trabalho, turismo ou estudos. A última pesquisa do Ministério das Relações Exteriores, apontou para existência de mais de 30.000 brasileiros morando no país. Isso faz com que ele seja um dos principais destinos de imigrantes brasileiros no exterior. Mas você sabe o que é preciso para visitar a Austrália? Conhece as regras relacionadas ao visto australiano?

Neste artigo, você vai ter um panorama completo sobre o documento do visto. Além de conhecer os tipos, vai descobrir qual é a documentação necessária para conseguir cada um deles e entender toda a burocracia que envolve a solicitação do documento. Acompanhe e entenda!

Quais são as exigências com relação ao visto para visitar a Austrália?

Ópera de Sidney: sabia que o visto australiano é emitido eletronicamente?
Qualquer pessoa de qualquer país precisa de visto para entrar na Austrália

A Austrália é um país  com um sistema de vistos universal. Isso significa que qualquer cidadão, independente do seu país de origem, precisa de um visto para entrar no país. Por isso, é imprescindível ter um visto válido antes de embarcar para a Austrália, independente da razão da viagem — turismo, estudos, moradia ou trabalho.

Os vistos australianos são emitidos eletronicamente. Isso significa que o viajante não vai receber uma etiqueta de visto no seu passaporte. Mas o documento vai estar ligado ao seu número de passaporte. Desta forma, se você for emitir um novo passaporte, precisa informar tal alteração ao órgão emissor do visto.

Na prática, recomenda-se que o viajante leve consigo sua carta de concessão de visto, por segurança.

Também não é recomendado fazer reservas de hotéis ou adquirir as passagens aéreas sem antes ter o visto liberado pela embaixada da Austrália.

Quais são os tipos de visto existentes e qual é a sua indicação?

Existem diferentes categorias de visto na Austrália, o visto de férias, de estudos e de trabalho. Como cada um deles tem uma função específica, o viajante precisa solicitar o documento de acordo com o motivo da sua viagem

Visto de férias/turismo

Este visto é destinado a todas as pessoas que desejam visitar a Austrália para passear.

Além do turismo, ele também é aplicável para viajantes que estão visitando familiares e amigos, participação de eventos esportivos amadores, estudo a curto prazo (até três meses), acompanhar familiares que estão viajando ao país a negócios e outros propósitos que não sejam negócios ou tratamentos de saúde.

Visto para estudantes

Este visto é destinado para as pessoas que vão viajar ao país com o propósito de fazer um curso no país em período integral e por um período superior à três meses.

Neste caso, os cursos e as instituições de ensino devem estar cadastrados na Comunidade para Registro de Instituições e Cursos para Estudantes Estrangeiros (CRICOS).

Visto de negócios

Este visto é destinado para todas pessoas que planejem visitar a Austrália para desenvolver atividade de negócios, como pesquisas de negócios e emprego, encontros para tratar de contratos comerciais, acompanhamento de viagens e visitas escolares, reuniões entre governos ou órgãos governamentais, participação em conferências, feiras ou seminários.

Documentos necessários para solicitação do visto australiano

Universidade de Adelaide: para o visto de estudante, é necessário comprovar a inscrição no curso que será feito no país
Universidade de Adelaide: para o visto de estudante, é necessário comprovar a inscrição no curso que será feito no país

Cada visto têm atrelado a si um rol diferente de documentos pessoais e devem comprovar o motivo da viagem. Os documentos básicos e que devem ser anexados em todos os pedidos são:

  1. Passaporte válido;
  2. Comprovante de que você tem fundos suficientes (extrato bancário, contracheques, imposto de renda, fatura de cartão de crédito com o limite) para se manter durante a viagem;
  3. Carta convite da pessoa com quem você irá ficar (caso esteja indo visitar alguém);
  4. Para viagens com excursão, cópia do itinerário da viagem;
  5. Demais documentos que comprovam que você vai voltar ao seu país após a viagem, carta do empregador, comprovantes de bens, matrícula em escola ou faculdade, etc.

Os vistos para estudo, devem ser acompanhados dos comprovantes do curso que será realizado no país. Já os vistos de negócios devem ser acompanhados de documentos que demonstrem que tipo de negócio está sendo concretizado junto ao país.

Além de preencher o requerimento e enviar toda documentação digitalizada (documentos em português devem ser traduzidos para o inglês), também é preciso pagar a taxa do pedido de visto.

O valor varia de acordo com cada pedido. Por exemplo, o visto de turista pode custar entre 145 e 1 mil dólares canadenses, de acordo com a duração da viagem. Para conferir os preços, acesse o site do Departamento de Imigração da Austrália.

Depois de paga a taxa é necessário aguardar o retorno do órgão responsável pela emissão do documento.

Aprovado o seu pedido, você receberá um e-mail confirmando que seu visto foi concedido e isso significa que está tudo certo e você pode viajar para a Austrália.

Agora que você já sabe como solicitar o visto australiano, que tal aprofundar o seu conhecimento à respeito? Então aproveite para conferir este artigo e descubra como receber dinheiro da Austrália.

Resumindo

Quais são os tipos de visto para a Austrália?

Existem vários tipos, os mais comuns são os vistos de turismo, negócios e estudo.

Como obter o visto australiano?

Você deve preencher o formulário disponível no site da embaixada, anexar a documentação solicitada e pagar a taxa para emissão do documento. Os documentos são: passaporte válido; comprovante de que você tem fundos suficientes (extrato bancário, contracheques, imposto de renda, fatura de cartão de crédito com o limite) para se manter durante a viagem; carta convite da pessoa com quem você irá ficar (caso esteja indo visitar alguém); 0ara viagens com excursão, cópia do itinerário da viagem; e demais documentos que comprovam que você vai voltar ao seu país após a viagem, como carta do empregador, comprovantes de bens, matrícula em escola ou faculdade, etc.