Zona do Euro preocupante

O PMI da indústria alemã registrou nova queda e causou uma avaliação preocupante dos investidores na zona do Euro. A moeda valorizou-se 0,32% na última semana, mas os empresários do continente não tem altas expectativas sobre ampliação de negócios no ano de 2019.

No lado do Euro, esta semana foi pautada pelos resultados dos Índices de Gerentes de Compras (Purchasing Managers’ Index – PMI).  A moeda Europeia abriu a semana cotada a R$ 4,5516, mas também perdeu para o Real até sexta-feira.

O movimento, diferentemente da semana passada, deu-se claramente por uma avaliação muito mais preocupante por parte dos investidores institucionais sobre a situação da Zona do Euro e seus membros. 

O PMI da Indústria alemã, por exemplo, como  esperado, registrou novo mês de queda. Isso significa que, sob a perspectiva dos gerentes de compras das indústrias, a atividade industrial segue fraca e as empresas não têm expectativas de ampliar os negócios nos próximos meses. E já conhecemos a receita: sem negócios na maior economia da região, uma recessão capitaneada por Alemanha se torna cada vez mais próxima.

Veja também a análise para o dólar e a libra esterlina.

André Galhardo é economista-chefe da Análise Econômica Consultoria, professor e coordenador universitário nos cursos de Ciências Econômicas. Mestre em Economia Política pela PUC-SP, possui ampla experiência em análise de conjuntura econômica nacional e internacional, com passagens pelo setor público.